Hoje é o Dia do Bibliotecário

Hoje é o Dia do Bibliotecário. A celebração da data é em razão do nascimento do escritor e poeta Manuel Bastos Tigre, primeiro bibliotecário concursado do Brasil. O dia foi instituído pelo Decreto nº 84.631, de 12 de abril de 1980, por isso é comemorado em todo o território nacional em 12 de março.

De acordo com o conceito, o bibliotecário é o profissional formado em biblioteconomia e que trabalha para o progresso cultural do país. Ele faz o gerenciamento das bibliotecas, o que compreende uma série de tarefas, dentre as quais a catalogação e indexação de obras, manutenção de sistemas informáticos, apenas para citar alguns.

Bibliotecários Daina Silva e Josivaldo Silva

Os bibliotecários são profissionais fundamentais para a formação de milhares de pessoas que buscam nos livros conhecimento e sabedoria. Eles cuidam do acervo, cadastram todo o material bibliográfico para o empréstimo ao público, além de renovar as obras e arquivamento de documentos. Portanto, auxiliam na disseminação da informação, conhecimento, desenvolvimento cultural e social do país.

A bibliotecária Adê Belém com o filósofo e escritor Mário Sergio Cortella – Foto: Elton Tavares

Portanto, hoje rendo homenagens a todos os bibliotecários do Amapá e do Brasil em nome dos amigos Túlio Balieiro (que hoje não está mais atuando na área), Daina Silva e Josivaldo Silva, bibliotecários do MP-AP e Senac/AP, respectivamente e a minha bibliotecária preferida (que desenvolve um grande trabalho na Embrapa/AP) e minha muito querida amiga Adelina Belém, nossa estimada “Adê”.

Profissional experiente na área, Adelina já foi bibliotecária da Escola Santa Bartolomea, Sesc/AP, faculdades Fama e Seama. Além de extremamente competente e culta, ela é um doce de pessoa e uma amiga muito querida. Parabéns pelo seu dia, Adê!

Manoel Tigre – Foto encontrada no site “Migalhas”

Manoel Tigre

Manoel Tigre prestou concurso para ingressar no Museu Nacional do Rio de Janeiro como bibliotecário e assim se classificou em primeiro lugar com o estudo sobre a Classificação Decimal. Transferido, em 1945, para a Biblioteca Nacional, onde ficou até 1947, assumiu depois a direção da Biblioteca Central da Universidade do Brasil, na qual trabalhou, mesmo depois de aposentado, ao lado do Reitor da instituição, Professor Pedro Calmon de Sá.

*Datas curiosas

Só uma coisinha, essa sessão de Datas Curiosas deste site incomoda alguns, que chegaram a reclamar de tais registros. Ainda bem que todo dia é dia de alguma profissão ou atividade. Desse jeito dá pra elogiar os familiares e amigos. Acreditem, tem gente que não gosta. Mas são somente os amarguinhos que encontramos pela vida.

Fonte: Wikipédia
Elton Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *