Nota de Pesar da Secult

É com profundo pesar que todos da Secretaria de Estado da Cultura (Secult) receberam a notícia, neste sábado (16), do falecimento do músico, servidor público membro (maestro) da Banda de Guarda Municipal de Macapá (GMM) e professor de música no Centro de Educação Profissional de Música Walkíria Lima (CEPMWL), Siney Saboia, de 45 anos. Infelizmente, mais uma vítima do novo coronavírus (Covid-19).

Um músico trompetista de imenso talento. Paraense, ele tinha mais de duas décadas de carreira artística no Pará e Amapá. Siney Saboia estudou trompete na Fundação Carlos Gomes, em Belém (PA), e se formou como técnico em música pela Escola de Música Federal do Pará. Tocou ao lado de músicos como Barry White e foi integrante e regente da orquestra Amazon Jazz Band.

No Amapá, tocou com todos os grandes nomes da música amapaense e integrou bandas como Grupo Quebra Pedra, Quinteto Amazon Music e Banda da Guarda Municipal. Participou dos Concertos de Verão da Confraria Tucuju, Festivais de Jazz, entre outros incontáveis eventos culturais e de iniciativa para a disseminação da música instrumental. Saboia foi um dos maiores trompetistas da Amazônia.

Todos nós, da Secult, nos solidarizamos com a dor de seus entes queridos. Pedimos a Deus que conforte o coração de familiares e amigos enlutados. Externamos nossas sinceras condolências por sua partida precoce e nossos agradecimentos ao grande artista que ele foi.

Nesse momento, em que a população mundial se encontra em alerta, queremos ressaltar a importância da proteção ao Covid-19. É indispensável que mantenhamos as medidas de proteção recomendadas pelos órgãos de saúde. Deste modo, devemos sempre lavar as mãos com água e sabão ou higienizador à base de álcool, além de evitar tocar no rosto.

Para cuidamos de nós e dos outros, devemos usar máscaras, mantendo as distâncias recomendadas e sair de casa só em extrema necessidade. É importantíssimo estarmos atentos, para que não percamos mais pessoas queridas. Sigamos fortes e unidos nessa batalha.

Evandro Milhomen
Secretário de Estado da Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *