Solidariedade: Ministério Público do Amapá adere às campanhas “Reviva o Natal” e “Natal no Amapá”

O Ministério Público do Amapá (MP-AP) aderiu às campanhas ‘Reviva o Natal’ e ‘Natal no Amapá’ que visam arrecadar o maior número possível de cestas básicas para distribuição às famílias carentes durante as festas de fim de ano. As ações solidárias visam minimizar os impactos sociais e econômicos causados pela pandemia da Covid-19 e crise energética vivenciadas em 2020.

Por conta dessas dificuldades, a Procuradoria-Geral de Justiça do MP-AP se uniu aos movimentos de magistrados, empresários e instituições públicas e privadas no intuito de amenizar as consequências da crise energética e sanitária, visto que muitas pessoas perderam a fonte de renda e ficaram em situação de vulnerabilidade extrema.

Reviva o Natal

Com previsão para entrega nos dias 21, 22 e 23 de dezembro, a campanha solidária ‘Reviva o Natal’, iniciativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para arrecadação de alimentos, com slogan “Doe alimento a quem tem fome”, conta com o apoio do MP-AP, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e da congregação religiosa Reviver. Segundo Thalyta Resende, superintendente da Conab/AP, as doações são essenciais para as classes vulneráveis que sofrem com o aumento do desemprego, decorrente da atual crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus.

As doações podem ser feitas nos seguintes pontos de coleta: Conab (Avenida Iracema Carvão Nunes, 267, centro); Reviver (Av. Ernestino Borges, 1224, Jesus de Nazaré); Sebrae/AP (Av. Ernestino Borges, 740, Centro) e na Procuradoria-Geral de Justiça do MP-AP (Rua do Araxá s/n).

Natal no Amapá

Encabeçada pela Associação dos Juízes Federais da 1ª Região (Ajufer), a campanha ‘Natal no Amapá’ visa arrecadar doações em dinheiro para a compra de cestas básicas para visa reduzir os danos causados pelas três semanas de apagão (22 dias), em 13 dos 16 municípios do estado, ocorrido em novembro passado. Além do MP-AP e Ajufer, a campanha conta com o apoio do MP-AP, Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), do Instituto Federal do Amapá (Ifap) e da Rede Ambiental e de Responsabilidade Social dos Notários e Registradores (Rares-NR).

Para participar, basta escolher uma entre as cinco opções de cestas, disponibilizadas em dois mercados distintos. Os valores variam de R$ 42,46 a R$ 70. O comprovante dos depósitos deve ser enviado para o WhatsApp da Ajufer: (61) 99613-2872.

Para a procuradora-geral de Justiça do MP-AP, o momento exige de toda a sociedade união de forças e solidariedade, especialmente com os que mais sofrem os impactos desse momento tão difícil. Falou da adesão tradicional do MP-AP à campanha “Papai Noel dos Correios”, contribuindo para um Natal mais feliz das crianças e da importância de envolvimento institucional nesses movimentos para arrecadar alimentos.

“É mais que um ato de solidariedade, é um ato de amor ao próximo. É colocar-se no lugar do outro e procurar meios de ajudar a suavizar esses momentos de muitas perdas e de necessidade extrema. Por isso, a instituição Ministério Público aderiu a essas campanhas para que, por meio de seus membros e servidores, possa proporcionar um pouco alento aos mais vulneráveis para que tenham a esperança em dias melhores”, manifestou Ivana Cei.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Texto: Elton Tavares
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *