Membros do MP-AP comemoram uma década de serviços prestados à sociedade

Dez promotores de Justiça do Amapá comemoram 10 anos de serviços prestados ao Ministério Público do Estado (MP-AP),Mosaico 10 Anos de Posse 01 nesta quarta-feira (13). O procurador-geral de Justiça do MP-AP, Márcio Augusto Alves, parabeniza os membros pela passagem da data que marca uma década na carreira do parquet.

De acordo com o PGJ, o MP-AP é uma instituição com autonomia, unidade, transparência e credibilidade e deve isso ao empenho de seus membros.

“Os membros do MP-AP conseguem realizar a missão de fiscalizar os poderes, resguardar os direitos do cidadão e garantir a ordem jurídica e social. Parabenizo os colegas pela data e agradeço pela dedicação”, destacou o PGJ.

Comemoram hoje uma década de admissão no MP-AP os promotores de Justiça: Fábia Nilci, Laércio Mendes, Jander Vilhena, Fábia Regina, Tiago Diniz, Marco Valério dos Santos, Wueber Penafort, Klisiomar Dias, Alberto Eli Pinheiro e Neuza Barbosa.

Clara Banha, a procuradora de Justiça pioneira do MP-AP

Na terça-feira (12), a procuradora de Justiça Clara Banha celebrou seus 37 anos de Ministério Público, destes, 11 anos no MP Federal (MPDFT) e 26 anos no MP-AP. Clara Banha foi a primeira integrante do Ministério Público do Amapá, com o número 001 na Instituição, e em 1º de outubro de 1991, integrou a primeira turma do órgão ministerial, já sendo promovida ao cargo de procuradora de Justiça, ocupando o primeiro posto na lista de antiguidade dos membros do órgão.

Quase seis anos depois, foi eleita procuradora-geral de Justiça do MP-AP, no dia 7 de fevereiro de 1997, para o biênio 97/99, e reconduzida ao cargo em 1999, para o biênio 99/2001, sendo a primeira mulher a galgar o posto de PGJ no Amapá.

Em comemoração, membros e servidores organizaram uma surpresa para Clara Banha.

“Sem dúvida, a procuradora de Justiça Clara Banha é uma das minhas referências. Ela ajudou a construir a história de luta em prol da sociedade amapaense. Pois se hoje o MP-AP é uma notável instituição de defesa dos direitos do cidadão, sempre com a cobrança sistemática do cumprimento da lei, isso se deve também à sua atuação. Parabenizo-a pela linda história e trajetória na carreira”, pontuou o PGJ.

SERVIÇO:

Elton Tavares
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *