Quilombo do Curiaú recebe Milhomen

Foi com muita alegria ritmados aos sons do batuque e marabaixo do quilombo do Curiaú, que Milhomen e o candidato a vice-governador Teles Junior, da chapa de Clécio Luís, foram recebidos em mais uma plenária que misturou cultura, tradição e resistência do povo negro do Amapá.

O Curiaú é uma comunidade constituída por afrodescendentes remanescentes de negros escravizados, seu espaço territorial é constituído por uma APA – área de proteção ambiental, que fica a 14 km do centro de Macapá e tem uma ampla área verde banhada por vários córregos, com diversos poços de água, onde se cultivam peixes e uma área maior, o rio Curiaú, cuja várzea se amplia com o alagamento das chuvas, onde estão criações de búfalo e gado. (fonte: Ancestralidade Africana no Brasil).

Em 1998, o quilombo foi regularizado, pela Fundação Palmares, e mantém vivas por gerações e gerações as tradições e culturas da região.

Teles Junior falou da importância de ter Milhomen em Brasília, como representante legítimo da comunidade negra do Amapá. “Nós temos na Fundação Palmares um representante que é contra o movimento negro. O presidente da república ia manter uma lei que ia atingir diretamente os quilombolas e ribeirinhos e o senador Davi derrubou o veto. É por isso que precisamos ter um representante na câmara federal e Evandro Milhomen é este cara de identidade negra que pode representar todos nós.”

Milhomen enfatizou a qualificação de pessoas da comunidade como grandes profissionais que prestam serviços à iniciativa privada e ao poder público, e que também podem contribuir dentro da comunidade com suas qualificações. “Com esses potenciais e grandes quadros profissionais aqui do Curiaú, podemos construir uma política sociocultural com grande desenvolvimento econômico para o a comunidade. O que precisamos é de um investimento correto para este desenvolvimento turístico, cultural e econômico do Quilombo do Curiaú.” Finalizou Milhomen.

Comunicação/Evandro Milhomen
Fotos: Bruno Massin

Eleições 2022: Saúde, educação, assistência social, esporte e turismo são discutidos por representantes de aldeias indígenas do Amapá e Teles Jr

“Esse momento foi único, na luta pelos direitos da população indígena. Nós falamos da nossa realidade e acreditamos que podemos juntos construir uma nova história para os indígenas do Amapá”. Afirmou Merlane Tiryó, estudante de direito.

As políticas de educação, cultura, saúde, assistência social e esporte, voltados para os povos indígenas do Amapá foram pautas do encontro na tarde de ontem, 19. A reunião foi conduzida pelo candidato a vice de Clécio, Teles Jr. e teve a participação de representantes das terras indígenas Parque do Tumucumaque.

“Boa parte dos anseios apontados por eles já estão inseridos em nosso plano de governo. Nós vamos ampliar as políticas públicas de respeito e promoção da cultura dos direitos indígenas, além de garantir assistência à saúde com adequação de enfermarias destinadas à eles, respeitando suas particularidades culturais, e muito mais”. Garantiu Antônio Teles.

Pensando nesses entraves, o plano de governo de Clécio prevê construção, reforma e revitalização de Escolas Indígenas Estaduais nas Terras Indígenas de Oiapoque, Waiãpi e Parque do Tumucumaque pra que crianças e adolescentes não precisem sair de suas terras em busca de educação na capital. Além de apoiar a formação de profissionais indígenas nas áreas de educação e saúde e realizar os jogos indígenas do Estado do Amapá.

Serviço:

Ilziane Launé – (96)981012131
Worchiely Costa – (96)999700061
Assessoria de Comunicação – Clécio 77

Clécio recebe cartas para compromisso com a educação nas eleições 2022

A semana começou com uma pauta muito importante, educação. Na manhã de ontem, 19, Clécio reuniu com professores da rede estadual e federal de ensino, onde recebeu das mãos dos educadores cartas com propostas a serem implementadas nos próximos quatro anos nas escolas estaduais.

“Todas essas propostas contemplam educação quilombola, indígena e do campo e a maioria já estava no nosso plano de governo. Então se Deus quiser, vamos colocar em prática em prol de uma educação mais eficiente e inclusiva”, afirmou Clécio.

Participaram da reunião quatro segmentos importantes da educação. Representantes da Campanha Nacional pelos Direitos da Educação, União Nacional dos Conselhos Municipais, segmento que trata do ensino médio, ensino integral e ensino modular.

“Essa para mim é uma das agendas mais importantes por acreditar na educação como ferramenta de transformação, mesmo. E como professor, tenho muitos sonhos grandes para a educação das nossas crianças e adolescente”. Afirmou Clécio

Para a coordenadora estadual da Campanha Nacional pelos Direitos da Educação nas eleições de 2022, professora Antônia Andrade esse é um momento importante em que o candidato Clécio se compromete em atuar pela educação pública, gratuita, laica, inclusiva e de qualidade com o financiamento adequado para todos. “Esse é o nosso sonho e esperamos que o futuro do Amapá seja diferente”, pontuou.

Já para a professora do ensino médio, Carla Sabrina, é uma satisfação a equipe de professores ser recebida por Clécio para falar sobre melhorias para a educação.

“Isso mostra a preocupação e o compromisso do candidato com a educação. As nossas escolas precisam de uma estrutura melhor para que possamos fazer o que está na legislação. Ampliar a carga horária e ofertar o itinerário formativo para que o estudante seja incluído no mercado de trabalho e ingresse em uma faculdade”. Afirmou Carla Sabrina, professora do ensino médio.

Em seu plano de governo, Clécio tem como uma de suas prioridades a valorização dos servidores da educação.

“Esse encontro foi muito marcante porque nós acreditamos que a Universidade Federal do Amapá pode estreitar laços com o Governo do Estado, principalmente na área tecnológica. Nós precisamos tirar o atraso que a pandemia causou, sobretudo nas áreas de exatas e tecnológicas nos alunos da rede pública”. Afirmou Cristina Baddni, professora da Universidade Federal do Amapá.

Serviço:

Ilziane Launé – (96)981012131
Worchiely Costa – (96)999700061
Assessoria de Comunicação – Clécio 77

Justiça Eleitoral do Amapá determina busca e apreensão de material impresso com conteúdo de fake news

Na segunda-feira, 19, servidores da justiça eleitoral com apoio da Polícia Militar cumpriram os mandados de busca e apreensão em dois endereços, uma gráfica de Macapá e também no comitê de campanha de Jaime Nunes, candidato ao cargo de governador do estado.

O Tribunal Regional Eleitoral Amapá acatou o pedido da Coligação “Amapá para todos” (SOLIDARIEDADE-UNIÃO, PP, PL, FEDERAÇÃO PSDB/CIDADANIA, PDT e REPUBLICANOS) de Clécio Luís, também candidato ao Governo nas eleições de 2022.

De acordo com a denúncia, Jaime Nunes estaria financiando a produção, impressão e distribuição de material gráfico com forte campanha negativa a imagem de Clécio Luís.

Foram encontradas 3 caixas de panfletos com diversas acusações, dentre elas, de uma suposta investigação da Polícia Federal sobre desvio de recursos do município à época em que o candidato foi prefeito de Macapá.

De fato, a operação conduzida pela da Policia Federal existe e se refere a inquérito instaurado para apurar possível crime cometido por Karlene Lamberg, ex-Secretária de Saúde do atual prefeito de Macapá, Antônio Furlan, sem qualquer associação a gestão do ex-prefeito Clécio Luís.

A decisão do Juiz Federal Anselmo Gonçalves foi concedida com base em constatação de fake news, fundamenta no conteúdo ofensivo à honra do candidato, bem como aos danos irreversíveis causados pela propagação da desinformação que poderia comprometer o resultado do pleito eleitoral de 2022.

Assim, em caráter de tutela de urgência, foi determinado que Jaime Nunes se abstenha de propagar material publicitário com propaganda negativa contra Clécio Luis, bem como, deferido o pedido de busca e apreensão do material impresso.

Serviço:

Assessoria de Comunicação da Corregedoria – Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP)
Central de atendimento ao público do TRE-AP: (96) 3198-7504 (Ramal 7504) / 3198-7506 / (96) 98406-5721

Líderes na Pesquisa do IPEC para Governo e Senado, Clécio e Davi caminham ao lado do povo na Zona Norte

“Vamos seguir trabalhando. Ainda temos 14 dias antes do pleito eleitoral. Precisamos continuar trabalhando para conquistar ainda mais corações pelo Amapá inteiro. Mas desde já agradeço a nossa militância que tem nos apoiado nesse projeto de transformar o Amapá”, afirmou Clécio.

A onda 77 e 444 deixou a sua marca mais uma vez nos quatro cantos do Amapá, neste fim de semana. Na capital teve bandeirada na Orla do Bairro Santa Inês no fim da tarde de ontem, 17. Os militantes de Clécio e Davi formaram um extenso corredor às margens do Rio Amazonas, deixando a paisagem ainda mais bonita. E foi ali mesmo que receberam o resultado da pesquisa do IPEC que confirmou Clécio com 50% e Davi com 44% das intenções de voto.

“Estou muito feliz. Obrigado Amapá! Esse resultado da pesquisa nos força a trabalhar até o último minuto com o objetivo de conquistar corações pelo nosso estado. A nossa jornada está linda precisa do apoio de cada um”, agradeceu Clécio, distante caminhada neste domingo, na zona norte de Macapá.

Na manhã deste domingo, 18, a Onda 77 e 444 invadiu a zona norte de Macapá. Ao lado de uma multidão Clécio e Davi percorreram ruas e avenidas dos bairros Jardim Felicidade I e II. A emoção tomou conta de militantes e moradores que fizeram selfies e conversaram com os dois candidatos lideres na pesquisa.

“O Clécio é o melhor para o estado do Amapá. Ele tem propostas, sempre esteve junto do povo. Desde sua gestão como vereador Clécio sempre priorizou a população, por isso na minha casa todo mundo está com ele”, destacou Meise, empreendedora do Jardim I.

Em meio ao laranja vibrante que vestia jovens, adultos, idosos e crianças muitos sorrisos e empolgação. Todos contagiados pela esperança de dias melhores. Tempos de oportunidades, crescimento, educação, saúde e tranquilidade.

“Vamos eleger o Clécio no primeiro turno. Foi ele que arrumou a nossa capital. Tenho certeza que vai fazer o melhor pelo Amapá. Nós precisamos dele como governador”, afirmou José, militante.

Durante o movimento veículos foram adesivados e militantes alinharam os jingles 77 e 444. Como a região que mais cresce na capital, a zona norte recebeu muitos investimentos de Clécio como prefeito e Davi como senador. Foram obras na área da assistência social, escolas, postos de saúde e pavimentação de vias.

“A zona norte sempre teve a nossa a atenção e vai continuar tendo. Tenho fé em Deus que vamos vencer essa eleição, e mais emendas nós vamos destinar aqui para zona norte. Tanto para melhorias na mobilidade urbana, quanto saúde, educação e infraestrutura”. Garantiu Davi.

Serviço:

Ilziane Launé – (96)981012131
Worchiely Costa – (96)999700061
Assessoria de Comunicação – Clécio

Patriciana Guimarães candidata a deputada federal

 


Patriciana Guimarães, filha caçula de Rose Lânia e Francisco Vieira, esposa de Alberto Arcanjo, mãe de Gilberto Júnior, mulher visionária e determinada, aos 13 anos atuou como repórter mirim na sua cidade natal, acompanhou ativamente a vida política do seu tio Durval Guimarães que representou o povo em dois mandatos como vereador, sendo posteriormente homenageado, pelo seus feitos, tendo o seu nome na fachada da câmara dos vereadores. Patriciana é graduada em Administração de Empresas e tem várias formações na área de desenvolvimento pessoal, mas, a influência política e o forte valor de contribuir ativamente por melhor qualidade de vida das pessoas, fez com que ela ingressasse na carreira política, conquistando a confiança do povo e ocupando uma cadeira na Câmara Municipal, e como vereadora lutou incansavelmente por melhor acessibilidade, dignidade e saúde, enfrentou a covid, indo para os postos de saúde no pico da pandemia para garantir que a população não ficasse desassistida de atendimento e medicamentos, e por sua brilhante atuação como vereadora, recebeu o prêmio de vereadora do ano. A palavra desistir não faz parte do seu vocabulário, e como cristã atuante, ela acredita que não existe o impossível para Deus quando confiamos Nele plenamente. E como cristã atuante há mais de 29 anos, dentre eles se dedicou 3 anos da sua vida em trabalho voluntário ajudando mulheres detentas, mulheres julgadas, condenadas pelos seus atos e discriminadas pela sociedade, levando a essas mulheres palavra de fé, apoio e fortalecimento espiritual, mental e esperança.

Patriciana é uma mulher muito intensa, cheia de ideais, que valoriza a liberdade, abomina a injustiça e tem um forte desejo de contribuir para um mundo melhor… E ela já cumpriu parte desse chamado, quando Vereadora, fez a diferença na vida de muitas pessoas.

Hoje, ela tem um novo desafio, não será fácil! mas, tudo que ela precisa ela tem, que é, fé, coragem, trabalho e decisão. E ela decidiu acreditar que com Deus tudo é possível…

Patriciana Guimarães, candidata a Dep. Federal, mãe, esposa, empresária. Segue agora a sua missão de mostrar que é possível fazer muito mais pelo Amapá.

Assessoria de comunicação

Vale do Jari Recebe Milhomen

Os municípios de Vitória do Jari e Laranjal do Jari, receberam nos dias 16 e 17 de setembro, o amigo da cultura, Evandro Milhomen. Na pauta assuntos diversos que envolviam os problemas e dificuldades encontrados na região do vale do Jari.

Milhomen aproveitou para ouvir a comunidade e pontuou sobre emendas que até os dias de hoje trazem benefícios à população de Vitória e Laranjal. “Aqui em Vitória do Jari ouvindo atentamente a população enquanto deputado federal, destinamos uma emenda para a construção da praça da juventude, um espaço que proporciona lazer e cultura para todos daqui, e em Laranjal, fomos responsáveis por uma emenda parlamentar para a construção de uma unidade de saúde vocacionada ao tratamento da mulher”, disse Milhomen.

Durante as plenárias muitos apoiadores e convidados se manifestaram reafirmando a importância de ter Milhomen como deputado federal, em Brasília, assunto este comentado por Marquinhos, liderança e ativista sociocultural de Vitória do Jari. “Milhomen já mostrou que pode fazer por nós, não podemos perder esta oportunidade de tê-lo como nosso representante na câmara federal, conte com a gente, deputado”.

Já em Laranjal do Jari, a fala do quadrilheiro junino e líder cultural, Betinho foi direcionada ao segmento cultural. “O Jari precisa de mais cultural, somos um grande potencial cultural do Amapá, nestes últimos anos fomos contemplados com políticas públicas vindas de Milhomen, enquanto secretário de cultura. Vamos conquistar votos e votos aqui em Laranjal para que o Milhomen nos represente em Brasília e traga recursos para o vale do Jari.” Disse, Betinho.

Por fim, Milhomen agradeceu a recepção da população e reafirmou o compromisso com a região do vale do Jari. “Sempre serei grato aos dois municípios, sempre foram decisivos em nossa jornada política, reafirmo meu compromisso de caminharmos juntos para que possamos sempre trazer benefícios aos moradores do vale.” Finalizou, Evandro Milhomen.

Comunicação – Milhomen 1266

Eleições 2022: candidatos não podem ser presos a partir deste sábado, 17

A partir deste sábado, 17, a 15 dias do primeiro turno das Eleições 2022, nenhum candidato pode ser detido ou preso, salvo em flagrante delito, de acordo com o parágrafo 1º do artigo 236 do Código Eleitoral (Lei nº 4.737, de 1965).

As Eleições 2022 estão marcadas para o próximo dia 2 de outubro.

De acordo com o parágrafo 2º do mesmo dispositivo, caso ocorra qualquer prisão neste período, o preso deve ser imediatamente conduzido à presença do juiz competente que, se verificar a ilegalidade da detenção, “a relaxará e promoverá a responsabilidade do coator”.

O objetivo da norma é garantir o equilíbrio da disputa eleitoral e o pleno exercício das atividades de campanha por parte dos candidatos. Também busca prevenir que prisões sejam utilizadas como estratégia para prejudicar algum postulante a cargo eletivo por meio de constrangimento político ou o afastando da campanha.

Segundo turno

Se houver segundo turno, os candidatos que estiverem concorrendo não poderão ser presos ou detidos a partir de 15 de outubro. A única exceção, novamente, será para as prisões em flagrante delito.

MP Eleitoral orienta atuação coordenada para fiscalizar “voo da madrugada”

Com a finalidade de fiscalizar e coibir a prática de derramamento de santinhos conhecida como “voo da madrugada”, o Ministério Público Eleitoral no Amapá (MP Eleitoral) emitiu orientação normativa com diretrizes para atuação de promotores eleitorais no pleito de 2022. A intenção é coordenar e dar celeridade ao encaminhamento das provas obtidas pelos membros do MP Eleitoral em primeiro grau e possibilitar que eventuais ações de propaganda irregular sejam ajuizadas no prazo correto – até 48 horas após o 1º ou 2º turno.

Na orientação normativa, as equipes de fiscalização do MP Eleitoral nos municípios são instruídas a fotografar os materiais espalhados nas ruas de modo a possibilitar a visualização nítida do candidato beneficiado, sendo essa a principal prova da infração. O procedimento instaurado para apuração deve conter nome, número e partido ao qual o candidato pertence, além de informar o dia, a hora e o local em que o ilícito ocorreu.

Espalhar em vias públicas material de campanha, como panfletos, santinhos e adesivos, é considerado propaganda irregular. O infrator e o candidato beneficiado estão sujeitos a multa, sem prejuízo da apuração de crime eleitoral caso a infração ocorra no dia da eleição. Para o MP Eleitoral, o voo da madrugada gera impactos sociais e políticos, uma vez que pode influenciar o eleitor a votar no número que tem à vista.

Há também o impacto econômico, considerando o gasto – muitas vezes do fundo partidário – para impressão desses materiais, de modo que os que possuem maior capacidade econômica poderiam imprimir maior quantidade de santinhos. Assim, influenciariam maior proporção de eleitores, tendo em vista que seus nomes e números alcançariam maior visibilidade.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal no Amapá
(96) 3213 7895 | (96) 98409-8076
[email protected]

Clécio caminha na Zona Norte, região que entregou muitas obras

“O Infraero foi um dos bairros que nós mais pavimentamos. Aqui na zona norte nós entregamos unidade de saúde, revitalizamos escolas. E essa caminhada é pra reafirmar o nosso compromisso com Macapá e com a zona norte que é a área da cidade que mais cresce. E nós faremos muitos investimentos na saúde, educação, lazer e segurança pública”, garantiu Clécio.

A caminhada no bairro Infraero I, foi regada a muita agitação e alegria. O colorido das bandeiras e o jingle que virou hino entre a militância preencheram ruas e avenidas do bairro. Nas residências, Clécio foi recebido com carinho. Para o candidato, a receptividade é a confiança no trabalho que ele já realizou à frente da Prefeitura de Macapá, e em suas propostas para transformar o Amapá .

“A zona norte é a região de Macapá que mais cresce. Por isso nós temos muitas propostas pra desenvolver esse lado da cidade. Tanto na área da infraestrutura, quanto saúde, educação, entre outros”. Disse Clécio, durante caminhada.

Das crianças aos idosos, todos ficaram envolvidos com a passagem de Clécio pelo Infraero I. A dona Maria da conceição, 68 anos aguardou Clécio na esquina da casa onde mora. Tudo para declarar seu apoio ao ex-prefeito.

“O Clécio foi o melhor prefeito que Macapá já teve. Ele mudou a saúde, a educação, a limpeza da cidade. As pessoas podem falar o que quiserem. Mas a capital mudou depois do mandato dele. Eu tenho certeza que ele vai ser um ótimo governador. O meu voto é do Clécio.” Afirmou Maria da Conceição.

Serviço:

Ilziane Launé – (96)981012131
Worchiely Costa – (96)999700061
Assessoria de Comunicação – Clécio 77

Clécio reúne com trade turístico para tratar de estratégias para desenvolver o setor no Amapá

“O turismo tem um papel importante na nossa economia, é responsável por gerar emprego e renda, mas é necessário políticas públicas de fomento e incentivo ao setor”. Ressaltou Clécio, na reunião.

Durante a reunião ocorrida no sábado, 12, Clécio escutou as demandas dos representantes do traide turístico no Amapá. Uma das pautas debatidas entre o candidato e o setor, foi a necessidade de buscar alternativas para baratear o valor das passagens de outros estados para o Amapá, a fim de atrair turistas para o estado.

“Nós precisamos estudar uma saída. Uma possibilidade seria aviões de pequeno porte. O governo poderia conceder os incentivos fiscais pela zona franca e área de livre comércio. Pois não é interessante para as grandes empresas”. Destacou Clécio.

Outra pauta da reunião foi a profissionalização do atendimento nos pontos turísticos. Ou seja, garantir que locais como a Fortaleza, Museu Sacaca e Monumento Marco Zero contem com guias de turismo para receber os visitantes. Além disso, incentivar a qualificação dos guias de turismo. E trabalhar o turismo de forma pedagógica nas escolas também são propostas levantadas pelos representantes do trade turístico.

“Nós agradecemos o Clécio por esse momento. Nós sabemos como ele é muito acessível. Nos recebeu sempre muito bem quando era prefeito. Temos certeza que no governo não vai ser diferente”. Agradeceu Sandro Belo, Vice – presidente da Associação de Bares e Restaurantes do Amapá, ABRESEL.

Todos os pontos apresentados pelo setor durante a reunião, estão incluídos em cartas propostas que foram entregues a Clécio pelos representantes do trade.

Serviço:

Ilziane Launé – (96)981012131
Worchiely Costa – (96)999700061
Assessoria de Comunicação – Clécio 77

Cultura Santanense abraça Milhomen

Uma grande festa democrática no município de Santana, foi preparada na terça-feira, 13 de setembro, para receber o amigo da cultura, Evandro Milhomen. Produtores e ativistas culturais, artistas dos diversos segmentos da arte e cultura abraçaram e declararam apoio à campanha 1266 de Milhomen para deputado federal.

A terra de “Santa ‘Ana” disse com convicção que apoia Milhomen em ensejo a todo trabalho realizado enquanto gestor público na pasta da secretaria de estado da cultura, principalmente quando olhou para Santana. E foi assim que alguns militantes culturais se manifestaram: “Nós do segmento gospel, nunca havíamos participado de editais específicos para este movimento. O gospel não se resume apenas em música, ele também é dança, teatro, audiovisual e outras manifestações culturais que são envolvidas, e Milhomen conseguiu ter este olhar para o nosso segmento, foi a primeira vez que conseguimos ser aprovados em um edital.” disse Júlia, militante cultural do movimento gospel.

Milhomen agradeceu a participação de todos os artistas e reafirmou o compromisso com a cultura santanense. “Temos aqui um celeiro de artistas de diversos setores culturais e precisamos olhar com carinho para cada um de vocês, assim fizemos enquanto gestor público, agora queremos fazer mais com o mandato de deputado federal. Ouviremos cada segmento cultural de Santana para que lá na frente a gente pare de andar com o pires na mão.” Finalizou Evandro Milhomen.

Assessoria de comunicação

Clécio assina termo de compromisso com movimentos culturais e sociais

Clécio assinou um termo de compromisso com representantes da capoeira, hip hop, artesanato, quadra junina, Marabaixo, religiões de matrizes africanas e comunidades quilombolas. O documento apresenta estratégias que propõem políticas públicas voltadas para cada segmento. Segundo Clécio, a principal é o fomento de todas as manifestações culturais.

“O termo de compromisso faz com que a gente tenha esse olhar para trabalhar junto com eles. Hoje a melhor maneira de fazer isso é através de editais que possam chamá-los para fazer incentivo e fomento para que possam continuar fazendo seu papel coletivo”. Afirmou, Clécio.

Para o candidato, ainda como parte da valorização de todos os segmentos, é necessário concluir o processo do marco regulatório, concluir o sistema estadual de cultura com todas as ferramentas do conselho, da legislação e do fundo. Pois é ele que vai chegar na ponta, onde estão os projetos sociais.

“Os movimentos culturais e sociais, com seus projetos junto as comunidades têm um papel importantíssimo, chegando muitas vezes onde o poder público não chega. Que é tirar crianças e jovens da situação de rua e da criminalidade”. Afirmou, Clécio, durante o evento.

“Ao lado do Clécio, a gente sempre se sente em casa. Porque ele sempre está próximo do artista e isso faz a diferença. Desde quando estava na prefeitura, Clécio já valorizava a cultura. Aliás, é o único gestor que tem esse olhar. Por isso, nós queremos Clécio para governar o Amapá”. Destacou, J.Márcio, representante do segmento Artes Visuais.

Serviço:

Ilziane Launé – (96)981012131
Worchiely Costa – (96)999700061
Assessoria de Comunicação – Clécio 77

Comunicadores debatem com candidatos as políticas da comunicação no Dia Internacional do Jornalista

Na noite da quinta-feira, 08, a jornalista e candidata a deputada federal Ana Girlene e repórter Wedson Castro, candidato a deputado estadual, estiveram num bate-papo com os comunicadores, em celebração ao Dia Internacional do Jornalista, comemorado em 8 de setembro, profissão que é homenageada em diversos países.

A pauta da noite foi avaliar a importância do trabalho do jornalismo no processo de democracia e também reivindicar políticas públicas para a categoria, como piso salarial para os comunicadores ( jornalistas, publicitários, designers, fotógrafos, radialistas); aprovação do Conselho Federal de Jornalismo; a luta pela retomada da obrigatoriedade do diploma para o exercício do jornalismo e a inclusão obrigatória de vagas para comunicadores em todos os concursos públicos locais foram alguns temas debatidos.

Para o radialista Heraldo Almeida é importante ter como candidatos, profissionais da área, principalmente segundo ele, por sempre estarem por dentro das informações, e para a classe são representantes que defenderam os direitos dos profissionais.

“Sofremos muitos ataques nos últimos anos, mas respondemos com muito trabalho e informação, e ter um representante nosso na política é essencial. Admiro muito a coragem de nossos colegas em colocar seus nomes para esse pleito. Precisamos de deputados que tenham o conhecimento, a visão dos problemas e que busquem a solução com muita ética e garra”, destacou.

A jornalista Ana Girlene relatou as situações ao qual passou desde os movimentos estudantis e o fundamental papel da comunicação na transformação social e política do estado. Relatou também a questão dos ataques que os jornalistas veem sofrendo, sobretudo as mulheres, e que decidiu concorrer nessa eleição por entender que era necessário ir em busca desse espaço de poder para lutar pelas questões que defende.

“Estou candidata, como comunicadora, e sei que minha profissão tem um grande reconhecimento, que por muitos que tentam nos intimidar, nos diminuir, mas em momentos como que ocorreu agora na pandemia, mostramos nosso valor, levando informação, dando voz aos que precisavam, quando denunciamos, tiveram que resolver, e mais uma vez estabelecemos a confiabilidade com a população”, relatou Ana Girlene.

Razão da data

É o dia da morte do jornalista e escritor Julius Fucik Checoslováquia, em 1943. Esta data foi instituída pela Organização Mundial de Jornalistas (OIP), em 1950. No mesmo ano, Fucik recebe o título póstumo do prêmio Internacional da Paz do Conselho Mundial da Paz. Fucik é conhecido não só por suas contribuições para o jornalismo e a literatura, mas também por seu participação como líder da resistência antinazista na antiga Checoslováquia. Essa celebração tem como objetivo homenagear o trabalho dos jornalistas profissionais, que ao longo da história têm desempenhado um papel fundamental, não só para informar, mas também na edificação da história mundial. Outro propósito do Dia do Jornalista é honrar a vida dos jornalistas que morreram no exercício da sua profissão.

Assessoria de comunicação
Fotos: Dylan Cavalcante