Empossada nova Diretoria da Associação dos Membros do Ministério Público do Amapá para o biênio 2020-2022

A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Ivana Lúcia Franco Cei, participou no último sábado (14), no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça – Promotor Haroldo Franco, da posse da nova Diretoria e Conselho Deliberativo e Fiscal da Associação dos Membros do Ministério Público do Amapá (AMPAP), eleita para o biênio 2020 a 2022. Os promotores de Justiça, José Cantuária Barreto e Miguel Angel Montiel Ferreira foram empossados nos cargos de presidente e vice-presidente da AMPAP, respectivamente.

Foram empossados, ainda, os demais integrantes da Diretoria composta pelos seguintes promotores de Justiça e respectivos cargos dentro da Associação: Jorge Luís Carnezin, 1º secretário; Fabiano da Silveira Castanho, 2º secretário; e, Gisa Veiga como tesoureira. No Conselho Deliberativo e Fiscal tomaram posse os promotores de Justiça: João Paulo Furlan, Horácio Coutinho, Eduardo Kelson e Christie Girão.

A solenidade de posse foi conduzida pelo presidente do Conselho Deliberativo e Fiscal da AMPAP (2018-2020), promotor de Justiça João Furlan, que declarou empossado o presidente José Barreto, e este passou a presidir a solenidade. Em seguida, o presidente deu posse aos demais integrantes da nova diretoria.

O promotor de Justiça Wueber Penafort, que presidiu a AMPAP no biênio 2018-2020, agradeceu o apoio da administração superior do MP-AP e de seus colegas diante dos grandes desafios e ameaças ao MP, no âmbito nacional, que foram enfrentados em sua gestão. Ele ressaltou que deixa o cargo com o sentimento de dever cumprido.

O evento foi prestigiado pelo presidente da Associação Nacional do Ministério Público (Conamp), Manoel Murrieta, que parabenizou os empossados, ressaltou a importância da atuação da PGJ do MP-AP no âmbito nacional. Ele parabenizou e homenageou o promotor de Justiça Wueber Penafort com uma Placa de Moção de Aplausos e Reconhecimento pelos serviços prestados à frente da AMPAP nos dois últimos anos.

Durante seu pronunciamento, a PGJ do MP-AP enalteceu a atuação de Wueber Penafort no biênio 2018-2020 e desejou sucesso aos empossados que dirigirão a AMPAP. Ivana Cei enfatizou o papel de promover a união e defesa da classe, que a instituição possui como principal atribuição, e destacou que sua gestão dará apoio total à Associação em todos os aspectos.

“Estamos à disposição da nossa Associação, pois sabemos da importância do trabalho associativo e das dificuldades que a AMPAP enfrenta na luta pelos direitos do MP. Todos nós queremos a mesma coisa: o Ministério Público unido e forte. Portanto, parabenizo o promotor Wueber pelo trabalho desenvolvido e parabenizo também o presidente Barreto pelo desafio iniciado, garantindo que daremos total apoio à Associação dos Membros do Ministério Público do Amapá”, pontuou a PGJ.

Por sua vez, José Cantuária Barreto ressaltou ser uma grande honra dirigir mais vez a entidade de classe que congrega promotores e procuradores de Justiça do Amapá, mas também uma grande responsabilidade.

”Não posso esconder a honra que sinto em assumir, pela terceira vez, a presidência da AMPAP (…). Lembro que nas duas últimas vezes que tomei posse, vivíamos momentos difíceis, especialmente na defesa das prerrogativas constitucionais. De lá pra cá, passados dois anos, continuamos nas mesmas batalhas e contra os mesmos adversários”, iniciou Barreto.

O presidente empossado discorreu sobre o momento político do país e ressaltou a importância das entidades de classe e do fortalecimento do MP. “É preciso aperfeiçoar os poderes do Estado e suas instituições, e não diminui-las; é preciso que a prestação de serviços públicos seja eficiente para que reafirmemos a cada momento os direitos fundamentais que tanto a sociedade persegue. É fundamental, para isso, que o Ministério Público seja forte. Essa é nossa missão. Que Deus nos permita cumpri-la!”, salientou o presidente da AMPAP, José Cantuária Barreto.

Participam da posse a corregedora-geral do MP-AP, procuradora de Justiça Estela Sá; o procurador de Justiça Jair Quintas; o presidente do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), desembargador João Lages; o senador Lucas Barreto; e, o defensor-geral do Estado, Diogo Grunho; além dos promotores de Justiça do MP-AP e seus familiares.

SERVIÇO:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Texto: Elton Tavares
Núcleo de Imprensa
Coordenação: Gilvana Santos
Contato: (96) 3198-1616


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *