‘Pepeca V.2’ reúne mulheres para promover arte feminina em Macapá e comemorar os seis meses do Ateliê Índigo

Por Carlos Alberto Jr

Com o intuito de divulgar produções artísticas produzidas por mulheres amapaenses e levantar debates relativos ao mundo feminino, um evento é resgatado após quase dois anos. O “Pepeca V.2” reunirá exibição audiovisual, oficina de biodança, dança do ventre e apresentações musicais no domingo (12), a partir das 17h, num espaço cultural no Centro de Macapá.

Jenifer Nunes (JJ Noones), vocalista da banda Romã e uma das organizadoras do Pepeca V.2, conta que a primeira edição do evento foi pontual, mas que agora é o momento para resgatar a ação. A iniciativa comemorará os seis meses do Ateliê Índigo.

O Ateliê

O Ateliê Índigo foi idealizado por Jenifer Nunes, artista e professora de artes na rede de ensino estadual do Amapá, em parceria com a também artista e ativista cultural Gabriela Marques. Atualmente, o espaço conta com uma escolinha de artes onde ocorrem oficinas e cursos de curta duração, o estúdio de ilustração e tatuagem Hypnos, e o Jardim Elétrico, setor comercial e cultural do empreendimento, onde há uma pequena galeria e são vendidos produtos artísticos autorais, esotéricos, culinária alternativa, e outras vendas.

O espaço visa ser uma vitrine artística para a população que o cerca, incentivando as pessoas a viver novas experiências a partir das artes. O Ateliê também levanta uma bandeira de luta contra a cultura hegemônica, a partir da divulgação de ideias, produtos e serviços.

JJ Noones é vocalista da banda Romã e uma das organizadoras do evento (Foto: Divulgação/Pepeca V.2)

O espaço onde acontecerá o evento de domingo acabou se tornando ação continuada de uma semente plantada do evento de 2016, que, por sua vez, tornou-se uma narrativa de sucesso criada no imaginário local. Resolvemos resgatar o nome para facilitar a divulgação. Esse evento agora é uma comemoração de aniversário de seis meses do Ateliê, apresentando produções idealizadas por nós, neste tema de representatividade feminina na cultura, através da música. “, explicou.

Evento terá oficina de biodança e apresentação de dança do ventre (Foto: Divulgação/Pepeca V.2)

O evento quer propor ao espaço, que completa seis meses de atuação cultural, um local de empoderamento das mulheres, pois desde a sua produção até a realização será todo feito por elas, que precisam lutar para terem seus trabalhos reconhecidos.

As artes urbanas e plásticas vão embelezar o espaço com trabalhos que retratam a força do feminino. A dançarina Hannah Balieiro, além de preparar uma apresentação de dança do ventre, também ministrá uma oficina de biodança. O evento também dará espaço para o audiovisual, com a exibição de estreia do projeto Baubo Sessions.

As apresentações musicais ficam por conta das bandas Romã, Godiva e da rapper Yanna Mc.

Decoração do evento dará espaço para produções artísticas produzidas por mulheres (Foto: Divulgação/Pepeca V.2)

Serviço:

Pepeca V.2 (em comemoração os seis meses do Ateliê Índigo).
Data: 12 de agosto (domingo)
Hora: a partir das 17h
Local: Ateliê Índigo – Avenida Alameda Pedro Dantas, Nº 40, no Centro
Entrada: R$ 5

Fonte: G1 Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *