MP-AP acompanha entrega de 750 cestas de alimentos no Conjunto Habitacional Macapaba

O Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio do Programa MP na Comunidade, e o Serviço Social da Indústria (Sesi/AP) realizaram na manhã desta quarta-feira (19), junto com a Prefeitura de Macapá, a entrega de cestas básicas doadas pela Confederação Nacional das Indústrias (CNI) às famílias em vulnerabilidade social e atingidas pela covid-19 do Conjunto Habitacional Macapaba. Das doações destinadas à Prefeitura de Macapá, 750 foram destinadas ao público do residencial localizado na Zona Norte da capital.

Os alimentos foram adquiridos por meio de uma articulação do senador Davi Alcolumbre, junto ao presidente da CNI, Robson Andrade. Por sugestão do parlamentar amapaense, os produtos foram comprados no Amapá, pela Superintendência do Sesi, para beneficiar os comerciantes locais.

O MP-AP atuou na ação, através da efetivação do cadastro das famílias, e está ajudando a agilizar o processo de entrega dos donativos para os ofertados, e também, transportando os alimentos para os locais de distribuição com o apoio do Gabinete Militar da instituição.

O assessor técnico José Villas Boas acompanhou a entrega das cestas básicas e pontuou a importância da atuação ministerial com o Sesi, junto à PMM.

“Demos o apoio necessário para a Prefeitura de Macapá ofertar os alimentos com a maior celeridade possível às famílias beneficiadas, com o compromisso de distribuir obedecendo os critérios do cadastro realizado pelo Sesi, e CAD-Único do Governo Federal. Tudo ocorreu de forma tranquila e segura, e vamos continuar atendendo às orientações da nossa procuradora-geral de Justiça, Ivana Cei, desenvolvendo as atividades que são de extrema importância social para nossa comunidade”, frisou Villas Boas.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Texto: Halanna Sanches
E-mail: [email protected]
Contato: (96) 3198-1616

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *