Piratas Estilizados oficializa adesão do movimento LGBTQ+ ao desfile deste ano

Foi imediata a identificação da comunidade LGBTQ+ com o enredo “Xô Preconceito, Queremos Respeito”, de Piratas Estilizados para o Carnaval 2020, contra toda forma de preconceito e discriminação e por uma sociedade mais igual. A participação no desfile da escola mais querida do bairro do Laguinho será oficializada neste domingo (19), no Bar do Villa, pela Diretoria Estilizada com representantes do movimento e dos Conselhos Estadual e Municipal dos Direitos LGBT.

O evento vai contar com a apresentação da bateria Orquestra de Bambas Luiz Tostes, casal de mestre-sala e porta-bandeira, ala musical, passistas e comunidade alaranjada. “É um momento importante para nossa agremiação poder formalizar essa participação de uma comunidade que luta diariamente por uma sociedade com mais respeito aos desiguais”, manifestou o presidente do Grêmio Recreativo Escola de Samba Piratas Estilizados, Diego Cearense.

Uma das incentivadoras dessa união foi a jornalista Ana Girlene, em conversas com o Diretor de Carnaval, Heraldo Almeida. A madrinha da Parada Gay de Macapá, destacou que o desfile do Estilizado vai ter uma ala que será a representação dessa grande manifestação de luta pelos direitos humanos que é a Parada do Orgulho LGBT, mostrando toda sua força e representatividade em todas as cidades onde acontece, e que no Amapá, a cada ano, cresce mais.

André Lopes e Simone de Jesus, presidentes do Conselho Estadual e Municipal dos Direitos LGBT, respectivamente, também conversaram com a diretoria da escola e se uniram à comunidade de Piratas Estilizados por entenderem a importância em fazer parte da maior manifestação cultural do país. As lideranças destacaram que o enredo não é pauta somente da população LGBT, mas também das pessoa com deficiência, vítimas de racismo, de violência contra a mulher, dentre outras formas de discriminação que o enredo reencontra tudo isso e leva para a avenida do samba.

“Para nós do Conselho Estadual LGBT é ter a certeza de que essa escola, que nasceu em um bairro de negros, reforça sua existência e sua resistência nessa luta diária contra toda forma de discriminação. Não estamos firmando uma parceria, estamos apenas nos reencontrando, simplesmente no amor, no afeto e na luta por uma sociedade justa e igualitária, uma luta que para nós é diária.

A apresentação de Piratas Estilizados acontece a partir das 17h, deste domingo (19), no Bar do Vila, que fica na av. Mendonça Furtado, entre as ruas Eliezer Levy e Odilardo Silva, no Centro.

Gilvana Santos
Diretoria de Comunicação Estilizados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *