Nota de agradecimento da Secult/AP

O secretário Evandro Milhomen e a equipe da Secretaria de Estado da Cultura (Secult/AP), vem a público manifestar o seu sincero agradecimento aos três senadores do Amapá pela aprovação, nesta quinta-feira (4), da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc. Em consonância com a decisão da Câmara dos Deputados, o Senado Federal, de forma unânime, confirmou o texto apresentado, o que vem atender ao anseio de milhares de artistas e produtores culturais do Brasil.

A proposta autoriza a destinação de R$ 3 bilhões para investimento no setor cultural, onde estados e municípios poderão criar estratégias para auxiliar espaços culturais e trabalhadores da cultura afetados pelo isolamento social imposto pela pandemia da Covid-19. Nesse sentido, senadores e deputados federais do Amapá demonstraram o apreço pela cadeia produtiva da cultura, reconhecendo o seu papel e dando aos artistas a oportunidade de seguir produzindo mesmo nesse momento difícil. Quem ganha é toda a população brasileira.

Por essa razão, a Secult/AP vem reconhecer a atuação dos parlamentares do Amapá em Brasília que, com a aprovação, ajudarão a reparar os danos à cultura nesse momento. A lei segue para a sanção presidencial e, por esse motivo, contamos desde já com a sensibilidade da Presidência da República para confirmar integralmente a redação.

No que lhe concerne, a Secretaria se compromete em cumprir todos os trâmites necessários para que, tão logo, os trabalhadores da cultura possam ser atendidos pela medida.

Evandro Milhomen
Secretário de Estado da Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *