‘Norte das Águas’ numa noite mágica do projeto ‘Cantando a Amazônia’

Foi mais uma noite mágica à margem esquerda do rio Amazonas, sob a vigilância de lindo luar, nessa sexta-feira, 1, em mais um evento do projeto ‘Cantando a Amazônia’, executado pelo restaurante ‘Norte das Águas’, no Complexo Marlindo Serrano, bem na Curva do Araxá.

Com a batuta do músico e empresário de entretenimentos, Vanildon Leal, e equipe, o Norte das Águas promoveu um encontro entre a música e as artes plásticas. Lá se apresentaram as consagradas cantoras Lucinha Bastos e Patrícia Bastos. As artes plásticas foram representadas pelo conhecido e talentoso artista plástico Augusto Leite que, como sempre, encantou a todos com os seus belíssimos trabalhos nascidos de sua ímpar sensibilidade.

“Deus tem sido muito generoso com todos esses eventos que temos promovido, pois tudo tem ocorrido às mil maravilhas, e dá pra perceber no público a alegria e a satisfação quando a cada evento cantam juntos, dançam, vibram e se emocionam. Ao fim, aplaudem de pé cada artista que por aqui passa”, destaca Vanildon Leal, orgulhoso e emocionado, que junto com o paizão Nonato Leal e o irmão Venilton sempre dá uma palhinha, ao fim da noite, no projeto Cantando a Amazônia.

“Essa ideia de associar as artes plásticas a shows musicais sempre tem sido uma grande sacada. Já pude ter a honra de fazer isso com Zeca Baleiro, Wanderley Andrade e Patrícia Bastos no Festival do Chope da Cervejaria Trina, e agora, pela primeira vez, com essas duas divas da música brasileira. As pessoas se encantam ao vir para um show escutar seus artistas prediletos e darem de cara no hall de entrada com uma exposição de artes. É lindo ver o encantamento no rosto das pessoas”, observa Augusto Leite.

O artista plástico ainda acrescenta: “Só tenho a agradecer a Deus e ao amigo Vanildon Leal, pelo convite, e parabenizá-lo pelos brilhantes eventos que tem produzido. Agradeço também ao amigo e radialista Heraldo Almeida, que foi quem lançou essa proposta e desafio ao Vanildon, para que promovesse a interação, não só com as artes plásticas, mas com os demais segmentos das artes, proposta já realizada numa maratona de artes de 60 dias promovida por Gilberto Almeida e Fátima Almeida, do Arte Amazon. Não poderia deixar de registrar o belo trabalho realizado pelo artista plástico Francisco Damasceno, um gigantesco painel retratando as coisas da Amazônia e que serviu de ornamentação no palco das apresentações”.

O restaurante Norte das Águas faz parte do roteiro do Ministério do Turismo e da Secretaria de Turismo do Amapá, bem como do município de Macapá, como ponto de visitação turística do estado.

A execução do projeto ‘Cantando a Amazônia’ teve início dia 30 de abril passado, com Nilson Chaves e Enrico de Micceli, seguidos de Ariel Moura, que participou do The Voice Brasil; Deise Pinheiro e João Amorim.

Para junho, a agenda do Norte das Águas ainda anuncia Amadeu Cavalcante, Banda Negro de Nós, Maiara Braga, Beto Oscar e Elder Brandão. Em julho, Álvaro Gomes, Brenda Melo, Eudes Fragas, Alan Gomes, Andreia Pinheiro e Paulinho Pedra Azul.

Fonte: Diário do Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *