Aplicativo “SOS Mulher” é apresentado pelo MP-AP na Mostra de Projetos do MP brasileiro


O aplicativo “SOS Mulher” foi apresentado pelo Ministério Público do Amapá (MP-AP) na “I Mostra de Projetos do Ministério Público Brasileiro”, com o tema “Inovação e Resultados”. O evento aconteceu na sede do Ministério Público da Bahia (MPBA), em Salvador. Membros e servidores do Ministério Público Brasileiro de 24 estados apresentaram, nos dias 4 e 5, um total de 26 projetos desenvolvidos em todo o Brasil pelas unidades meio (estruturantes) e finalística (execução) que foram considerados inovadores e bem-sucedidos pela Comissão de Planejamento Estratégico (CPE) do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Os servidores do MP-AP, Rodinei Paixão e Mardem Amorim, diretor do Departamento de Tecnologia da Informação (DTI) e gerente do Escritório de Projetos, respectivamente, representaram do MP-AP na Mostra Nacional.

“Esse é um dos projetos desenvolvido pelo MP-AP que visa intensificar o diálogo interinstitucional e a atuação junto à comunidade, cujo objetivo estratégico é contribuir para o aperfeiçoamento da democracia e da paz social”, justificou Mardem Amorim que compõe a Comissão de Execução do Planejamento Estratégico do MP-AP.

O “SOS Mulher” é um projeto inovador lançado pelo MP-AP em parceria com a Prefeitura de Macapá (PMM) que disponibiliza às mulheres vítimas de violência uma ferramenta que permite identificar com rapidez as agressões sofridas e o local exato onde ocorrem, com vistas a agir diretamente na diminuição dos casos. O programa foi totalmente desenvolvido pela equipe do DTI do MP-AP.

Rodinei Paixão fez a apresentação do funcionamento do aplicativo, destacando a facilidade para utilização, a funcionalidade e o alcance. “Se levarmos em consideração que hoje temos mais aparelhos de celular que habitantes no país, podemos imaginar o universo a ser explorado. Entregamos uma solução técnica de enorme alcance social às mulheres amapaenses”, frisou.

Após a apresentação do “SOS Mulher” alguns MPs manifestaram interesse em adquirir a plataforma para seus Estados.

“Estamos muito felizes com a repercussão do nosso trabalho na I Mostra de Projetos do MP brasileiro, muito em função do empenho da nossa assessora técnica, Alzira Nogueira, e equipe de servidores que se dedicaram na execução do projeto. Destaco a relevância desse aplicativo articulado entre o MP e diversas instituições, para desenvolvermos ações que alcancem as dimensões da prevenção, da assistência e da garantia dos direitos das mulheres”, manifestou o PGJ do MP-AP, Márcio Alves.

Serviço:

Gilvana Santos
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *