Nota de falecimento

Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós. Acordamos tristes com a morte do meu tio Eurico. Ele já estava há algum tempo internado no Hospital São Camilo.

Eurico Pinheiro de Vilhena Filho tinha 65 anos e era irmão de minha mãe, Ana Maria Vilhena. A família Vilhena se reúne todos os anos na casa do tio Eurico, na famosa curva do Santa Maria, para ver A Banda passar. Lá é o local de concentração que promove todos os anos o encontro de familiares, amigos e conhecidos.

Tio Eurico está sendo velado na casa onde morava, na curva do Santa Maria, a curva da Avenida Feliciano Coelho com a Rua Tiradentes, no Trem. Será sepultado nesta segunda-feira, às 10h, no cemitério São José.

Peço a Deus que conforte minha mãe, minhas tias e todos os nossos familiares neste momento de dor por essa perda familiar. Vá em paz tio.

Clécio Luís
Prefeito de Macapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *