Macapatur e Abrasel firmam parceria para fortalecer a gastronomia macapaense


A Prefeitura de Macapá, em reunião realizada na segunda-feira, 13, com dirigentes da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), firmou um leque de parcerias com o objetivo de alavancar o crescimento do turismo municipal no segmento da gastronomia. Na pauta, foi discutido o conjunto de ações que serão desenvolvidas em parceria entre Município e Abrasel para fomentar, fortalecer e projetar a gastronomia macapaense como um produto legitimamente turístico.

Segundo a diretora-presidente do Instituto Municipal de Turismo, Juliane Pereira, a gastronomia do Amapá é forte. “Ela não deixa nada a desejar do ponto de vista da qualidade e do potencial turístico para o vizinho estado do Pará, por exemplo, ou qualquer outro do país, além de reunir todas as condições para se tornar referência do turismo municipal e do estado como um todo”.

Nesse sentido e com base no planejamento estabelecido, estão previstas ações de consultoria, capacitação, projetos sociais e festivais gastronômicos. “Nosso objetivo é fomentar e criar toda a logística adequada para o desenvolvimento da gastronomia macapaense enquanto produto turístico, mas também como uma ferramenta dinâmica e eficaz para o crescimento e fortalecimento econômico do município”, concluiu o prefeito Clécio Luís.

Do outro lado da parceria, executivos da Abrasel comemoraram os resultados obtidos na reunião com a prefeitura e o Instituto de Turismo. O turismólogo e diretor da entidade, Sandro Belo, enfatizou a atuação de Clécio no estabelecimento das parcerias, apontando que nunca um gestor esteve tão próximo do segmento da gastronomia.

“A Abrasel é uma entidade de utilidade pública e para tanto possui o dever moral de contribuir com o estado e o município. Tudo que é cultivado, produzido, comercializado e consumido deve obedecer às práticas de qualidade e segurança alimentar. O Município, por meio da gestão do prefeito Clécio e da diretora Juliane Pereira, pode contar com a parceria do setor empresarial, no qual buscaremos melhorias de qualificação e capacitação dos agentes da orla da cidade e no reordenamento da cidade, que é de interesse da população para uma melhoria da qualidade de vida”, concluiu.

A parceria também objetiva promover eventos gastronômicos que elevem o nível de qualidade da gastronomia macapaense para o Brasil e para o mundo, tornando-a competitiva e capaz de contribuir para a geração de emprego e para o fortalecimento da economia do município.

Célio Santos
Assessor de comunicação/Macapatur
Fotos: Macapatur

Na maior feira de turismo da América Latina, turismólogo amapaense recebe prêmio nacional

A ABAV EXPO INTERNACIONAL DE TURISMO que este ano acorre na Expo Center Norte em São Paulo é considerada uma das maiores feiras de turismo da América Latina. Local de encontro, negócios e interação dos fornecedores da indústria de viagens. Excelente oportunidade para trocar informações, conhecer novos produtos e fazer negócio com agentes de viagens e profissionais do turismo que atuam em atrações turísticas, gestão pública, hotéis, veículos de comunicação especializados em turismo, transportadoras, artesanato, consultoria entre outros.

E como momento relevante do evento de negócios turísticos, a entrega do Prêmio ABBTUR 2017 Mérito & Talento, sendo realizado pelo quarto ano consecutivo, tendo este ano como Destino Patrono Brasília, a Capital Federal do Brasil.

Com atuação desde 2004 no mercado, o Tur° mestre Sandro Bello possui experiência nas três esferas da gestão pública do turismo, docente no ensino superior, no trade turístico já contribuiu com a ABIH, ABAV e hoje ocupa função no Convention Bureau, ABBTUR, CETURH/Fecomercio, FETur e como Executivo da Abrasel, alem de atuar como consultor especialista em mercado gastronômico, estatística do turismo e estudos de mercado.

O profissional foi agraciado com o prêmio por meio da indicados de demais profissionais do setor, sob validação de critérios estabelecidos e avaliação pela Comissão Organizadora, que atualmente exercem funções em áreas públicas, na esfera federal, estadual ou municipal em órgãos diretamente ligados ao turismo, ou em órgãos onde haja intersetorialidade com o turismo e sua atuação exerce relevante importância devido a formação de nível superior em turismo. Ou mesmo profissionais que atuam em atividades diversas no mercado turístico do agenciamento, hotelaria, transportes, locação de automóveis, consultoria e empreendedorismo para mostrarem como atuam como diferencial por ter formação de nível superior em suas atividades.

Fonte: Repiquete no Meio.

Balneário Recanto da Aldeia: paisagem bucólica na Ilha de Santana

Por Luís Lopes

O Recanto da Aldeia, na Ilha de Santana, é dos destinos mais procurados nas férias de julho pelos macapaenses e santanenses. O principal motivo, é claro, é a proximidade destes centros urbanos. Sem contar a beleza bucólica do lugar.

A Ilha de Santana está “na frente” do município de Santana. O Balneário Recanto da Aldeia está “do outro lado” da Ilha, na porção sul. Lá conta com uma grande faixa de praia ideal para prática de vôlei, futebol de areia, entre outros esportes… Há uma área arborizada com mesas e cadeiras do restaurante que há por lá (cerveja gelada e comida modesta). Leve sua rede, dá para tirar um cochilo bacana aproveitando a sombra e a brisa.

No mês de julho o movimento de banhistas e visitantes é intenso, devido ao período de férias e início do verão amazônico. Na Ilha de Santana é possível fazer uma trilha ecológica e contemplar as imensas sumaúmas.

Como chegar

A saída é pelo Porto de Santana, em Santana. Por lá ficam várias catraias (embarcação local) que fazem a linha Santana/Ilha de Santana*. Já há um preço estipulado para este traslado, porém é possível negociar um preço e marcar horário para retorno (dependendo do grupo de pessoas).

A viagem dura em torno de 30 a 40 minutos. Curta esse momento. É perfeito! Cenários paradisíacos (de novela), botos dando o “ar da graça”. São muitos botos!!! Curta, curta bastante!

*Obs.: Antes de atravessar, por ser uma região portuária, com movimento intenso de pessoas, tenham bastante cautela. Vá direto para as catraias e negocie com o catraeiro.

Fonte: Amapá Trip

Macapatur apresenta ao Trade Turístico plataforma Brasil Braços Abertos

A Prefeitura de Macapá, visando difundir a qualificação e a promoção do turismo, apresentou nesta terça-feira, 23, a plataforma Brasil Braços Abertos aos representantes do Trade Turístico. A qualificação foi feita pelo Instituto Municipal de Turismo (Macapatur) e contou com participação de representantes dos sindicatos e associações ligados ao setor.

Macapá foi primeiro município brasileiro a celebrar com o Ministério do Turismo o Termo de Compromisso para promover e apoiar a execução das ações de qualificação e aperfeiçoamento dos profissionais de turismo que atuam na linha de frente da atividade dentro da plataforma Brasil Braços Abertos.

A diretora-presidente do Macapatur, Juliane Pereira, explica que essa foi uma reunião para apresentar e orientar de que forma a qualificação pode ser utilizada pelo setor do turismo em Macapá. “Essa qualificação serve, tanto para aquelas pessoas que atendem [garçons] quanto aos microempreendedores individuais e até donos de hotéis, restaurantes e agências de viagem. A intenção é estimular que estes façam seu cadastro e qualificação pela plataforma”.

O objetivo é fazer com que outros municípios possam aderir à plataforma Brasil Braços Abertos. Por exemplo, se hoje alguém de outro município se escrever terá que alegar que mora em Macapá, uma vez que os demais não aderiram.

Brasil Braços Abertos

É uma plataforma tecnológica de aprendizado à distância em ambiente digital com oferta de 80 horas de aulas online. As inscrições para 2017 já estão abertas e podem ser feitas até 30 de setembro. O aluno poderá fazer o curso por meio de celular, tablet ou notebook, e contará com videoaulas e jogos educativos. Os interessados podem acessar a plataforma pelo endereço brasilbracosabertos.turismo. gov.br. As aulas podem ser iniciadas logo após a inscrição e devem ser concluídas até o dia 30 de dezembro.

Adryany Magalhães
Assessora de comunicação/PMM

Macapá foi o 1º município do país a aderir ao Programa de Qualificação do Turismo “Brasil de Braços Abertos”, do Governo Federal

Foto: Roberto Castro/MTur

Por Lívia Nascimento

Macapá é o primeiro município brasileiro a celebrar com o Ministério do Turismo o Termo de Compromisso para promover e apoiar a execução das ações de qualificação e aperfeiçoamento dos profissionais de turismo que atuam na linha de frente da atividade dentro da plataforma “Brasil Braços Abertos”. A assinatura foi realizada durante audiência entre o ministro do Turismo, Marx Beltrão, o prefeito de Macapá, Clécio Vieira, a secretária municipal de Turismo, Juli Pereira, e o senador Davi Alcolumbre.

O “Brasil Braços Abertos” é uma plataforma tecnológica de aprendizado à distância em ambiente digital com oferta de 80 horas de aulas online. As inscrições para 2017 já estão abertas e poderão ser feitas até 30 de setembro. O aluno poderá realizar o curso por meio de celular, tablet ou notebook e contará com videoaulas e jogos educativos. Os interessados podem acessar a plataforma pelo endereço brasilbracosabertos.turismo.gov.br. As aulas podem ser iniciadas logo após a inscrição e devem ser concluídas até o dia 30 de dezembro.

Entre as responsabilidades do município estão o acompanhamento e monitoramento da participação e desenvolvimento do aluno durante a execução dos cursos com o objetivo de promover e incentivar sua conclusão. Ainda segundo o documento, cabe ao gestor local a articulação e promoção junto ao setor produtivo local da inserção dos candidatos no mercado de trabalho e manutenção do cadastro atualizado dos profissionais qualificados.

“Estou muito feliz com a assinatura deste termo de compromisso que demonstra que os gestores de Macapá têm consciência da importância do turismo como atividade econômica e estão preocupados em oferecer um serviço cada vez mais qualificado para os turistas que visitam a cidade. Nosso intuito é que tenhamos cada vez mais parceiros nessa missão de qualificar quem está na linha de frente do turismo brasileiro”, afirmou o ministro.

Os secretários municipais poderão realizar o cadastro pelo link (http://brasilbracosabertos.turismo.gov.br/município) e indicar um servidor efetivo para atuar como gestor da iniciativa. Ao final do curso, os profissionais poderão obter o certificado de conclusão pelo site do programa.

EXPERIÊNCIA – O canal “Braços Abertos” teve uma versão piloto durante os Jogos Rio 2016, que contou com a inscrição de 8,2 mil quiosqueiros, ambulantes, trabalhadores do setor de hospedagem e outros profissionais do setor. “Inicialmente ele foi pensado para quem já opera no turismo, mas que muitas vezes não tem condições de voltar a uma sala de aula para se qualificar. Assim, levamos a proposta de criação desse aplicativo e foi um sucesso. As pessoas aderiram, se qualificaram e viram que de maneira lúdica e estimulante conseguiram ter a qualificação devida que, agora, disponibilizamos para todo o Brasil”, comentou a secretária Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo do MTur, Teté Bezerra.

Fonte: Agência de Notícias do Turismo

Prefeitura de Macapá busca recursos para eventos e infraestrutura do turismo

A diretora-presidente do Instituto Municipal de Turismo, Juliane Pereira, acompanhada do senador Randolfe Rodrigues, reuniu-se com o secretário executivo do Ministério do Turismo, Alberto Alves, para tratar da liberação de recursos para eventos e infraestrutura turística de Macapá. No encontro, a diretora apresentou projetos já cadastrados pelo órgão no Portal de Convênios para obras de revitalização da orla de Macapá, sinalização turística e iluminação do complexo Araxá, e para realização do Macapá Verão e da programação de aniversário da cidade, em 2018.

O senador Randolfe destacou a necessidade de apoio ministerial ao fortalecimento do setor turístico no Amapá e também pediu ao ministério que alocasse recursos ao município de Macapá. O secretário se comprometeu em atender os projetos de sinalização da cidade e de iluminação do complexo do Araxá. Também falou sobre a possibilidade do ministério liberar recursos por etapas para a obra de revitalização da orla.

Na oportunidade, o secretário Alberto Alves informou que o ministério apoiará os projetos que estão sob análise da área técnica e anunciou a inclusão do Macapá Verão no Plano de Marketing, que divulgará os eventos em mídia nacional e internacional. “A iniciativa é divulgar em escala nacional e no exterior esses eventos com potenciais de geração de fluxos turísticos”.

“Tivemos o comprometimento do secretário em atender o projeto de sinalização turística de nossa cidade e o projeto de iluminação do complexo do Araxá. Conseguimos ainda o apoio para a realização de dois importantes eventos turísticos de nossa capital [Macapá Verão 2017 e Aniversário de 260 anos de Macapá]. Além disso, contamos com o apoio do senador Randolfe, que ratificou a necessidade de apoio por meio de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento do turismo em Macapá”, disse Juliane Pareira.

Ela ainda esteve reunida com o coordenador de Planejamento Territorial do Ministério do Turismo, Eduardo Madeira, para tratar de formulação do planejamento e do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur). Juliane também participou de audiência com a coordenadora-geral de Informações Estatísticas, Gilce Battistuz. Ela apresentou a experiência de Macapá com o Observatório do Turismo, em que o Macapatur organiza e sistematiza as estatísticas do setor para empregabilidade, hospedagem e embarque e desembarque de passageiros.

Coordenadoria de Comunicação/PMM

Macapá e Oiapoque firmam parceria para participação no Salão de Turismo e Lazer da Guiana Francesa

A prefeita de Oiapoque, Maria Orlanda, o senador Randolfe Rodrigues e a titular da Macapatur, Juli Pereira. – Foto: Elton Tavares

Em visita ao município de Oiapoque, a diretora-presidente do Instituto Municipal de Turismo, Juliane Pereira, se reuniu com a prefeita Maria Orlanda. No encontro, foi firmada parceria para a participação dos municípios no Salão de Turismo e Lazer da Guiana Francesa.

Será a 19ª edição do evento, que acontecerá em abril. O objetivo é promover a divulgação e comercialização dos destinos e roteiros turísticos do platô das guianas e de toda a região Amazônica. “Decidimos firmar parceria para que possamos levar o nosso artesanato, pacotes de viagens, passeios de barco e exibição de documentários sobre as atrações turísticas. Queremos levar a nossa cultura para vender na feira”, relatou Juliane Pereira.

Até a realização do evento, a Prefeitura de Macapá se reunirá com sindicatos e associações ligados ao turismo, artesãos e artistas locais, para que a comitiva seja formada. “Não será barato montar esse espaço na feira e levarmos nossos produtos. Por isso, buscaremos apoios, incentivos e parcerias”, ressaltou Juliane.

Márcia Fonseca/Asscom PMM
Contatos: 98139-7609 / 99118-7183
Foto: Elton Tavares

Gestores da Semob e Macapatur irão a Brasília para tratar sobre paisagismo do complexo Beira Rio

O subsecretário municipal de Obras e Infraestrutura Urbana, Antonio Ferreira Junior e a diretora-presidente do Instituto Municipal de Turismo, Juliane Pereira, discutiram sobre o projeto das obras de paisagismo do complexo Beira Rio, que compreende a Praça Isaac Zagury e áreas do entorno.

“Esse encontro é para alinhar as ações da Praça Beira Rio, resultado de uma emenda parlamentar de 2011. Também estamos organizando uma viagem a Brasília para solicitar ao Ministério do Turismo alguns ajustes no plano de trabalho, que eram necessários naquele ano e que hoje estão atualizados”, ressaltou Antônio.

“Estamos tocando os projetos essenciais para o desenvolvimento do turismo na cidade. O subsecretário Antônio nos convocou para estarmos presentes em Brasília para juntos tratarmos sobre esse projeto da frente da cidade, que atenderá tanto a parte de área verde, esporte e empreendedorismo quanto à área de entorno do Mercado Central, que vem complementar a obra que está sendo executada e que será entregue até julho de 2017”, explicou Juliane.

As obras são resultantes de uma emenda parlamentar do ex-senador José Sarney, no valor de R$ 7 milhões. A viagem a Brasília dos gestores e técnicos da Semob e Macapatur ocorre nesta quarta-feira, 8.

Cliver Campos/Asscom Semob
Contatos: 98126-0880 / 99175-8550

Macapá 259 anos: secretarias reúnem-se para alinhar detalhes da programação festiva


Gestores e representantes de órgãos municipais reuniram-se para definir logística final para os festejos de aniversário da cidade de Macapá. As atividades são coordenadas pela Fundação Municipal de Cultura (Fumcult) e pelo Instituto Municipal de Turismo (Macapatur), com apoio dos demais institutos, secretarias e coordenadorias municipais, além da Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac) e da Guarda Municipal.

Foram pautas da reunião segurança, organização do trânsito, ordenamento da comercialização de alimentos e outros produtos, limpeza antes, durante e depois, e atividades correspondente a cada órgão. Este ano, o festejo conta também com o apoio das empresas privadas CNA, Estácio Seama, Claro, Ongap (Anjos Protetores) e Vila Nova Shopping.

A programação de 259 anos da cidade de Macapá inicia às 7h, com a missa na igreja matriz São José, segue com o cortejo do Banzeiro Brilho de Fogo até a Praça Floriano Peixoto, e continua até o fim da tarde com muitas atrações artísticas, esportivas e culturais. A programação completa será divulgada nesta quarta-feira, 1º de fevereiro.

Rita Torrinha/Asscom Fumcult
Contato: 99189-8067

Em reunião, Macapatur assume compromisso de diálogo com agências de viagens

Diretora-presidente do Macapatur, Juliane Pereira.

O Amapá está localizado na foz do maior rio do mundo, o Amazonas, que também é passagem obrigatória para todas as embarcações e um atrativo que favorece a oportunidade de parada para transatlânticos. E continuam as estratégias de divulgar o estado como uma estada rápida na rota turística de grandes navios.

Em reunião ordinária de assembleia geral, nesta terça-feira, 24, feita pelo Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Ceturh), foram discutidos os principais pontos de quais são os procedimentos necessários para que os transatlânticos ancorem no Amapá e possam trazer ganhos consideráveis à economia local. Como membro do conselho, o Instituto Municipal de Turismo (Macapatur) assumiu o compromisso de dialogar com as agências de viagens, com o objetivo de vender as potencialidades do Amapá para o mundo.

“Atualmente, os navios apenas passam pela costa do estado sem aportarem aqui. Por isso, hoje assumimos o compromisso no sentido de dialogar tanto com operadoras e agências de fora do estado, que vendem, ou poderiam vender o Amapá para o mundo, quanto com o mercado local, no sentido de criar produtos a serem oferecidos para os turistas, como receptivo, passeios, tour gastronômico, e assim fomentar a economia local”, explicou a diretora-presidente do Macapatur, Juliane Pereira.

O conselho é composto por sindicatos e associações ligadas ao turismo, bem como representantes do poder público, como o Instituto Municipal de Turismo e as secretarias de Estado do Turismo (Setur) e da Cultura (Secult). No encontro estavam presentes, além dos conselheiros e suplentes do Ceturh, membros da Capitania dos Portos e Marinha do Brasil, representantes da Delegacia de Imigração e da Superintendência da Polícia Federal no Amapá.

Márcia Fonseca/Asscom PMM
Contatos: 98139-7609 / 99118-7183