Prefeito Dr. Furlan anuncia construção de nova maternidade em Live de homenagem ao dia da mulher

A comemoração do Dia Internacional da Mulher trouxe um anúncio mais do que especial às mulheres macapaenses: a construção da primeira maternidade municipal. A divulgação aconteceu durante a programação realizada pela Prefeitura de Macapá na segunda-feira (08). O evento foi transmitido por Live no Facebook e no Youtube da instituição.

O prefeito de Macapá, Dr. Furlan, anunciou a construção da maternidade municipal no valor de R$20 milhões oriundo de emenda parlamentar das deputadas federais Aline Gurgel, Leda Sadala e Marcivânia Flexa.

“É com grande alegria que damos essa notícia na comemoração do Dia Internacional da Mulher. Precisamos ter atenção e cuidado com as nossas gestantes. Nosso objetivo é diminuir a mortalidade materna e infantil, além disso, suprir o déficit de atendimento enfrentado no estado”, afirmou o chefe do executivo municipal.

O projeto da Prefeitura de Macapá é construir uma maternidade de risco habitual para atender mulheres que não têm complicações durante a gestação. “A maternidade vai atender mulheres que engravidam, com uma gestação saudável e depois de nove meses entram em trabalho de parto normalmente, sem complicações”, explicou Dr. Furlan.

Obra

Além da emenda parlamentar de R $20 milhões destinada pelas deputadas federais, o senador Lucas Barreto vai dispor de R $11 milhões para a conclusão da obra.

A maternidade será construída na Zona Norte de Macapá e terá 72 leitos divididos em alojamentos para parto cesáreo e normal, centro cirúrgico, sala de estabilização, unidade neonatal e sala rosa que é direcionada a pacientes que estejam com sintomas da Covid-19.

As mulheres terão acesso aos serviços laboratoriais e de acolhimento, como a Casa da Gestante e da Puérpera, que ficarão ao lado da maternidade. “Essas casas irão abrigar mulheres que estão entrando em trabalho de parto e aquelas que após o parto, ela ou seu bebê, precisam de acompanhamento médico. A ideia é ter uma rotatividade nos leitos, sem deixar de prestar a assistência”, finalizou Dr. Furlan.

Programação

Com o tema “O impacto da pandemia na vida das mulheres”, o evento aconteceu na praça de alimentação do Amapá Garden Shopping e foi restrito a convidados por conta das medidas de enfrentamento ao coronavírus.

A programação contou com uma roda de conversa entre mulheres que dividiram histórias e lutas.

Samanda Nobre, viúva do guarda civil municipal que perdeu sua vida para a Covid-19; enfermeira Ediane Andrade, profissional que contribui na saúde da população; a microempresária Maria Odaléia que teve sua renda afetada por conta da pandemia; Kérsya Celimary e o dia a dia de uma mulher deficiente visual, por fim, Duda Monte e sua luta por ser uma mulher trans.

Na ocasião, também foram exibidos os depoimentos da Tia Zefa e da margarida Irene Tavares, além da história de superação da vítima de escalpelamento Socorro Pelaes.

O evento também teve apresentação musical do cantor e compositor João Amorim, declamação de poesia com Carla Nobre, exibição de dança do ventre com a professora Samanda Nobre e a inauguração da feira de artesanatos. A programação finalizou com sorteio de brindes.

“Não poderíamos deixar esse momento passar em branco. Pensamos em tudo com carinho para levar um pouco de entretenimento as mulheres que estão em casa assistindo a nossa Live. Quero aproveitar e parabenizar a todas mulheres do nosso município”, concluiu a secretária de Mobilização e Participação Popular, Rayssa Furlan.

Laiza Mangas
Secretaria Municipal de Comunicação Social

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *