MP-AP e CGU premiam estudantes durante evento em alusão ao Dia Internacional de Combate à Corrupção

O Ministério Público do Estado do Amapá (MP-AP) e o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) promoveram, nesta quinta-feira (6), no Teatro das Bacabeiras, um evento em alusão ao Dia Internacional de Combate à Corrupção, comemorado no dia 9 de dezembro. Durante o encontro, o órgão ministerial apresentou o resultado do projeto “MP vai à Escola”, realizado pela instituição ao longo do ano em educandários de Macapá e Santana. A CGU premiou os vencedores de sua 10ª edição do Concurso de Desenho e Redação, promovido junto a estudantes amapaenses.

Os dois órgãos ao longo desse ano promoveram programas direcionados a estudantes da rede pública de ensino, os quais foram criados para alertar sobre os malefícios que a corrupção gera à sociedade.

Concurso de Desenho e Redação

Já a 10ª edição do Concurso de Desenho e Redação, realizada pela CGU, teve como tema “Ser Honesto é Legal”. Nesta edição, o Amapá conquistou o quarto título nacional da competição, por meio da estudante Maria Julia Marques Monteiro, aluna da Escola Municipal de Educação Fundamental Recanto da Amizade. Ela ganhou na categoria de produção de desenhos.

Na ocasião, os servidores da CGU José Haroldo Gomes de Lima Filho e Adelton Vilhena Neves, receberam duas placas de agradecimento pelos esforços a frente do Núcleo de Ações de Ouvidoria e Prevenção à Corrupção da instituição, setor responsável pelo planejamento e coordenação dos concursos de desenho e redação aqui no Estado.

“A única forma de combater a corrupção é trabalhar junto aos jovens, pois é assim que mudaremos a realidade do nosso país no futuro. Parabenizo a estudante Maria Julia por vencer o nosso concurso nacional. São iniciativas como essas que precisam servir de exemplo”, destacou o superintendente da CGU no Amapá, Thiago Monteiro.

MP vai à Escola

Ao todo, 10 unidades de ensino de Macapá e Santana receberam visitas e palestras do MP-AP sobre o projeto. Em junho de 2018, ocorreu a capacitação do corpo técnico das escolas, realizada no terraço da Procuradoria-Geral de Justiça – Promotor Haroldo Franco. A qualificação consistiu na formação teórico-metodológica para gestores, técnicos e professores, e instrumentalização desses profissionais sobre os conceitos e temas relativos à prevenção da corrupção (cultura, sociabilidade, valores, ética e cidadania), visando a introdução dessas temáticas nos componentes curriculares ministrados por eles.

As escolas onde o projeto foi desenvolvido em 2018 foram: Escola Municipal Piauí; Escola Estadual Osvaldina Ferreira Da Silva; Escola Estadual José Bonifácio; Escola Municipal José Leoves; E.E. Prof David Miranda dos Santos; EMEF Roraima; E.M.E.F. Odete Lopes; E.E. José de Ribamar Pestana; E. E. Deusolina Salles Farias; E.E. Daniel de Carvalho.

Premiação e vídeos vencedores

Os três melhores vídeos foram premiados com quantias em dinheiro no valor de R$ 3.000,00 (três mil); R$ 2.000,00 (dois mil) e R$ 1.000,00 (Hum mil). O prêmio visa incentivar a classe estudantil no combate à corrupção. Alunas do 6º semestre do curso de jornalismo da Universidade Federal do Amapá (Unifap) realizaram oficinas para as escolas contempladas no projeto “MP vai à escola”.

Os educandários vencedores foram: em primeiro lugar: Escola Estadual José de Ribamar Pestana, com o vídeo “A justiça é para todos”. A segunda colocada foi a Escola Municipal Odete Lopes, com o trabalho “Das pequenas às grandes corrupções”, e em terceiro ficou a Escola Municipal Piauí, com o produto audiovisual “Jornal E.M.E.B Piauí”.

“Estou feliz em ver tantos jovens engajados nesta causa de combate à corrupção. Isso nos dá esperança. Os vídeos ficaram lindos e premiamos os melhores, mas todos atingiram o objetivo, que é conscientizar os estudantes. Com essa iniciativa, colheremos os frutos no futuro. O MP-AP dará continuidade neste lindo projeto, essencial para o fortalecimento de valores éticos para gerações futuras”, pontuou o procurador-geral de Justiça do MP-AP, Márcio Augusto Alves.

SERVIÇO:

Elton Tavares e Sávio Leite
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *