Produções científicas de membros e servidores do MP-AP serão apresentadas em evento

Na sexta-feira, 20, aconteceu a reunião da equipe de organização da I Semana Científica no Ministério Público do Amapá (MP-AP), no prédio do Complexo Cidadão Centro, na avenida FAB. O evento visa a socialização do conhecimento por meio da apresentação das produções científicas de membros e servidores da instituição.

Os procuradores de Justiça Nicolau Crispino e Judith Teles, coordenadores do Centro de Estudo e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF) e do Centro de Apoio Operacional da Infância, Juventude e Educação (CAOP-IJE), respectivamente, conduzem os trabalhos junto com as integrantes da comissão organizadora, servidoras: Claudia Tito, do CAOP-IJE; Leididaina Silva, Telma Freitas e Mariana Ribeiro, do CEAF.

A programação tem como objetivo debater assuntos de interesse do MP-AP, apresentar as produções cientificas de membros e servidores, incentivar a capacitação e educação continuada, valorizar a produção acadêmica/cientifica dos integrantes da instituição, além de promover o reconhecimento dos que possuem pós-graduação latu sensu e strictu sensu.

“A semana cientifica vem trazer aos integrantes do MP-AP, assim como para a comunidade como um todo, a socialização do conhecimento cientifico adquirido quando da realização de cursos de aperfeiçoamento, de especialização latu sensu, strictu sensu, Mestrado e Doutorado, pelos membros e servidores, sobre temas referentes às atribuições do Ministério Público”, ressaltou Judith Teles, coordenadora-geral do CAOP-IJE.

Para o coordenador do CEAF a proposta se justifica pela importância de reconhecer e valorizar, membros e servidores que possuam alguma pós-graduação, seja ela, especialização, mestrado, doutorado ou Pós-Doutorado, por meio de palestras, mesas redondas e minicursos. “É oportunizar um espaço de exposição aos colegas de trabalho para que apresentem aos demais os resultados de suas pesquisas cientificas e/ou acadêmicas, seus trabalhos de conclusão de curso (TCC), artigo científico, monografia, dissertação, tese ou relatório pós-doutoral”, justificou Nicolau Crispino.

O edital de inscrição deverá ser lançado no início de junho e o evento está previsto para acontecer em setembro deste ano.

SERVIÇO:

Gilvana Santos – Assessora de Imprensa
Texto: Nelson Gama
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *