Espetáculo “Lugar da chuva: Um mergulho poético na Amazônia Amapaense” é apresentado nesta quarta-feira (14), no Teatro das Bacabeiras

Hoje (14), a partir das 20h, no Teatro das Bacabeiras, rola apresentação do espetáculo “Lugar da chuva: Um mergulho poético na Amazônia Amapaense”. A entrada será Franca!

A que conta uma viagem afetiva e poética pela Amazônia amapaense, fruto de uma residência artística na cidade de Macapá e seus arredores.

A dramaturgia cartográfica, que organiza o texto por ilhas, navega por diversos locais na foz do Rio Amazonas, reinventando cenicamente as sensações e reflexões que atravessam os corpos durante o seu percurso entre a cidade e a floresta, entre o mato e concreto, entre o rio e a rua.

SERVIÇO:

Espetáculo teatral Lugar da Chuva
Data: 14/08/2019
Local: Teatro das Bacabeiras
Duração: 70 minutos
Entrada: franca.
Classificação etária: 12 anos

Projeto Sesc Amazônia das Artes: hoje rola o “Dia Intercâmbio”, com o Grupo Compalhaçada (AM) e CIA. E Trecos In Mundos (AP), no Sesc Araxá

Nesta segunda-feira (12), a partir das 14h, no Salão de Eventos do Sesc Araxá, rola o “Dia Intercâmbio”, com o Grupo Compalhaçada (AM) e CIA. E Trecos In Mundos (AP). A atração faz parte da programação da 12ª edição o Projeto Sesc Amazônia das Artes, iniciado no último dia 5. A será 1kg de alimento não-perecível e a classificação é livre.

Projeto Sesc Amazônia das Artes 2019

O Projeto Sesc Amazônia das Artes, que encerrará no próximo dia 18 de agosto, é realizado nos espaços cênicos do Sesc Araxá e alguns espaços públicos de Macapá. O evento que agrega todas as linguagens artísticas como: teatro, dança, circo, música, literatura, cinema e ações formativas em música e teatro, visa contribuir na circulação e intercâmbio da produção cultural da região Amazônica.

Participam do projeto artistas dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins – Estados que compõe a área que corresponde a Amazônia Legal – tendo ainda o Departamento Regional do Piauí como convidado, em virtude da identificação com o cenário social e cultural da região, e também sua proximidade geográfica.

Fomentando a realização de atividades de desenvolvimento artístico cultural e, contribuindo para a democratização do acesso aos bens culturais na forma de espetáculos, shows, exposições de obras de arte e exibição de filmes entre os estados que compõe a Amazônia Legal, o projeto consegue integrar na programação trabalhos locais, contribuindo com a realização do intercâmbio com os artistas em circulação, garantindo acessibilidade em pelo menos um espetáculo como forma de inclusão.

Confira a programação completa AQUI.

Serviço:

“Dia Intercâmbio”, com o Grupo Compalhaçada (AM) e CIA. E Trecos In Mundos (AP), no Sesc Araxá
Data: 12/08/2019 (hoje)
Local: Salão de Eventos/ Sesc Araxá Horário
Horário: 14h.
Investimento: 1kg de alimento não-perecível.
Classificação: Livre.

Com informações da assessoria de comunicação do Sesc.

Projeto Sesc Amazônia das Artes: hoje rola apresentação de poemas Recital Mormaço com Elizeu Braga/ AM.

Neste domingo (11), a partir das 19h, no Teatro Marco Zero, rola a apresentação de poemas Recital Mormaço, com Elizeu Braga de Manaus (AM).A apresentação integra a programação da 12ª edição o Projeto Sesc Amazônia das Artes, iniciado no último dia 5. A será 1kg de alimento não-perecível e a classificação é livre.

Foto: Raissa Dourado

Sobre o Recital Mormaço

O Rondoniense Elizeu Braga, é um “Poeta beradeiro” que após experiencias densas em sua vida, resolveu resgatar, o “seu eu menino” que ao se mudar da beira do Rio Madeira para a cidade de Porto Velho, sofria com apelidos pejorativos na escola. Elizeu é autor dos livros Cantigas e Mormaço, além de poemas publicados de formas diversas.

Inspirado na realidade ribeirinha o poeta mostra no espetáculo Mormaço, diversos elementos, resultado de experiências particulares que por meio da oralidade nos coloca em contato com estórias que parecem contados por um pescador.

A versão de 40 minutos traz ritmos misturados e acalorados que fervem dentro dos barcos. A espiritualidade e a resistência que vem da natureza que nos une serão apresentadas no Recital Ritual Mormaço. Os poemas dos livros Cantigas e Mormaço serão cantados e falados com toda a poética que arremeda as memórias da infância na comunidade de Itacoã e a liberdade dos mestres populares da região, que fazem tradição ser continuidade e não estática.

Mormaço é um banzeiro forte, criado por uma embarcação carregada de mitos, dores e felicidades de um povo que tem os rios como casa e crença.

Projeto Sesc Amazônia das Artes 2019

O Projeto Sesc Amazônia das Artes, que encerrará no próximo dia 18 de agosto, é realizado nos espaços cênicos do Sesc Araxá e alguns espaços públicos de Macapá. O evento que agrega todas as linguagens artísticas como: teatro, dança, circo, música, literatura, cinema e ações formativas em música e teatro, visa contribuir na circulação e intercâmbio da produção cultural da região Amazônica.

Participam do projeto artistas dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins – Estados que compõe a área que corresponde a Amazônia Legal – tendo ainda o Departamento Regional do Piauí como convidado, em virtude da identificação com o cenário social e cultural da
região, e também sua proximidade geográfica.

Fomentando a realização de atividades de desenvolvimento artístico cultural e, contribuindo para a democratização do acesso aos bens culturais na forma de espetáculos, shows, exposições de obras de arte e exibição de filmes entre os estados que compõe a Amazônia Legal, o projeto consegue integrar na programação trabalhos locais, contribuindo com a realização do intercâmbio com os artistas em circulação, garantindo acessibilidade em pelo menos um espetáculo como forma de inclusão.

Confira a programação completa AQUI.

Recital Mormaço – Foto: Letycia Amorim

Serviço:

Apresentação de poemas Recital Mormaço com Elizeu Braga/ AM.
Data: 11/08/2019 (hoje)
Local: Teatro Marco Zero, localizado no bairro Perpétuo Socorro
Horário: 19h.
Investimento: 1kg de alimento não-perecível.
Classificação: Livre.

Com informações da assessoria de comunicação do Sesc.

Projeto Sesc Amazônia das Artes: hoje rola o espetáculo de circo “Boxe com Palhaçada”, com o grupo Compalhaça de Manaus (AM).

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Neste sábado (10), a partir das 15h, no Salão de Eventos do Sesc Araxá, rola o espetáculo de circo “Boxe com Palhaçada”, com o grupo Compalhaça de Manaus (AM).A apresentação integra a programação da 12ª edição o Projeto Sesc Amazônia das Artes, iniciado no último dia 5. A será 1kg de alimento não-perecível e a classificação é livre.

Boxe com Palhaçada

Boxe com Palhaçada foi inspirado em uma esquete de mímica do grupo Espanhol El Tricicolo. É um espetáculo cujo enredo se constitui no conjunto encadeado de números cômicos circenses, em um pano de fundo que desenha uma disputa entre os dois palhaços, Meio Fino e Debiloide, pelo amor da palhaça Cafuxa.

Projeto Sesc Amazônia das Artes 2019

O Projeto Sesc Amazônia das Artes, que encerrará no próximo dia 18 de agosto, é realizado nos espaços cênicos do Sesc Araxá e alguns espaços públicos de Macapá. O evento que agrega todas as linguagens artísticas como: teatro, dança, circo, música, literatura, cinema e ações formativas em música e teatro, visa contribuir na circulação e intercâmbio da produção cultural da região Amazônica.

Participam do projeto artistas dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins – Estados que compõe a área que corresponde a Amazônia Legal – tendo ainda o Departamento Regional do Piauí como convidado, em virtude da identificação com o cenário social e cultural da
região, e também sua proximidade geográfica.

Fomentando a realização de atividades de desenvolvimento artístico cultural e, contribuindo para a democratização do acesso aos bens culturais na forma de espetáculos, shows, exposições de obras de arte e exibição de filmes entre os estados que compõe a Amazônia Legal, o projeto consegue integrar na programação trabalhos locais, contribuindo com a realização do intercâmbio com os artistas em circulação, garantindo acessibilidade em pelo menos um espetáculo como forma de inclusão.

Confira a programação completa AQUI.

Serviço:

Espetáculo de circo Boxe com Palhaçada com o grupo Compalhaça/ AM.
Data: 10/08/2019 (hoje)
Local: Salão de eventos do Sesc Araxá
Horário: 15h.
Investimento: 1kg de alimento não-perecível.
Classificação: Livre.

Com informações da assessoria de comunicação do Sesc.

Projeto Sesc Amazônia das Artes: hoje rola espetáculo teatral “Sobre azares futuros”, com o grupo Budejar Criações artísticas (MA), no Sesc Araxá

Nesta quinta-feira (8), a partir das 20h, no Salão de Eventos do Sesc Araxá, vai rolar o espetáculo teatral “Sobre azares futuros”, com o grupo Budejar Criações artísticas, do Maranhão (MA). A peça integra a programação da 12ª edição o Projeto Sesc Amazônia das Artes, iniciado no último dia 5. A será 1kg de alimento não-perecível e a classificação é para o público acima de 12 anos de idade.

Sinopse:

Na peça, voltada para o público acima de 16 anos, são abordadas narrativas políticas, poéticas, singelas, dolorosas e alegres sobre ser mulher no mundo, sobre as lutas diárias do universo feminino. Os azares futuros; os assédios; os abortos; as maternidades e o direitos sobre o corpo; são essas as questões políticas em debate, na cena, no corpo e nas marcas da atriz.

O espetáculo “Sobre Azares Futuros” trata sobre os contratempos cotidianos do universo feminino, que ao longo dos tempos foram, equivocadamente naturalizados. O espetáculo costura marcas individuais, experiências familiares, relatos, memórias e modos diversos de estar e ser mulher no mundo. O mundo enquanto território, lugar, espaço habitado, que é permeado de dificuldades, sonhos, desejos e resistências.

Projeto Sesc Amazônia das Artes 2019

O Projeto Sesc Amazônia das Artes, que encerrará no próximo dia 18 de agosto, é realizado nos espaços cênicos do Sesc Araxá e alguns espaços públicos de Macapá. O evento que agrega todas as linguagens artísticas como: teatro, dança, circo, música, literatura, cinema e ações formativas em música e teatro, visa contribuir na circulação e intercâmbio da produção cultural da região Amazônica.

Participam do projeto artistas dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins – Estados que compõe a área que corresponde a Amazônia Legal – tendo ainda o Departamento Regional do Piauí como convidado, em virtude da identificação com o cenário social e cultural da
região, e também sua proximidade geográfica.

Fomentando a realização de atividades de desenvolvimento artístico cultural e, contribuindo para a democratização do acesso aos bens culturais na forma de espetáculos, shows, exposições de obras de arte e exibição de filmes entre os estados que compõe a Amazônia Legal, o projeto consegue integrar na programação trabalhos locais, contribuindo com a realização do intercâmbio com os artistas em circulação, garantindo acessibilidade em pelo menos um espetáculo como forma de inclusão.

Confira a programação completa AQUI.

Serviço:

Espetáculo teatral “Sobre azares futuros”, com o grupo Budejar Criações artísticas (MA
Data: 08/08/2019 (hoje)
Local: Salão de Eventos/ Sesc Araxá
Horário: 20h.
Investimento: 1kg de alimento não-perecível.
Classificação: 12 anos.

Com informações da assessoria de comunicação do Sesc.

Projeto Sesc Amazônia das Artes: hoje rola espetáculo teatral híbrido Kanarô, com o grupo Experimental de Artes Vivartes (AC), no Sesc Araxá

Nesta quarta-feira (7), a partir das 20h, no Salão de Eventos do Sesc Araxá, vai rolar o espetáculo de teatro híbrido Kanarô, apresentado pelo grupo Experimental de Artes Vivartes do Acre (AC). A peça integra a programação da 12ª edição o Projeto Sesc Amazônia das Artes, iniciado no último dia 5. A será 1kg de alimento não-perecível e a classificação é para o público acima de 12 anos de idade.

Sinopse:

A peça retrata a busca de Dani para entender o seu lugar no mundo da floresta, que é o seu lugar no universo interior. É o trajeto pessoal que vai da menina á mulher – até nascer Mirini, quando ela pode entender o mito Yawanawa Kanarô, rito de passagem para a compreensão desejada.

Ela fala ainda que a encenação é uma expressão do diálogo de culturas e conhecimentos dos indígenas, o que resultou na leitura da vida na Amazônia acreana em cena.

Projeto Sesc Amazônia das Artes 2019

O Projeto Sesc Amazônia das Artes, que encerrará no próximo dia 18 de agosto, é realizado nos espaços cênicos do Sesc Araxá e alguns espaços públicos de Macapá. O evento que agrega todas as linguagens artísticas como: teatro, dança, circo, música, literatura, cinema e ações formativas em música e teatro, visa contribuir na circulação e intercâmbio da produção cultural da região Amazônica.

Participam do projeto artistas dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins – Estados que compõe a área que corresponde a Amazônia Legal – tendo ainda o Departamento Regional do Piauí como convidado, em virtude da identificação com o cenário social e cultural da
região, e também sua proximidade geográfica.

Fomentando a realização de atividades de desenvolvimento artístico cultural e, contribuindo para a democratização do acesso aos bens culturais na forma de espetáculos, shows, exposições de obras de arte e exibição de filmes entre os estados que compõe a Amazônia Legal, o projeto consegue integrar na programação trabalhos locais, contribuindo com a realização do intercâmbio com os artistas em circulação, garantindo acessibilidade em pelo menos um espetáculo como forma de inclusão.

Confira a programação completa AQUI.

Serviço:

Espetáculo de teatro híbrido Kanarô, apresentado pelo grupo Experimental de Artes Vivartes do Acre (AC).
Data: 07/08/2019 (hoje)
Local: Salão de Eventos/ Sesc Araxá
Horário: 20h.
Investimento: 1kg de alimento não-perecível.
Classificação: 12 anos.

Com informações da assessoria de comunicação do Sesc.

Com inscrições gratuitas, Especialização em Estudos Teatrais Contemporâneos da Unifap irão até o dia 03 de agosto

A Universidade Federal do Amapá (Unifap) lançou, no dia 1º de julho, o edital para formação da primeira turma do curso de Especialização em Estudos Teatrais Contemporâneos. São 30 vagas para ingresso no segundo semestre de 2019, sendo que 4 são destinadas a pretos, partos, quilombolas ou indígenas, 3 a pessoas com deficiência e 1 vaga para a pessoas trans (travestis ou transexuais). As inscrições são gratuitas e realizadas somente pela internet. Elas iniciaram no último dia  24 de junho e irão até o dia 03 de agosto deste ano. O processo seletivo tem três fases:

– A primeira é a inscrição contendo documentos pessoais, intenção de pesquisa de acordo com as linhas de pesquisas e interesses/eixos de pesquisas dos(as) docentes e do curso, memorial descritivo, currículo lattes atualizado do(a) candidato(a). Esta fase é de caráter eliminatório;

– A segunda etapa se configura como análise de proposta de intenção de pesquisa e análise do memorial descritivo, ambos de caráter eliminatório e classificatório;

– O último estágio é a entrevista com base no Currículo Lattes atualizado, no Memorial Descritivo e na Proposta de Intenção de Pesquisa que também tem caráter classificatório.

Para ser aprovado, o candidato deve obter nota igual ou superior a sete (7,0) na Etapa 2. O resultado final e à lista de classificação serão divulgados no dia 03 de setembro de 2019.

O curso

Na modalidade presencial, o curso tem por objetivo formar especialistas para atuarem na área da pesquisa das práticas teatrais levando em consideração a investigação das linguagens e das poéticas contemporâneas e sua repercussão regional bem como no Brasil. As linhas de pesquisa são: processos contemporâneos no ensino de teatro; processos de criação e expressão cênica contemporâneos; história das artes do espetáculo, dramaturgia e contemporaneidade.

A Especialização terá carga horária total de 400h, distribuídas em período de 18 meses, contemplando atividades teóricas e práticas, individuais e/ou em grupo além do desenvolvimento do trabalho de conclusão de curso (TCC). As aulas presenciais estão previstas para o segundo semestre de 2019 e acontecerão às sextas-feiras no período noturno e aos sábados, compreendendo os períodos da manhã e tarde.

Mais informações no site do Departamento do Processos Seletivos e Concursos: https://depsec.unifap.br/

Assessoria de comunicação

Conselho de Pauta do Teatro das Bacabeiras convoca os os segmentos Teatro e Artesanato-Artes Visuais para reuniões neste sábado (27)

O Conselho de Pauta do Teatro das Bacabeiras (CPTB) convoca agentes da cadeia produtiva dos segmentos Teatro e Artesanato-Artes Visuais para reuniões que serão realizadas às 16h (com os representantes do movimento teatral) e 19h (com membros das artes visuais), neste sábado (27), na Biblioteca Pública Elcy Lacerda.

Ambos os encontros visam a composição de Comissões Eleitorais que irão, sob a supervisão do CPTB, que coordenarão o processo eleitoral para representantes dos respectivos segmentos artísticos culturais. As datas destas eleições também serão definidas nestas reuniões.

Além disso, as reuniões objetivam o debate e alinhamento de pleitos importantes para as duas referidas categorias de artistas no Amapá.

O CPTB

O CPTB é um grupo de representantes das diversas vertentes artísticas, criado para estabelecer estratégias para tornar o Teatro das Bacabeiras um ambiente mais prazeroso e de acolhimento aos artistas, a produção cultural e a população amapaense.

Serviço:

Reuniões do Conselho de Pauta do Teatro das Bacabeiras com os segmentos artísticos
Data: 27 de julho de 2019
Horários: 16h -Teatro e 19h – Artesanato-Artes Visuais
Local: Biblioteca Elcy Lacerda, que fica na Rua São José, 1800, centro de Macapá.

Elton Tavares, com informações do produtor Cláudio Silva.

Estação Criança leva música e apresentações teatrais ao CEU das Artes no Macapá Verão

A quadra de esportes do CEU das Artes foi ocupada pela criançada no domingo, 21. Os pequeninos dos bairros Infraero I, Infraero II e Açaí receberam a programação Estação Criança, que proporcionou atividades musicais com o grupo Entrei na Roda, apresentações do grupo de capoeira Ginga pra Vida e teatrais Mercador de Contos, Palhaça e Dança, Chapeuzinho Vermelho em conspiração Jantar e Cadê o Brilho da Estrela.

Quem encerrou a noite foi o grupo de hip-hop Movimento sem Limite. O Faísca, mascote do Macapá Verão, também esteve presente e recebeu o carinho das crianças. “Gostei muito das apresentações dos palhaços. Eles ensinaram que não devemos esquecer o chuveiro ligado e nem deixarmos de estudar”, relatou o estudante Lucas Gabriel Ferreira, 10 anos.

“A Chapeuzinho Vermelho foi legal, ela disse que o lobo mal se disfarçou de porquinho para levar a comida dela, e eu também dancei na roda com o solzinho [Faísca]”, comentou a estudante Caroline Cunha, 12 anos. As atividades do Macapá Verão 2019 terão continuidade com o Estação Lunar e o concurso para a escolha do Melhor Camarão no Bafo, nesta quinta-feira, 25, a partir das 18h, no balneário da Fazendinha.

Cliver Campos
Assessor de comunicação/PMM
Contatos: 98126-0880 / 99175-8550
Fotos: Gabriel Flores

De Janeiro a Dezembro será apresentado no Laurindo Banha e na programação do Macapá Verão 2019

Neste mês de julho (mês de férias) o grupo AGIR Produções Artísticas apresentará o espetáculo de literatura e teatro “De janeiro a dezembro” nos dias 20 e 28. No dia 20 (sábado) será na Avenida 25 de julho, nº 1010 localizado no Laurindo Banha, a partir das 19h. No dia 28 (domingo) a atração fará parte da programação do Macapá Verão 2019 e será na Estação Criança localizada na Praça Floriano Peixoto.

Sobre o sarau/espetáculo

Um grande encontro para se divertir, encontrar os amigos, conversar sobre a vida, conhecer novas pessoas, quem sabe uma paixão? Em “De janeiro a dezembro” dois artistas (e quem mais quiser) celebram o ano passando por datas e eventos especiais do calendário brasileiro e amapaense. Com cenas teatrais repletas de declamações poéticas, o espetáculo homenageia eventos como A Banda, o Equinócio, o dia do Índio, das Mães, do Folclore e outros, agregando contação de histórias, encenação, teatro de bonecos, artes visuais e interação com a plateia, que pode (e deve) participar recitando poesias, cantando uma música, dançando, atuando, expondo sua arte, etc.

O trabalho conta com declamação e atuação de Ingrid Ranna e Allan Gomes, textos de Allan Gomes, figurinos e adereços de Ingrid Ranna, Allan Gomes e Welliton Moura, direção cênica e iluminação de Sandro Brito, equipe de apoio formada por Juliana Monteiro e Marco Viníciu, exposição de artes visuais de Aline Pacheco e poesias do grupo Pena e Pergaminho.

Sobre a AGIR Produções Artísticas

AGIR Produções Artísticas é um grupo fundado por Allan Gomes e Ingrid Ranna com o objetivo de produzir experimentos cênicos e literários próprios e levá-los a todos os locais possíveis de serem apresentados. Desde 2015 vem desenvolvendo trabalhos artísticos pelo Amapá. Suas montagens já foram apresentadas em diversos bairros da cidade de forma independente, e também já foram selecionados nos editais dos seguintes projetos: Expofeira (2015) do Governo do Estado do Amapá; Macapá Verão (2017 e 2019) da Prefeitura Municipal de Macapá; Vamos Comer Teatro (2017) e Caravana das Artes (2018) do SESC-AP.

Serviço:

Sarau De Janeiro a Dezembro
Data: 20 de julho (Sábado)
Horário: 19 horas
Local: Av. 25 de julho, nº 1010 – Laurindo Banha
Colaboração: Pague quanto puder

Data: 28 de julho (Domingo)
Horário: 17:30 horas
Local: Estação Criança (Na Praça Floriano Peixoto)
Programação do Macapá Verão 2019

Informações: 99101-7831 (AGIR Produções Artísticas)

Hoje rola a apresentação do espetáculo “O banquete de Platão”, na Ueap

Nesta quarta-feira (3), a partir das 19h, no Auditório Central da Universidade Estadual do Amapá (Ueap), os alunos do primeiro semestre do curso de Filosofia da Ueap apresentarão o espetáculo “O banquete de Platão”. a entrada é GRATUITA.

Os acadêmicos ensaiam a peça teatral, baseada no livro “ O Banquete de Platão” (que fala dos sete discursos sobre amor) desde fevereiro deste ano. A adaptação leva em conta as três expressões do amor no grego antigo: Eros, Philia e Ágape estabelecendo conexões com as diferentes formas atuais de amar.

SINOPSE:

A turma LFL 19.1 está fazendo a releitura da obra, as interpretações filosóficas, a adaptação do texto para os dias atuais e para fazer o questionamento do conceito, “Por que Amor?” a partir dos discursos do banquete de Platão.

O Banquete, também conhecido como Simpósio, é um diálogo platônico escrito por volta de 380 a.C.. Constitui-se basicamente de uma série de discursos sobre a natureza e as qualidades do amor. O Banquete é um dos dois diálogos de Platão em que o tema principal é o amor.

A dedicação dos acadêmicos e professores do curso de filosofia da Ueap é algo que chama a atenção, desde a escolha do tema para a peça teatral, como também, o período dos estudos, a organização do evento, até a divulgação. Todo esse trabalho foi feito durante seis meses com muita dedicação.

Segundo o Prof. Dr. Janilson Barbosa, que é diretor da peça teatral, é o resultado do trabalho de aprendizagem da filosofia Antiga em que os acadêmicos foram convidados a interpretar e adaptá-lo na contemporaneidade. O Prof. afirma ainda que, a adaptação leva em conta as três expressões do amor no grego antigo: Eros, Philia e Ágape estabelecendo conexões com as diferentes formas atuais de amar.

Serviço:

“O banquete de Platão”
Data: 03 de Julho de 2019
Local: Auditório Central da Ueap (Campus I Avenida Presidente Vargas, Centro de Macapá)
Hora: 19h
Entrada Franca

Elton Tavares, com informações da Ueap.

Inscrições para Especialização em Estudos Teatrais Contemporâneos começam nesta quarta-feira

A Universidade Federal do Amapá (Unifap) lançou o edital para formação da primeira turma do curso de Especialização em Estudos Teatrais Contemporâneos. São 30 vagas para ingresso no segundo semestre de 2019, sendo que 4 são destinadas a pretos, partos, quilombolas ou indígenas, 3 a pessoas com deficiência e 1 vaga para a pessoas trans (travestis ou transexuais).

As inscrições são gratuitas e serão realizadas somente pela internet, a partir desta segunda-feira, 24, e irão até o dia 03 de agosto deste ano. O processo seletivo tem três fases:

– A primeira é a inscrição contendo documentos pessoais, intenção de pesquisa de acordo com as linhas de pesquisas e interesses/eixos de pesquisas dos(as) docentes e do curso, memorial descritivo, currículo lattes atualizado do(a) candidato(a). Esta fase é de caráter eliminatório;

– A segunda etapa se configura como análise de proposta de intenção de pesquisa e análise do memorial descritivo, ambos de caráter eliminatório e classificatório;

– O último estágio é a entrevista com base no Currículo Lattes atualizado, no Memorial Descritivo e na Proposta de Intenção de Pesquisa que também tem caráter classificatório.

Para ser aprovado, o candidato deve obter nota igual ou superior a sete (7,0) na Etapa 2. O resultado final e à lista de classificação serão divulgados no dia 03 de setembro de 2019.

O curso

Na modalidade presencial, o curso tem por objetivo formar especialistas para atuarem na área da pesquisa das práticas teatrais levando em consideração a investigação das linguagens e das poéticas contemporâneas e sua repercussão regional bem como no Brasil. As linhas de pesquisa são: processos contemporâneos no ensino de teatro; processos de criação e expressão cênica contemporâneos; história das artes do espetáculo, dramaturgia e contemporaneidade.

A Especialização terá carga horária total de 400h, distribuídas em período de 18 meses, contemplando atividades teóricas e práticas, individuais e/ou em grupo além do desenvolvimento do trabalho de conclusão de curso (TCC). As aulas presenciais estão previstas para o segundo semestre de 2019 e acontecerão às sextas-feiras no período noturno e aos sábados, compreendendo os períodos da manhã e tarde.

Mais informações no site do Departamento do Processos Seletivos e Concursos: https://depsec.unifap.br/

Assessoria de comunicação da Unifap

Hoje rola a apresentação do espetáculo “Antes que o céu desabe”, na Unifap

Nesta segunda-feira (1º), a partir das 19h30, no auditório do projeto de extensão “Universidade da Maturidade” (Umap), da Universidade Federal do Amapá (Unifap), A Turma de 2016 do Curso de Teatro da Unifap, apresentará o espetáculo “Antes que o céu desabe”.

A peça será o penúltimo espetáculo na graduação pela disciplina Prática de Montagem I, ministrada pelo professor Raphael Brito, no encerramento da VIII Mostra de Experimentos do Curso de Teatro da Unifap.

SINOPSE:

Artistas em formação insistem em montar um espetáculo como se não houvesse o amanhã. Em uma viagem sem volta, se deparam silenciados em um sistema de golpes, perdas, revoltas e tensões nunca antes questionadas. Com enfrentamento e resistência, ecoam o último grito antes que o céu desabe.

Serviço:

Espetáculo “Antes que o céu desabe”,
Data: 01 de Julho
Local: Auditório da Umap, na Unifap.
Hora: 19h30
Entrada Franca

Hoje rola espetáculo teatral Lugar da Chuva no Amapá Garden Shopping

O espetáculo LUGAR DA CHUVA é uma viagem afetiva e poética pela Amazônia amapaense, fruto de uma residência artística na cidade de Macapá e seus arredores.

A dramaturgia cartográfica, que organiza o texto por ilhas, navega por diversos locais na foz do Rio Amazonas, reinventando cenicamente as sensações e reflexões que atravessam os corpos durante o seu percurso entre a cidade e a floresta, entre o mato e concreto, entre o rio e a rua.

As apresentações no Espaço Garden In Cena comemoram 1 ano de existência do espetáculo LUGAR DA CHUVA. Além disso, também são um “esquenta” para as apresentações no FIT – Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto-SP em Julho, ocasião em que o Frêmito Teatro vai representar o Amapá e a Amazônia num dos maiores e mais importantes festivais de teatro do Brasil.

A peça é fruto das experiências vividas durante um laboratório criativo realizado na capital amapaense, no final de 2017, quando o grupo paulistano Agrupamento Cynétiko viajou até a cidade para uma residência artística em intercâmbio com o Frêmito Teatro.

Na ocasião, os coletivos percorreram lugares significativos para a pesquisa sobre territorialidade na Amazônia Amapaense.

O atravessamento mútuo entre os artistas e os locais visitados nutriram a construção das cenas, entremeando-se reflexões sobre um Amapá atual, urbano e globalizado, em suas complexas relações com a Natureza, ancestralidades e tradições.

FICHA TÉCNICA:

Realização: Frêmito Teatro (AP) e Agrupamento Cynétiko (SP)
Com: Raphael Brito e Wellington Dias
Concepção e Direção: Otávio Oscar
Dramaturgismo: Ave Terrena Alves
Direção de Arte: Daniele Desierrê
Videoarte: Luciana Ramin
Fotos: Nu Abe
Produção: Wellington Dias
Apoio: Cia Cangapé, Espaço Garden In Cena e Amapá Garden Shopping

SERVIÇO:

Espetáculo teatral Lugar da Chuva
Datas: 28 e 29 de Junho de 2019
Horário: 20h
Local: Espaço Garden In Cena | Amapá Garden Shopping | Macapá-AP
Duração: 70 minutos
Ingressos: Pague Quanto Puder
Bilheteria: No local, 30min antes de cada apresentação | Somente dinheiro
Classificação etária: 12 anos
Telefone de contato: 96 98107-1972
E-mail: [email protected]

Fonte: Frêmito