Procurador-geral de Justiça do MP-AP participa do I Encontro de Órgãos de Persecução Penal da Amazônia Legal

O procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Amapá (MP-AP), Márcio Alves, participou nesta quarta-feira (11), na sede do Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), do I Encontro de Órgãos de Persecução Penal da Amazônia Legal, Colômbia e Peru. O objetivo da reunião foi compartilhar informações e experiências exitosas no combate ao crime organizado nos limites da região amazônica.

O encontro contou com a presença de procuradores-gerais de Justiça dos Ministérios Públicos Estaduais da Amazônia Legal, Chefes e representantes do Comando Militar da Amazônia, Polícia Federal, Ministério Público Federal, Controladoria Geral da União (CGU), Secretaria de Segurança Pública do Amazonas, Comando da Polícia Militar do Amazonas e Consulados da Colômbia e do Peru.

O procurador-geral de Justiça do MP-AM, Carlos Fábio Braga Monteiro, fez a abertura do evento e destacou a importância da presença e compromisso de todos nesse esforço para conter a criminalidade na região, se organizando melhor e compartilhando informações.

Também estiveram presentes ao encontro, coordenadores dos Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaecos), vinculados aos Ministérios Públicos Estaduais.

Ao final do encontro foi assinada a Carta de Manaus sobre Interlocução Pró-Persecução Penal e Ações Investigativas entre Agentes Públicos Competentes, a fim de que todas as instituições presentes firmem compromisso com a cooperação e a articulação, de forma célere, nas atividades de prevenção e combate à corrupção, à lavagem de dinheiro, à malversação de recursos públicos e às organizações criminosas.

Essa troca de experiências e reforço da parceria dos MPs da Amazônia Legal no Combate ao crime organizado é essencial para trabalharmos na manutenção da ordem. No Amapá, estruturamos o nosso Gaeco, que tem como coordenador o competente promotor de Justiça Afonso Guimarães. Estamos investindo em equipamentos e pessoal para combater o crime organizado. Vamos avançar muito ainda, pois esse é um dos nossos objetivos, intensificar o enfrentamento e combate ao crime e à corrupção”, comentou o PGJ-AP, Márcio Alves.

Serviço:

Com informações da Asscom do MP-AM
Elton Tavares
Assessoria de comunicação do MP-AP
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: asscom@mpap.mp.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *