Fazer o Bem: MP-AP e Sesi/Senai doam alimentos e água às famílias do Residencial Jardim Açucena

O Ministério Público do Amapá (MP-AP) com o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) do Amapá realizaram na última quarta-feira (18), a entrega de 400 cestas básicas e 5.000 garrafas de água mineral aos moradores do Conjunto Residencial Jardim Açucena, na Zona Sul de Macapá. A Campanha “Fazer o Bem” tem o intuito de auxiliar cidadãos em vulnerabilidade social no enfrentamento às consequências da crise energética que atinge o Estado, desde o dia 3 de novembro.

A ação conta com a parceria da Fundação Banco do Brasil e apoio institucional do MP-AP para a distribuição de 3 mil cestas básicas e água mineral às famílias carentes, já previamente cadastradas pelo Sesi/Senai. Também serão disponibilizados pequenos geradores de energia para atender comunidades desprovidas de energia elétrica, que irão auxiliar também na captação de água em poços artesianos.

O assessor técnico José Villas Boas falou da iniciativa que irá atender residenciais e comunidades mais afastadas da capital. “O Sesi/Senai tem o mapeamento das comunidades e órgãos que precisam desses geradores e das pessoas que receberão as 3 mil cestas arrecadadas em todo o país pelo Sistema ‘S’, enquanto o MP-AP entrará com a parte da logística e segurança para que seja realizada essa ação em prol da população do Amapá”, informou Villas Boas.

Para Eduardo da Costa, coordenador de Mercado e Gestão Corporativa do Sesi/Senai, é essencial ajudar quem foi atingido pelo apagão desde o dia 3 de novembro. “O Sesi/Senai tem um cunho social e não poderíamos fechar os olhos durante essa crise causada pelo apagão, potencializada nas comunidades carentes. Juntamente com os parceiros, daremos esse apoio com água mineral e cestas básicas com o intuito de minimizar os impactos”, pontuou.

A Campanha “Fazer o Bem” foi formalizada pela procuradora-geral de Justiça do MP-AP, Ivana Cei, com a superintendente do Serviço Social da Indústria (Sesi/AP), Alyne Barbosa, no último dia 12.

“O Ministério Público do Amapá está atuando em três frentes nesse período de crise energética. A primeira é acompanhando as medidas para solucionar o grave problema. A segunda é no campo da responsabilização, junto com MP Federal, e a terceira é nesse atendimento social. Precisamos ser solidários à população menos assistida para que possamos juntos atravessar este momento muito difícil para todos do Amapá”, manifestou Ivana Cei.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Texto: Vanessa Albino
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *