Poema de agora: Crianças Palestinas – Patrícia Andrade

Conflito em Gaza, fonte de stress para as crianças nos territórios ocupados – Foto: AFP or licensors

Crianças Palestinas

elas erguem
os braços frágeis
mas não querem colo

querem um lar
um país
uma pátria
um futuro
uma vida

querem o fim
da violência
da intolerância
das sirenes
das bombas
querem o direito
de ser criança

pedem pra carregar
nos seus braços
não a morte
não o medo
mas a sua bandeira
a sua infância

Patrícia Andrade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *