Preparativos para a Festa de São Tiago movimentam a rotina de fiéis em Mazagão Velho

Após dois anos de hiato imposto pela pandemia de covid-19, o distrito de Mazagão Velho voltou a vibrar com os preparativos e decorações para a sua mais tradicional festa religiosa. Entre os dias 16 e 28 de julho, ocorre a Festa de São Tiago, tradição trazida da África no século 18 e que completa 245 anos em 2022.

As celebrações incluem ritos religiosos, cavalhadas e tem no dia 25 de julho, quando se comemora o dia de São Tiago, o ponto alto da festa, onde em um verdadeiro teatro a céu aberto são encenadas as batalhas e desdobramentos do histórico conflito entre Mouros e Cristãos. Para os moradores envolvidos na realização da festividade, a emoção já inicia nos preparativos.

“Eu trabalho na festa de São Tiago desde gita [pequena], fazia desde a amarração das bandeirinhas que enfeitam as nossas ruas até a costura das indumentárias que serão usadas nas encenações, que é minha principal atividade atualmente. Sempre estou envolvida em alguma atividade para o nosso padroeiro”, relembrou a costureira Maria Benta, de 54 anos.

Devoção e compromisso que é compartilhado também pela pedagoga Fábia Silva, que durante os preparativos, também trabalha na confecção dos trajes da celebração.

“É uma tradição que vem desde minha avó, Iracema, passada para minha mãe e também para mim. Voltarmos a celebrar presencialmente, depois de todos os desafios da pandemia, é indescritível. E já estou pronta para começar a inserir meu filho, de 2 aninhos, nesta tradição que é maravilhosa”, afirmou a devota.

Com atrações naturais e históricas para o ano inteiro, o distrito de Mazagão Velho tem na Festa de São Tiago o seu maior período de fomento à economia e ao empreendedorismo. Quem comemora o fluxo de milhares de turistas e fiéis são empreendedores como a professora aposentada Maria Lúcia Barreto.

“É bom demais receber a visita e o carinho de tantos turistas e outros devotos do nosso São Tiago. Abri meu restaurante depois de me aposentar porque, mais que um trabalho, é um prazer receber e servir quem vem conhecer a nossa cultura e tradição”, exultou Maria Lúcia.

A Festa de São Tiago

O festejo é realizado no distrito de Mazagão Velho desde o ano de 1777. Rituais religiosos, cavalhada e teatro a céu aberto para contar e celebrar a misteriosa aparição de Tiago, um soldado anônimo que lutou bravamente ao lado do povo cristão contra os mouros e garantiu a vitória.

A Festa de São Tiago é organizada e realizada pela comunidade local com apoio do Governo do Amapá e da prefeitura de Mazagão. Este ano, a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) já investiu R$ 611.947,30 na instalação da estrutura e outros R$ 320 mil em fomento.

Confira a Programação:

16/07 (sábado)
4h – Alvorada Festiva;
18h – Primeiro traslado das imagens de São Tiago e São Jorge para a Capela;
18h30 – Ladainha;
19h – Procissão;
20h – Novena a cargo do Instituto Cultural da Festa de São Tiago (ICFST), comunidade do Carvão e Camaipi;
21h – Arraial a cargo da família Tavares;
17/07 (domingo)
18h30 – Celebração da Palavra;
20h – Arraial a cargo do Instituto Cultural da Festa de São Tiago – ICFST; cavalaria de São Tiago; atiradores da Festa de São Tiago; fogueteiros da Festa de São Tiago; caixeiros da Festa de São Tiago; coordenação das máscaras da Festa de São Tiago;
18/07 (segunda-feira)
18h30 – Santa Missa;
20h – Arraial a cargo de servidores municipais, estaduais e federais, escolas, entidades e comerciantes;
19/07 (terça-feira)
18h30 – Ladainha;
20h – Arraial;
20/07 (quarta-feira)
18h30 – Santa Missa;
20h – Arraial;
21/07 (quinta-feira)
18h30h – Ladainha;
20h – Arraial a cargo da família Oliveira;
22/07 (sexta-feira)
18h30 – Santa Missa;
20h – Arraial a cargo do Governo do Estado do Amapá;
23h30 – Baile Dançante;
23/07 (sábado)
18h30 – Ladainha;
20h – Arraial a cargo da Prefeitura Municipal de Mazagão e Câmara de Vereadores;
23h30 – Baile Dançante;
24/07 (domingo)
4h – Alvorada Festiva;
16h – Entrega dos Presentes;
18h30 – Celebração da Palavra;
21h30 – Baile de Máscaras (Barraco de São Tiago);
25/07 (segunda-feira)
7h – Saída do Arauto convidando as figuras para o Círio;
8h – Missa campal em frente à Capela de São Tiago (grupo de Liturgia);
9h – Início do Círio;
11h – Dança do Vominê para convidados e em residências locais;
12h – Passagem do “Bobo Velho”;
15h – Saída do arauto anunciando o início da batalha, com os seguintes episódios:
– Descoberta do Atalaia;
– Morte do Atalaia
– Armadilha (Emboscada feita pelos cristãos)
– Captura e venda das crianças cristãs e partilha do dinheiro
– Troca do corpo do Atalaia pela bandeira moura
– Batalha entre mouros e cristãos, tomada do estandarte mouro e batalha final
– ‘Vominê’ (dança da vitória dos cristãos)
20h – Recírio;
20h30 – Ladainha;
26/07 (terça-feira)
8h30 – Salve rainha em louvor a Santa Ana;
10h – Baile da melhor idade;
27/07 (quarta-feira)
5h – Alvorada festiva e início da festa de São Tiago das crianças;
16h – Entrega dos presentes;
18h30 – Transladação do Santo e a Ladainha;
21h – Baile de Máscaras;
28/07 (quinta-feira)
8h – Missa com o Círio das Crianças;
11h – Visitas nas residências locais;
12h – Passagem do Bobo Velho;
16h – Batalha das Crianças;
20h – Recírio.

Texto: Cláudio Morais
Fotos: Ascom GEA
Assessoria de comunicação do Governo do Amapá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.