“Peça Para Entrar”: relatos assombrosos amazônicos são tema do podcast recém lançado

Alunos de jornalismo criaram o podcast com histórias reais vivenciadas por nortistas

Por Jeanne Maciel e Moema Cambraia

Já imaginou acordar com alguém batendo na sua rede e não ver nada? Essa é apenas uma das histórias contadas no primeiro episódio do “Peça Para Entrar”, um podcast de tema mistério/suspense, que surgiu como um trabalho universitário em grupo, através da matéria de Radiojornalismo II, ministrada pelo Prof. Dr. Maurício Neves Corrêa, na Universidade Federal do Amapá. Cada episódio abordará diferentes acontecimentos, com experiências sobrenaturais reais que ocorreram na Amazônia, já que a região norte possui uma aura onde o espiritual e a natureza se unem de maneira quase palpável, portanto sendo comum que muitas histórias transitem nesse mundo místico e sobrenatural.

A equipe, formada por quatro acadêmicos de jornalismo, disponibilizou, no dia 28 de maio, o primeiro episódio “Intrusos na floresta, Coça da Matinta e o Catioro encantado” no Spotify, Deezer, Google Podcasts, RadioPublic e seis outras plataformas de áudio streaming. Ele conta com dois relatos ocorridos em municípios do Amapá e um no interior do Pará e também explica a escolha do nome do podcast, em alusão à uma crença popular.

Devido ao incentivo do Professor Maurício e do restante da turma, os podcasters Addan Vieira (22), Jeanne Maciel (25), Letícia Brito (23) e Moema Cambraia (19), decidiram dar continuidade ao projeto, para isso contam com a ajuda de todos que queiram contar sua experiência. Basta entrar em contato pelas redes sociais Instagram e Twitter @paraentrarpod ou no e-mail [email protected] e enviar o relato.

Contatos para entrevistas:

– Addan Vieira (96) 99909-3623
– Jeanne Maciel (96) 98107-0629
– Letícia Brito (96) 98121-3129
– Moema Cambraia (96) 98136-9710
– Email: [email protected]

Para acompanhar as novidades e ouvir o podcast, acesse o link.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *