Secult-AP anuncia lista final dos selecionados para os editais Siney Sabóia, Prêmio de Cultura Afro-Amapaense, Sandro Corrêa, Ângelo de Jesus e Fernando Forte Karipuna

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) do Amapá anunciou, na última quinta-feira (24), a lista final dos selecionados para quatro editais de fomento e premiação da Lei Aldir Blanc. São eles os editais Siney Sabóia, Prêmio de Cultura Afro-Amapaense, Sandro Corrêa, Ângelo de Jesus e Fernando Forte Karipuna (confira os links das listas no final da matéria).

Os documentos estão previstos no Inciso III da Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, voltados para diversas áreas do setor cultural, como apresentações de espetáculos, contações de histórias, demonstrações técnicas, exibições de obras de cinema/audiovisual, oficinas, debates, palestras, shows e outras, envolvendo categorias artísticas e étnicas.

A medida, de forma integral, visa fomentar quase 700 iniciativas artísticas e culturais, com um investimento de mais de R$ 10 milhões na cultura amapaense. A execução dos editais é coordenada pela Secult.

Vale ressaltar que, no dia 15 de dezembro, a secretaria lançou a lista final de dois editais, sendo estes o Rato Batera e o Seu Portuga, grandes personalidades da cultura amapaense. O órgão frisou que o edital de Fomento Pimpolho Sanches está sob análise e o resultado final deve sair no sábado (26).

A Secult informou que o edital tem o objetivo de fomentar a cadeia produtiva cultural no estado e assim garantir a geração de renda para o setor, que foi diretamente afetado pela pandemia do novo coronavírus.

A avaliação contou com curadores externos, que pontuaram: trajetória profissional comprovada, qualidade artística, relevância e caráter inovador da proposta, bem como o diálogo com a diversidade cultural do Amapá.

Listas final dos editais

Siney Saboya – https://drive.google.com/file/d/10k2TtAGLExepO8VS84vj3F7hzKVV6LHP/view

Cultura Afro-Amapaense – https://drive.google.com/file/d/1l0d__aBpZIL2FNVzTfGN8-L_2Kqc1Sqv/view

Sandro Corrêa – https://drive.google.com/file/d/1vTym-SBh0Ze5ssabq2YAqf4ZU3_a22I6/view

Ângelo de Jesus – https://drive.google.com/file/d/1hNZppINLLNy28XDJqjodM2l72rh4m2kW/view

Fernando Forte Karipuna – https://drive.google.com/file/d/1HnrTH9JJ4WRU_-slkbzoW1mHLs34q6Mv/view

“É com imensa felicidade que anunciamos as listas finais destes editais. Formamos uma  força-tarefa para publicar, inscrever, validar e selecionar esses artistas. Tudo trabalhado com empenho pela equipe da Secult, com contato com os fazedores de cultura do Estado. Tomamos todos os cuidados para que o recurso da Lei Aldir Blanc chegue à cadeia produtiva cultural  conforme os critérios exigidos. Parabéns aos técnicos da Secretaria de Estado da Cultura pelo esforço de  tornar o processo mais célere, visto o tempo que dispomos. Somente um edital ainda está pendente, mas será divulgado o resultado até o próximo sábado (31)”, pontuou o titular da Secult, Evandro Milhomen.

Resumo de atividade

A Secult também informou uma série de atividades realizadas em dezembro, relacionadas ao avanço dos editais. No dia 1ª de dezembro foi divulgada a relação dos aptos a receberem o auxílio emergencial da cultura, também referente à Lei Aldir Blanc.

No dia 2, o órgão divulgou a relação preliminar das atrações que apresentaram suas propostas para avaliação no edital 004/2020, para compor a programação da Semana da Consciência Negra que terá edição online, disponível no site da Secult (www.secult.ap.gov.br).

No dia 3 de dezembro, a Secult iniciou o pagamento do auxílio emergencial da Lei Aldir Blanc, no valor de R$ 600 cada vaga. As cinco parcelas neste valor são efetuadas de uma única vez. Têm direito a esse auxílio, artistas maiores de 18 anos, que não receberam outro tipo de auxílio do Governo Federal, que não recebem benefício previdenciário, ou assistencial, que não tenham emprego formal ou ativo e se estiverem fora dos parâmetros de renda mensal.

No dia 9 de dezembro, foi informada a lista final dos grupos que tiveram propostas aprovadas e se apresentarão na semana da Consciência Negra em forma de live. São 28 atrações aprovadas na categoria Música Popular com Temática Negra, seis atrações aprovadas na categoria Dança com Temática Negra e 109 atrações aprovadas na categoria Cultura Popular, Tradicional e Identitária.

No mesmo dia também foi anunciada a lista a lista preliminar dos editais “Rato Batera” e “Seu Portuga” – ambos disponibilizados através da Lei Aldir Blanc.

No dia 15 de dezembro foi a vez do órgão liberar a lista final dos aprovados os editais “Rato Batera” e “Seu Portuga”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *