Plano de Atendimento Emergencial e Monitoramento de Áreas de Risco segue com avanços em Macapá

A Prefeitura de Macapá continua com as três frentes de serviço para a limpeza de canais e áreas de ressaca da cidade. As ações são parte de um plano de ação para reduzir e até evitar os impactos causados nesses locais durante o período chuvoso.

O secretário municipal de Zeladoria Urbana, Jean Patrick, afirma que os avanços dos serviços têm apresentado saldo positivo. “Desde o início dos trabalhos já avançamos muito e a quantidade de lixo retirada desses canais e áreas de ressaca é impressionante”, disse.

“Estamos reforçando os apelos sobre a conscientização dos moradores para não descartarem material nesses locais e dessa forma evitar a obstrução que resulta no alagamento. Ou seja, o maior prejudicado é a própria população” completou o Secretário Municipal de Zeladoria Urbana.

Um contingente de 80 homens trabalha na desobstrução, desassoreamento e desentupimento de manilhas com a retirada de entulhos.

O trabalho teve início na segunda quinzena de fevereiro nos canais maiores, o que inclui a Bacia das Pedrinhas e os canais do Beirol, da José Tupinambá e do Perpétuo Socorro. Já nas áreas de ressaca, a limpeza começou pela Comunidade Redenção. Também foram concluídos os serviços nas avenidas João Guerra, Evandro Carneiro e Raimundo Caxias de Souza. A equipe da Zeladoria Urbana está em fase de conclusão na Avenida Lua, todos na Zona Sul da cidade.

Na Zona Norte, as equipes estão trabalhando nas Avenidas Ceará e Piauí, no bairro Pacoval, em direção ao canal do Perpétuo Socorro. Além dessas áreas, os trabalhos já passaram e foram concluídos nas ruas Francisco Xavier, João Paulo de Souza, Travessa do Paraíso e Rua do Horto. A avenida Antônio Carlos Reis está recebendo os serviços que estão concentrados em áreas de pontes.

Na Zona Oeste as equipes concluíram a limpeza nas Travessas Fortunato Peres e Manoel Valente e travessa Heráclito Azevedo com sentido ao canal do bairro Nova Esperança.

Nos canais da Avenida Mendonça Júnior, no Centro de Macapá, e do bairro Santa Inês, a limpeza foi concluída. Na última quarta-feira (10), o Canal do bairro Nova Esperança começou a ser limpo. E na próxima terça-feira (16) começa o serviço no Canal do Jandiá. Já no dia 29 de março será a vez do Canal do Perpétuo Socorro. O canal da José Tupinambá começa a ser limpo a partir do dia 5 de abril.

Nas próximas semanas a previsão é de que as equipes da Zeladoria Urbana cheguem às áreas de ressaca do bairro Buritizal e concluam o trabalho na Zona Norte.

Pelo levantamento feito no Plano de Limpeza e Áreas de Ressaca, 90 passarelas receberão os serviços de retirada de entulhos e desobstrução dos cursos d´água. Desse total, as equipes concluíram o trabalho em 13 delas.

A Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura participa do Plano de Atendimento Emergencial cumprindo atividades operacionais e de execução.

“Nós auxiliamos com o maquinário na limpeza e na desobstrução dos canais naturais e com a operação das comportas. Mesmo assim, estamos em alerta para ajudar da maneira que for necessário”, disse o secretário municipal de Obras, Otávio Fonseca.

Volume de lixo

De acordo com relatório mensal de atividades da da Zeladoria Urbana, no mês de março o quantitativo de resíduos sólidos recolhidos no período do dia 01 a 13 de foram de aproximadamente 150 toneladas e os resíduos são gerados a partir do lixo domiciliar, feiras e mercados, limpeza de canal e limpeza urbana. Os resíduos que mais geraram uma quantidade considerável em toneladas, foi a limpeza dos Canais.

Em fevereiro, foram recolhidas 190 mil toneladas de resíduos. Já em Janeiro, foram 197 mil toneladas de entulhos. Nesses dois primeiros meses, maioria do material foi descartado de forma irregular, como garrafas de vidro e plástico, restos de materiais de construção, carcaças de eletrodomésticos e eletrônicos e caroços de açaí.

Em Campo

As equipes contam com o auxílio de uma retroescavadeira, caçambas, escavadeiras hidráulicas e uma lancha do tipo voadeira. A Defesa Civil de Macapá faz monitorando dos locais identificados como de risco de ocorrências. As necessidades de serviços imediatos e assistência aos atingidos são repassadas às pastas responsáveis.

Clima

Todos os dias um boletim meteorológico com informações sobre quantidade de chuva, altura da maré e prováveis temporais é repassado para manter as equipes em alerta. Para o sábado (13) e domingo (14), a previsão é de chuvas com intensidade variando de leve à fraca, e moderada à forte. As marés do Rio Amazonas devem ter picos acima de 3.1m, por causa da lua cheia e a aproximação do Equinócio. No caso da ocorrência de chuvas junto com a alta da maré, poderá haver o que é chamado de ‘maré meteorológica’, o que facilita o transbordamento.

O Coordenador da Defesa Civil de Macapá, Aldair Santos, disse que equipes trabalharão no monitoramento das áreas que poderão ser atingidas pelo fenômeno. Ele ainda reforçou sobre a conscientização da população dessas áreas sobre o descarte correto do lixo. “O acúmulo de entulhos bloqueando o escoamento da água da chuva é nosso maior problema. Os moradores desses locais têm que se conscientizar”, considerou.

O número de telefone 96 98801-1153 foi colocado à disposição da população para informações e chamadas de emergência.

Mônica Silva
Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *