Prefeitura de Macapá entrega nova “Feira da 13”, no Buritizal

A Prefeitura de Macapá entregou no último sábado, 22, a nova “Feira da 13”, localizada no bairro Buritizal. O espaço tem 56 empreendedores, que agora podem contar com ambiente totalmente planejado, adequado e salubre, atendendo a todas as solicitações feitas pelos feirantes. A construção da feira foi feita com recursos do Tesouro municipal.

Os boxes foram construídos em concreto, com revestimento em cerâmica e balcão de porcelanato, forrado em madeira de lei e vários outros itens modernos. Conta com painéis fotovoltaicos para produção de energia solar. Antes da inauguração da feira, a Prefeitura de Macapá proporcionou palestra educativa para os empreendedores que irão trabalhar no novo espaço.

De acordo com a Associação dos Feirantes da 13 de Setembro, foram 11 anos trabalhando em barracas improvisadas. Com o novo espaço, será possível mais conforto, higiene e segurança para quem trabalha no local. Para que a estrutura permanece sempre limpa, cada trabalhador irá zelar pelo seu boxe, fazendo a limpeza e higiene. Quanto à área externa, todos deverão pagar uma pessoa para fazer a manutenção do entorno da área.

O espaço conta ainda com sala de administração, banheiros masculino e feminino, adaptados para pessoas com deficiência e sala para depósito. Além de mais conforto e segurança aos trabalhadores, a nova estrutura proporciona um ambiente mais espaçoso a quem faz as compras no local.

A feirante Diva de Oliveira trabalha desde o início do empreendimento no local, quando as vendas ainda eram em barracas improvisadas no meio da rua. Ela fala com grandes expectativas nas vendas após a entrega da nova estrutura. “O novo espaço vai melhorar o movimento, tanto para nós quanto para os clientes. Temos um lugar para comercializar nossos produtos com higiene e comodidade. Agora sim somos empreendedores de verdade, e acreditamos em dias com produções bem maiores”, concluiu ela.

“Essa feira foi colocada no meio da rua de qualquer jeito, e ali ficou por força do empreendedorismo popular. Feirantes, empreendedores, que, mesmo na adversidade, enfrentaram e lutaram durante anos por essa atividade econômica. Era um negócio que obstruía o trânsito no local, mas nós optamos em fazer essa liberação com respeito e dignidade a aqueles que ali estavam. Hoje, não por favor, mas por direito, estão inaugurando um lugar para trabalhar, com energia solar, sem nenhum custo para esses trabalhadores. Um lugar digno e seguro”, explicou o prefeito de Macapá, Clécio Luís.

Secretaria de Comunicação de Macapá
Mônica Silva
Assessora de comunicação
Fotos: Cleito Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *