Três poesias de Pat Andrade

15139256_1409128982473462_2030548562_n
Pat Andrade

Três poesias de Pat Andrade

Nesta primavera, Quando eu me flor,
Tu passarinho e me levarás no bico
Pra fazer ninho pro nosso amor.

 

Onde, a primavera, que me habita?
Onde, o desejo, que me excita?
Por aí, de mãos dadas, provocando minha íntima essência.

 

Tenho o coração feito de pétalas que murcham a cada desilusão.
Tenho o coração feito de folhas que secam a cada decepção.
Tenho o coração feito de pétalas e folhas, que se renova a cada estação.

Pat Andrade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *