Qualificação e fortalecimento institucional: MP-AP promove treinamento para operação de Sistema Nacional da Corregedoria Nacional do CNMP

A Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público do Amapá, por intermédio do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF), promoveu nesta quarta-feira (2), um treinamento on-line do Sistema Nacional de Informações de natureza Disciplinar (SNI-ND). A capacitação foi realizada pela Corregedoria Nacional do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), para servidores da Corregedoria-Geral do MP-AP, procuradores e promotores de Justiça do órgão ministerial e servidores da instituição. O curso visou o entendimento sobre lançamento dos dados no SNI-NDno âmbito local para o banco de informações do CNMP.

A qualificação foi ministrada pelo promotor de Justiça do MP Rio de Janeiro e coordenador de inovações da Corregedoria Nacional do Ministério Público, Bernardo Maciel Vieira. A abertura do curso foi feita pela coordenadora do CEAF, procuradora de Justiça Socorro Milhomem Moro, que representou a procuradora-geral de Justiça do MP-AP, Ivana Cei. Ela deu as boas-vindas ao palestrante e fez a apresentação do instrutor do CNMP.

O instrutor apresentou o SNI-ND e a forma de operá-lo. Ele ressaltou que cada Corregedoria-Geral é responsável pela inserção de dados no sistema nacional. Bernardo Vieira discorreu sobre as quatro partes da ferramenta, metodologia, formas de procedimentos, cadastramentos, capitulação, fases e resultados. O objetivo é criar uma base de dados sobre os procedimentos em todas as Corregedoras-gerais das unidades do MP nacional.

Além de fazer a demonstração das funcionalidades e operacionalização do sistema, o palestrante tirou dúvidas participantes. A promotora de Justiça Neuza Barboza, que auxilia a Corregedoria-Geral do MP-AP elogiou o treinamento e enalteceu os conhecimentos recebidos.

Ao final do treinamento, a coordenadora do CEAF, agradeceu, em nome da PGJ do MP-AP, a explanação do coordenador de inovações da Corregedoria Nacional e ressaltou a importância da qualificação para o fortalecimento institucional e integração do MP brasileiro. Socorro Milhomem Moro destacou que essa interação de informações resultam em benefícios na atuação do órgão ministerial em defesa da sociedade.

Mais sobre o palestrante

Bernardo Maciel é promotor de Justiça do MP Rio de Janeiro desde 2005. Ele ocupou várias funções de relevância naquele órgão ministerial. É membro convocado da Corregedoria do CNMP desde 2017, onde foi secretário de tecnologia da informação e de comunicação até 2018. Já no início de 2019, foi designado para exercer a função de coordenador disciplinar substituto da Corregedoria Nacional do CNMP e é coordenador de inovação do órgão desde o final do mesmo ano. Portanto, ele possui vasta experiência e expertise sobre o tema.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Texto: Elton Tavares
Contato: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *