Jayme Ferreira é empossado pelo Tjap como novo desembargador pelo quinto constitucional do MP-AP

Jayme Henrique Ferreira foi empossado nesta quinta-feira (25), como novo desembargador do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), pela regra do quinto constitucional destinada ao Ministério Público do Amapá (MP-AP). A cerimônia de posse foi conduzida pelo presidente da Corte de Justiça, desembargador João Lages, no Plenário do Tribunal, com participação da procuradora-geral de Justiça, Ivana Cei; governador do Amapá, Waldez Góes; a vice-presidente da Associação dos Magistrados, juíza Elayne Cantuária; e o presidente da OAB-AP Auriney Brito; na presença dos membros da Corte, desembargadores: Gilberto Pinheiro, Carlos Tork e Rommel Araújo, e por meio virtual, os desembargadores Carmo Antônio de Souza e Adão Carvalho.

O desembargador-presidente fez a entrega da Toga e do Colar do Mérito Judiciário ao desembargador empossado, que foi conduzido pelos desembargadores Gilberto Pinheiro (decano) e Rommel Araújo (mais moderno). Lages destacou a posse como um dos últimos atos da sua gestão e falou da urgência no preenchimento da vaga deixada pelo desembargador Manoel Brito, aposentado em janeiro deste ano.

“Esta vaga vinha sendo preenchida por um juiz convocado, desfalcando a atividade judiciária no 1º Grau”, detalhou. Dirigindo-se ao desembargador Jayme, disse que espera “um magistrado independente e engajado na edificação da Justiça para os próximos 30 anos, capaz de pacificar a sociedade e prestar a melhor jurisdição para os cidadãos e cidadãs desta terra”, pontuou Lages.

O novo magistrado falou das lutas institucionais pelo Ministério Público, onde se dedicou ao trabalho e à aproximação com a sociedade para uma justiça equânime. Jayme Ferreira disse ainda que “esse momento coroa uma carreira jurídica que é marcada por vencer desafios, e este é mais um desafio que pretendo cumprir com honra e humildade”. Destacou que “a magistratura é diferente, porque temos que enxergar, além do processo, as dores daqueles que litigam para prestarmos a verdadeira justiça, dando sempre a cada um o que é seu, com equidade”.

“Sucesso a desembargador Jayme Ferreira nessa nova missão que tenho certeza será bem sucedida, basta olhar sua trajetória no Ministério Público, sempre com empenho e dedicação, contribuindo ao longo desses 30 anos na construção e reconhecimento da nossa instituição como essencial para o regime democrático de direito. E, não será diferente na magistratura. Ganha o judiciário amapaense um operador do direito qualificado e com olhar voltado para nossa sociedade”, manifestou a procuradora-geral Ivana Cei.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Texto: Gilvana Santos
*Com informações e fotos da Ascom Tjap
E-mail: [email protected]
Contato: (96) 3198-1616

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *