Três vivas para a Tatá!

Hoje gira a roda da vida a policial civil, amante de carnaval e de cachorros, mãe da  Dayane, viúva do Ita e minha tia ( e amiga) , Maria do Carmo Vale Simões, a nossa querida “Tatá”.

Tatá é uma mulher forte e muito importante na minha vida, pois me ajudou em um momento conturbado. A Tatá também foi uma das melhores amigas do meu saudoso pai, o Zé Penha.

Tia Tatá sempre cuidou de mim e de do meu irmão Emerson, para ajudar sua irmã mais velha, minha mãe. Ela até morou conosco quando eu era moleque.

Também, durante uma época conturbada de minha vida, me deu muito apoio. A tia já me ajudou emocional e financeiramente. Sou muito grato por tudo.

Apesar de pouco nos encontrarmos hoje em dia, ela é uma de minhas mães (ao lado da minha mãe, vó Peró e tia Maria). Tatá é jovial, alegre, extrovertida e cômica.

Entretanto, não pise em seus calos ou tentem prejudicar alguém que ela ama. A “Macaca” (como meu pai a chamava carinhosamente) vira bicho. Entendo e gosto disso nela. Com a Tatá também aprendi a ser escroto, quando preciso. Sim, ela sempre botou pra quebrar.

Hoje em dia, a gente nem tem tanto contato como antes, mas nós amamos. Quando nos encontramos sempre rolam risos e mais risos.

Tatá mora nos nossos corações (meu e do meu irmão Emerson, de quem ela é madrinha). Com ela, curti carnavais inesquecíveis e posso me gabar que essa nobre mulher sempre me apoiou em tudo.

Tatá, tu sabes: amo-te! Parabéns pelo teu dia. Que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos seus amores. Feliz aniversário!

Elton Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *