Poema de agora: Caderno de Caligrafia – @ThiagoSoeiro

Caderno de Caligrafia – Thiago Soeiro

Deste lado da cidade
crio palavras para diminuir
algumas distâncias
escrevo teu nome
ao contrário
como um código
um enigma presente
nos muros
igual tua presença
dentro do poema
nunca sabemos
quando vai aparecer
imagino você
do outro lado da cidade
fazendo tudo
do mesmo jeito
de quando ainda
nos conhecíamos
ouvindo sempre
a mesma canção
lendo o mesmo livro
usando o mesmo perfume
mas sei que é diferente agora
ainda me falta um verso
no último poema que te fiz
e aquela dúzia de palavras
que sempre usava com você
ainda me falta a alma
que levou de mim.

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*