Comissão Eleitoral finaliza preparativos para escolha do Ouvidor do MP-AP, biênio 2020/2022

A Comissão Eleitoral formada para conduzir o pleito para escolha do ouvidor do Ministério Público do Amapá (MP-AP), biênio 2020/2022, reuniu na manhã desta quinta-feira (23), com o Departamento de Tecnologia da Informação (DTI/MP-AP) para alinhar os preparativos para a eleição que será realizada por meio eletrônico na próxima segunda-feira (27). A votação será via Sistema Votus, que permite votar a partir de dispositivos móveis, como smartphones, tablets e notebooks, e também poderá ser presencial, em equipamento disponibilizado na sala de reunião da Procuradoria-Geral de Justiça, no horário das 10h às 12h.

As integrantes da Comissão composta pela procuradora-geral de Justiça do MP-AP, Ivana Cei, a corregedora-geral, Estela Sá, e a subprocuradora-geral de Justiça para Assuntos Jurídicos, Clara Banha, participaram da reunião com os servidores do DTI/MP-AP, diretor Rodinei Paixão e os assessores Alan Brito e Luã Pelaes, para alinhar as informações de como deverá ser alimentado o sistema e seu funcionamento no dia da eleição.

Concorrem à ouvidor do MP-AP os promotores de Justiça Paulo Celso Ramos e André Araújo, inscritos via edital publicado no dia 6 de fevereiro de 2020, que serão escolhidos pelo voto dos membros do Colégio de Procuradores de Justiça do Amapá, totalizando 12 votantes. O mais votado será o ouvidor e, em caso de empate, será considerado vencedor o membro mais antigo na carreira.

O Sistema de Votação Eletrônica Votus, desenvolvido pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), foi utilizado pela primeira vez no Estado para escolha da PGJ do MP-AP, em dezembro de 2018.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Coordenação: Gilvana Santos
Texto: Gilvana Santos
Contato: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *