Poema de agora: A Pérola do Senhor do Universo – Arilson Souza

A Pérola do Senhor do Universo

sim, idênticas às flores, são elas…
(suaves, imponentes, perfeitas e belas!)
Mas não se enganem!!!
Elas têm na alma,
a garra e a força das grandes feras.
Negras, brancas, pardas ou índias,
não importam suas raças,credos ou cores,
são todas lindas
e exalam aromas de todas as flores.
E mesmo com as aflições vividas,
Ainda assim são formosas e repletas de amores
Mulheres meigas, inteligentes e guerreiras,
Franciscas, Oneides, Joanas e Marias…
Mulheres que não esperam a vida em sombreiras,
labutam o dia inteiro e todos os dias.
Mulheres ousadas!
Viventes de um mundo machista e repleto de covardia
ainda assim,não perdem sua graça,
tão pouco sua magia.
Discriminadas, sofrem preconceitos,
Por vezes abandonadas
por uma sociedade imperfeita.
Mas do Criador lhes vêm a graça:
O dom de procriar.
e sem se ater a cor ou raça
Por elas, a humanida se perpetuará
Ah, mulheres!!!
“A pérola” do SENHOR do universo!
São vocês, a verdadeira poesia
na qual, qualquer poeta, deseja escrever um verso!

Arilson Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *