Corregedoria-geral do MP-AP conclui o projeto pasta funcional 100% eletrônica

A equipe da Corregedoria-Geral do Ministério Público do Amapá (CGMPAP) encerrou as atividades de 2019 comemorando a conclusão do projeto “Pasta Funcional Eletrônica” cumprindo o que prevê a taxonomia do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Todos os documentos dos promotores e procuradores de Justiça do Amapá foram digitalizados, classificados e conferidos.

Para a corregedora-geral do MP-AP, Estela Sá, essa é uma conquista de toda equipe que se empenhou no decorrer do exercício para que o projeto fosse concluído, com 100% dos arquivos eletrônicos.

“Este é um projeto antigo que vai fazer uma grande diferença nas atividades da Corregedoria-Geral, pois não iremos mais receber documentos físicos e cada membro vai ficar de posse da sua documentação, encaminhando apenas o documento digitalizado. A partir de 2020, o nosso arquivo será apenas virtual”, comemorou Estela Sá.

A pasta digital dos assentamentos funcionais dos membros do MP-AP vai viabilizar a execução do projeto “MP Mérito”, que tem a finalidade de avaliar as atividades efetuadas pelos membros da instituição utilizando o critério de merecimento, bem como agilizar a emissão da Certidão de Regularidade. A tecnologia utilizada também irá auxiliar o trabalho dos procuradores e promotores de Justiça.

SERVIÇO:

Gilvana Santos
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *