Covid-19: MP-AP expede Recomendação para que GEA implemente, com urgência, 30 leitos de UTI no HU e aumente o número de insumos e correlatos para os atendimentos

O Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio da Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde de Macapá, expediu na última sexta-feira (23), Recomendação ao Governo do Estado do Amapá e Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) para que esta providencie urgentemente efetivação de 30 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Centro Covid 19 – IV, que funciona no Hospital Universitário (HU). A medida se deu por conta do aumento expressivo, neste mês de outubro, de atendimentos de pacientes infectados pelo novo coronavírus.

A Recomendação, assinada pelos promotores de Justiça da Saúde, Fábia Nilci e Wueber Penafort, também requer que o GEA e Sesa providenciem o quantitativo de reserva de insumos e correlatos (agulhas, seringas, cateteres, sondas de aspiração, fios de nylon, entre outros materiais listados no documento) para que os atendimentos sejam feitos com mais segurança aos servidores e pacientes da Unidade, com a ampliação de leitos de UTI.

Conforme os promotores de Justiça, com o aumento comprovado de casos de Covid-19 em Macapá, é fundamental que o HU, única Unidade Covid do Estado do Amapá com capacidade para atender a população, esteja apta a receber a demanda e garantir o atendimento aos cidadãos da capital amapaense.

“Com o aumento do número de casos suspeitos e de contaminados pela  Covid-19, é essencial que o HU esteja preparado para suprir esta necessidade. Portanto, requeremos a efetivação dos 30 leitos de UTI e a garantia do quantitativo reserva de insumos e correlatos, de forma urgente, para que possam atender a demanda crescentes de pessoas para o tratamento. É dever constitucional do Executivo Estadual garantir os atendimentos e é isso que estamos cobrando”, destacou a promotora de Justiça Fábia Nilci.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Coordenação: Gilvana Santos
Texto: Elton Tavares
Contato: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *