Cultura da paz: MP-AP realiza Círculo de Diálogo virtual com a comunidade do Ambrósio, em Santana

O Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio do Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas (NMCPR) da Promotoria de Justiça de Santana, realizou na quinta-feira (13), mais um evento do Projeto Comunidade Restaurativa em Parceria com o Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap).

A comunidade vivenciou, de forma virtual, um Círculo de Celebração em comemoração ao Dia das Mães, com a participação de cerca de 50 mulheres/mães pertencentes ao Bairro do Ambrósio, localizado na área portuária daquele município.

O objetivo do encontro virtual foi homenagear as mães da comunidade e continuar fortalecendo os laços de convivência social mais saudável. Na oportunidade, a empresa AMCEL doou 24 cestas básicas (alimentos) que foram sorteadas para as participantes do evento.

A atividade foi organizada pela equipe do NMCPR, coordenado pela promotora Sílvia Canela. A ação, que contou com o apoio de facilitadores do MP-AP, voluntários e lideranças da comunidade, foi emocionante, segundo relatos dos organizadores e participantes.

Os Círculos de Construção de Paz têm sido utilizados como vivência para contribuir com a disseminação da cultura de paz. Há anos, as atividades do MP-AP são exitosas nesta localidade e em escolas da cidade no âmbito da transformação social, estabelecendo relações mais saudáveis, atuando na prevenção da violência, resolução de conflitos, empoderamento das pessoas e a busca por despertar o senso de pertencimento entre os moradores do lugar.

“A Justiça Restaurativa nos traz novos paradigmas para nos relacionarmos conosco, com os outros e com o planeta. Ela nos ensina a lidar com o conflito de forma mais humana e saudável. Aproveitamos a homenagem às mães do Ambrósio para dialogar com os cidadãos que residem no local. Agradeço o empenho da minha equipe de facilitadores e o trabalho voluntário dos mediadores que atuam no Núcleo. Com união podemos desenvolver uma comunidade mais forte. Temos avançado no trabalho de contribuir para fortalecimento da comunidade e resgatar o senso de pertencimento”, pontuou Sílvia Canela.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Texto: Elton Tavares e Halanna Sanches
Contato: (96)31981616
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *