O orelhão (um pequeno relato sobre boas lembranças) – Por Floriano Lima – @floripa62

 
Hoje passei por ele, (ORELHÃO) e ele estava lá, impassível pela modernidade do tempo, parecendo esperar que eu colocasse as mãos no bolso a procura de uma ficha, para que ele pudesse ser útil, mas não pude atendê-lo…mas pude recordar momentos “dependurado” no fio do orelhão, em papos longos, em quiprócos intermináveis típico da juventude. 
 
Lembrei do sinal que dava quando ia acabar a “ficha” e eu ainda queria falar com o “broto”, e a angústia se apoderava, ruía as unhas, olhando para um lado e para outro, na esperança que alguém me desse uma ficha…meneei a cabeça com essas lembranças e sorrir, gargalhei e disse pra mim mesmo, que bom que vivi tudo isso…
 
Floriano Lima

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.