Poema de hoje

BONS TEMPOS
A amizade foi nascendo de um pandeiro,
E crescendo a cada dia numa simples canção.
A maçã foi dada na metade do começo
E a amargura no final da ingratidão.
Quando a saudade nos espaços erra
Sempre ouvindo aquela ou outra canção
Sinto de volta tudo que já senti,
antiga era,
Amigas, namoradas, meu coração.
Um olhar, um sorriso no ar,
Vem nascendo de um nada
Mas de tudo é razão.
Enquanto eu, perdida em pensamentos,
Neste vasto labirinto dos sentimentos,
Procuro esquecer tudo, tudo em vão.
Darth J. Vader
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*