Sesa confirma que corpo de criança desaparecida foi incinerado (via Diário do Amapá)

40122d93f55f49fb6c7b0715c6c431f1_XL
Secretários do Governo do Amapá durante coletiva sobre o caso – Foto: Diário do Amapá

O secretário interino de saúde do Amapá, Antônio Teles Júnior, confirmou na tarde dessa sexta-feira, 7, que o corpo da menina Eloany Vitória Coutinho, de 1 mês e 3 de dias de vida, foi incinerado na Maternidade Mãe Luzia. A afirmação foi feita durante entrevista coletiva na Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Teles Júnior explicou que a criança morreu na madrugada de quinta-feira, 6, e que um ‘erro de procedimento’ resultou na incineração do cadáver. A criança morta teria sido colocada junto com fetos que são incinerados, seguindo protocolo interno.

“Houve um erro de procedimento e isso já foi confirmado por meio de um relatório preliminar. Não podemos detalhar o caso pelo fato de que esse relatório está sendo entregue à Polícia Civil que vai instaurar inquérito para apurar responsabilidades”, disse o secretário interino.

O erro pode envolver servidores públicos e trabalhadores de uma empresa terceirizada que presta serviços na maternidade. O desaparecimento da menina foi tornado público na tarde de quinta-feira, 7. A mãe da criança Bruna da Costa, de 14 anos, disse que a direção do hospital se negou a prestar informação sobre o que teria ocorrido.

“Minha filha morreu de madrugada e pela manhã eles me orientaram pegar a Certidão de Nascimento para poder liberar o corpo. Depois que resolvemos a documentação nos retornamos à maternidade. Foi quando descobrimos que o corpo havia desaparecido”, disse ainda incrédula a jovem mãe que não sabia naquele momento que o corpo havia sido incinerado.

A delegada geral de Polícia Civil, Maria de Lourdes, disse que as pessoas identificadas na investigação responderão por destruição de cadáver. O caso será apurado pela Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Praticados Contra a Criança e Adolescente (DERCCA).

Meu comentário: mais um caso indecente para a coleção de absurdos do nosso Amapá. Uma mãe não poder enterrar seu bebê por conta de um “erro de procedimento” desses é mais que triste, é brutal.  Fico na torcida para que se faça Justiça.

Fonte: Diário do Amapá

HOJE: Grupo vai apresentar no AP recital com linguagens poética e musical

PoetasAzuis1
Poetas Azuis – Foto: Elton Elton Tavares

Por Jéssica Alves

Como forma de comemorar os três anos dedicados à música e à poesia, o grupo amapaense Poetas Azuis realizará em Macapá, nos dias 7 e 8 de agosto, o “Recital dos Verões”, que mesclará as linguagens para agradecer ao público que acompanha o trabalho deles. A programação acontecerá às 20h, no Teatro Marco Zero, localizado no bairro Perpétuo Socorro, na Zona Leste da cidade.

O evento terá a participação de músicos convidados. Segundo o poeta Thiago Soeiro, um dos fundadores do grupo, o show vai misturar poemas e canções de autores amapaenses, nacionais e internacionais, lembrando também dos trabalhos autorais que foram produzidos durante os três anos de existência dos Poetas Azuis.poetas-21

O show busca celebrar, em primeiro lugar, esses três anos de trabalhos e vamos chamar para o palco pessoas que fazem parte desta história e contribuíram, de maneira direta ou indireta, para o nosso engrandecimento. É um show para agradecer ao público que nos acompanha”, reforçou.

Os ingressos podem ser comprados antecipadamente ao preço de R$ 20. No dia 7 de agosto, os poetas receberão no palco as musicistas Silmara Lobato, Lara Utzig e a instrumentista Cássica C. Monteiro, que tocará clarinete durante o show. E no dia 8 de agosto, a apresentação contará com as cantoras Brenda Melo, Rebecca Braga e Deize Pinheiro.

Segundo o grupo, o sucesso dos Poetas Azuis tem força na internet, onde atualmente eles somam cerca de 40 mil seguidores na rede social Instagram e 10 mil no Facebook.

Poetas Azuispa1

A história do grupo iniciou em 2012, quando um jornalista, um letrado e um físico, que têm em comum a paixão pela literatura, decidiram unir forças e criar o grupo. Thiago Soeiro, Pedro Stkls e Igor de Oliveira começaram então a declamar textos de escritores brasileiros e amapaenses através de músicas em diversas apresentações pela cidade.

Além dos declamadores, fazem parte do grupo Poetas Azuis os músicos multi intrumentistas Barbara Marina e Danilo Barbosa. O grupo também tem outros projetos, como séries de fotopoemas, ensaios fotográficos e audiopoemas.

Serviço

Recital dos VerõesCABEÇALHO-AQUI
Data: 7 e 8 de agosto
Hora: às 20h
Local: Teatro Marco Zero – avenida Oscar Santos, 397, Perpétuo Socorro
Entrada: R$ 20
Postos de Vendas: Lojas Fortunas (Amapá Garden Shopping) e Livraria Acadêmica News (Macapá Shopping)
Classificação: Livre

Fonte: G1 Amapá

Senado fará homenagem ao Amapá

11800154_1168689976481011_7420329950335103896_n

Foi aprovado o pedido do senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) para fazer uma Sessão Solene no Senado Federal em homenagem aos 72 anos de criação do ex-Território Federal do Amapá. A Sessão será realizada no dia 14 de setembro, no plenário da Casa de Leis e diversas autoridades amapaense, incluindo o governador Waldez Góes, serão convidados para a solenidade.

Não será a primeira vez que Randolfe vai levar o Amapá para dentro do senado Federal, as vozes do marabaixo já ecoaram na casa e mostraram um pouco da cultura do povo amapaense. “Essa é uma data para rememorarmos e reconhecermos a cultura do nosso povo (amapaense), bem como registrarmos os avanços sociais, econômicos, políticos e culturais alcançados com a criação deste novo Estado da República”, enfatiza Randolfe. “Além de chamarmos atenção paras as necessidades do Estado”, completou.


Carla Ferreira
Contato: (96) 8110-1234 (Whatsapp)
Twitter: @Carlinha_F
e-mail: [email protected]

Dia 30 de agosto rola a XV Parada do Orgulho LGBT de Macapá

11817017_846484585437748_4694945153693143103_n

A XV Parada do Orgulho LGBT de Macapá será realizada no dia 30 de agosto de 2015. Durante esse mês, diversas atividades com a temática LGBT serão realizadas como forma de promover a discussão sobre os direitos dessa população, somando e dando visibilidade à causa.

“Macapá de todas as cores, de todos os amores. Todos temos direitos iguais”

PROGRAMAÇÃO DETALHADA

1) Quarta LESBIT tumblr_lhjymq3ouo1qb7knyo1_400
Data: 12/Ago
Local: Bar do Nêgo (em frente ao Trapiche Elieser Levy)
Evento cultural com apresentações musicais, declamação de poesias realizadas por mulheres. Que visa proporcionar um espaço de convivência para a troca de produções artísticas do universo feminino onde as mulheres sejam protagonistas do evento. Participação de cantoras e recitação de poemas constam na programação.

2) Feijoadíssima
Data: 16/Ago
Local à confirmar
Evento tradicional realizado em sede campestre, reunindo as famílias de pessoas LGBT para saborear uma deliciosa feijoada. Vislumbra estabelecer uma convivência maior com a comunidade
LGBT onde os mesmos possam desenvolver atividades de interação e lazer com seus amigos e familiares, com torneios esportivos e jogos de entretenimento tudo regado ao sabor de uma feijoada que será servida durante o almoço.

3) Cine LGBT128078
Data: 18 e 19/Agosto
Local à confirmar
Exibição de filmes, curta e vídeos que promovam uma reflexão sobre a homoafetividade, com o viés para abertura de debates sobre a diversidade sexual, diferente do padrão heteronormativo e patriarcal.
Filmes: Flores Raras / Praia do Futuro / Agora eu quero voltar sozinho / Tatuagem

4) Oficina de Prevenção DST/HIV/AIDS e Hepatites
Data: 20/Ago
Local: Escola Estadual Tiradentes
Atividade realizada com palestras e demonstração das formas de prevenção às DST/HIV/AIDS e Hepatites virais. As ações buscarão contribuir com a orientação e informação voltada para o
público jovem da escola pública.11800173_848657265220480_1128668743259431293_n (1)

5) Formação em Políticas Públicas e Direitos Humanos da População LGBT
Data: 27 e 28/Agosto
Local: Escola de Administração Pública – EAP
Objetivo: Oferecer formação básica para atenção e proteção aos direitos humanos da população LBGT no âmbito das políticas públicas de assistência social e saúde.
Público: técnicos e gestores das políticas públicas de assistência social e saúde.

6) Oficina de Teatro
Data: 25, 26 e 27/Ago
Local: CEU das Artes
Desenvolver um trabalho de iniciação teatral a partir de jogos de improvisação e exercícios de corgay_pride_flag_kimiko_rpo e voz, que explorará a história da trajetória de 15 anos do movimento LGBT no estado do Amapá.

7) Sexta da Diversidade
Data: 28/Ago
Local: Praça do Coco
Programação Cultural realizada em uma praça pública com a presença da comunidade local. Vislumbra promover a cultura LGBT através da apresentação de artistas que presentem performances musicais, com dança, dublagem sobre a diversidade cultural que gira em torno do universo LGBT.

8) Espetáculo Teatral Show Além do Arco Íris
Data: 28/Ago
Local: CEU das Artes
Retratará a trajetória da luta por garantia de direitos da população LGBimages (2)T, seu marco histórico a partir da revolta de Stonewall e suas perspectivas de conquistas dos direitos civis através de um musical, recheado de dança, música, performances e toda a irreverência desta população.

9) Visibilidade para as Mulheres Lésbicas e Bissexuais
Data: 28/Ago
Local: Auditório do Ministério Público do Estado
Atividade alusiva em comemoração ao Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, uma roda de conversa para pautar a situação da violência contra as lésbicas, mulheres bissexuais, mulheres travestis e mulheres transexuais.

10) Exposição de produtos: Macapá de todas as cores e todos os amores.
Data: 28/Ago
Local à confirmar
Feira de produtos inspirados com a temática da XV Parada LGBT, realizada por empreendedores individuais, artesãos e empresários do segmento LGBT com tendas armadas em espaço público.macapaparadagay

11) XV Parada do Orgulho LGBT de Macapá
Local: Orla do Araxá
Horário: 15:00 hs
Marcha da diversidade com a participação e envolvimento das cidadãs e cidadãos do município de Macapá com a participação de público previsto para 30 mil pessoas. Participação de trios, bandas, DJ’s e artistas para a celebração do orgulho LGBT

Fonte: Blog do Calandrini

Procurador Manoel Brito será empossado nesta sexta-feira como Desembargador do TJAP

-POSSE_5

A solenidade de posse do procurador de Justiça Manoel de Jesus Ferreira de Brito, ao cargo de desembargador do Tribunal de Justiça do Amapá, será nesta sexta-feira, dia 07 de agosto, às 17 horas, no plenário do TJAP.-POSSE_6

O histórico profissional do procurador Manoel Brito o gabarita a chegar, aos 63 anos de idade, ao desembargo amapaense. Foi professor de educação física aos 21 anos; delegado de polícia; chefe da divisão de polícia do interior; técnico judiciário nas comarcas de Amapá e Oiapoque.

-POSSE_2Sua carreira jurídica o habilitou no ano de 1989, à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Amapá. Tornou-se Promotor de Justiça, no primeiro concurso público do Estado, no ano de 1991. No dia 02 de junho de 1992, ascendeu ao cargo de Procurador de Justiça e nomeado, logo depois, como procurador-geral de Justiça, para o biênio 1993-1995; reconduzido ao cargo o biênio seguinte, 1995-1997.

Homem de fé, o futuro desembargador nem tem dúvida ao afirmar que tudo, em sua trajetória como pessoa e como profissional, deve-se a presença constante de Deus que sempre o guiou, desde a pobreza extrema, no início de sua vida no município do Amapá, até o momento que ora se inicia.-POSSE_4

É iluminado por essa luz que temos construído nossa história em prol do Estado. Rogo as bênçãos de Deus aos meus pares, amigos e amigas e demais profissionais que sempre labutaram comigo na Procuradoria de meu Estado. No início de tão nobre missão, meu desejo é prosseguir uma vida dedicada à causa da justiça e da sociedade”, ressalta o procurador Manoel Brito.

-POSSE_1A cerimônia de posse será conduzida pela presidente da Corte, desembargadora Sueli Pini, que manifesta boas vindas ao novo integrante do colegiado, acreditando que o procurador Manoel Brito, “com todo entusiasmo dará continuidade ao feito deixado pelo desembargador aposentado Luiz Carlos Gomes dos Santos”.

Texto: Edson Carvalho
Fotos: Adson Rodrigues
Bernadeth Farias
Assessora de Comunicação Social/ TJAP
(96) 99115- 4894
(96) 98118-1272
(96) 9168- 5456
(96) 3312-3320

Oficina “Composição em Fotografia” é ofertada gratuitamente em Macapá

sesc11

Por Alessandra Leite

No dia 6 de agosto o Serviço Social do Comércio promove no horário das 8h30 às 12h e das 14h30 às 18h, na Sala de Cinema Charles Chaplin no Sesc Araxá a oficina “Composição em Fotografia” ministrada pela arte-educadora e fotografa Suzana Melo do estado do Maranhão.

Os interessados em participar da oficina podem se inscrever no setor de cultura do Sesc Amapá, no horário comercial ou por meio dos contatos 3241 -4440 (ramal – 257), email: [email protected]. O curso é voltado para fotógrafos, interessados e amantes da fotografia, e os participantes devem trazer suas câmeras fotográficas.sesc11v

A oficina é o desdobramento da exposição “Meninice” que inicia no dia 7 de agosto no Sesc Araxá e reúne 14 fotografias em preto e branco, que retratam as vivências cotidianas da infância de crianças do povoado da zona rural de Alcântara. A exposição que também é de autoria de Suzana Melo, faz parte da programação do Projeto Sesc Amazônia das Artes 2015.
sesc11vm
Suzana Melo

Fotografa e arte educadora, Suzana Melo, realiza pesquisas e produções em Artes Visuais. graduada em educação artística pela Universidade Federal do Maranhão – Ufma, iniciou seu trabalho como artista em 2008. Participou de exposições coletivas, dentre elas “Itinerário” (2008), “Theneterhara” (2010) e do 3º Salão de Artes Visuais de São Luís, com instalação artística – Gato, juntamente com Lidiane Pinheiro, Lilian Santos e Adriana Tobias. Atuou como arte educadora nas redes pública e particular de ensino de São Luís (2010 e 2011). Atualmente é professora substituta do curso de Artes Visuais da UFMA e professora de Balé no Projeto Nova Alcântara (Alcântara – MA)

Confira as vagas de emprego do Sine Macapá para o dia 6 de agosto

carteira_de_trabalho_301-220x205

O Serviço Nacional de Empregos no Amapá (Sine/AP) oferece vagas de empregos para Macapá. O número de vagas está disponível de acordo com as empresas cadastradas no Sine e são para todos os níveis de escolaridade e experiência.

Os interessados podem procurar o Sine/AP, localizado na Rua General Rondon, nº 2350, na praça Floriano Peixoto, ou pedir informações pelo telefone: (96) 3212-9161. Toda a rede Super Fácil tem guichês do Sine e neles é possível obter informações sobre vagas em Macapá.

Para se cadastrar e atualizar os dados, o trabalhador deverá apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência (atualizado).

Veja o número de vagas de acordo com a solicitação das empresas:

• Babá – 1 vaga
• Costureira de máquinas industriais – 2 vagas
• Empregada doméstica – 1 vaga
• Hortifruti – 1 vaga
• Lavador de carros – 5 vaga
• Lubrificador de automóveis – 1 vaga
• Supervisor de central de atendimento – 1 vaga
• Vendedor pracista – 15 vagas

Fonte: G1 Amapá

O VALOR DAS ARTES E OS ARTISTAS PLÁSTICOS – Fernando Canto

11256706_456706561157698_187666459_n

Por Fernando Canto

O Amapá sempre foi muito injusto e ingrato com seus artistas plásticos. Talvez porque não vivem na mídia como os músicos e compositores ou, mais raramente, como os escritores quando premiados.

Há muito acompanho a evolução das artes amapaenses, pois sempre admirei a pintura e busquei incentivá-la, tentando valorizar cada novo artista que surgia e promover aqueles mais considerados, com exposições montadas dentro e fora de Macapá. Por acompanhar esse processo possuo uma razoável coleção de telas e esculturas de diversos artistas, iniciada na década de 70. Algumas figuram em catálogos, capas de livros e outros impressos e já participaram de mostras periódicas de arte.

Raríssimos são os fiéis que vão às missas na igreja mais antiga da cidade que sabem identificar a autoria dos belos painéis iluminados atrás do altar. “Fuga para o Egito” e “São José Carpinteiro”, exemplos clássicos de pintura acadêmica, são do padre Lino Simonelli, aquele padre italiano brincalhão de barba longa e branca, que a todos envolvia com sua simpática e humilde forma de ser. Poucos também deram o devido valor ao padre Fúlvio, um arquiteto italiano que projetou igrejas e outras obras importantes da Diocese de Macapá. Fúlvio também pintou dezenas de obras de arte com seu estilo bizantino, enriquecendo de detalhes o traje dos santos retratados, as cercaduras e coroas, sem contar que o tipo de tinta e as cores que usava davam um significado especial às telas e um valor estético fora do comum.

p23
Artista Aluísio Carvão – Foto encontrada no site www.frmaiorana.org.br

Uma das maiores expressões do modernismo brasileiro morou no Amapá. Pelo que conheço há apenas uma única obra de Aluísio Carvão em Macapá. Está na residência governamental. É uma pequena pintura da grade de ferro de um calabouço da fortaleza de Macapá em tons vigorosos de vermelho claro-escuro, adquirida provavelmente no primeiro governo do Território do Amapá. Carvão era cunhado de Janary Nunes. Premiadíssimo, ganhou bolsa de estudos para estudar pintura na França e se radicou no Rio de Janeiro, onde suas obras foram valorizadas e seu trabalho reconhecido.

peixe_leitura
Tela de R. Peixe. Acervo de Fernando Canto

Muitos dos nossos melhores artistas migraram para aperfeiçoar suas técnicas. R. Peixe, que pintava vasos e ladrilhos na antiga Olaria Territorial, estudou no Rio, voltou e se tornou um dos mais importantes artistas locais. Manoel Bispo, o mais fantástico surrealista que conheço, e Olivar Cunha estudaram na escola do Parque Lage, também no Rio. Já Manoel Costa, que misturou estilos de Bianco e Portinari nos seus trabalhos de temática amazônica, consagrou-se com seu talento e ainda hoje realiza exposições no Brasil e no exterior. Vicente Souza, o pintor dos bambus, premiado na Europa, era oriundo do município de Amapá. Infelizmente teve a carreira interrompida pelo seu brutal assassinato no Rio de Janeiro.

tela_estevao_thumb[2]
Tela do artista plástico amapaense Estevão Silva. (Acervo: Fernando Canto)

O. Cunha, que a todos surpreendeu com a confecção de painéis no programa televisivo “Roda Viva”, apresentado pelo jornalista Carlos Lobato na TV Band, vive em Vitória, no Espírito Santo, onde trabalha como pintor e restaurador de obras de arte e até de igrejas. Considero O. Cunha um dos mais talentosos artistas locais, de quem cultivo a amizade e adquiro telas há mais de trinta anos. São muitos os artistas amapaenses, antigos e novos, todos com brilho próprio que admiro pela criatividade e talento, e torço para que despontem nesse difícil cenário das artes plásticas nacionais. Entre eles estão o Dekko, Tom D.C., Limeira, Homobono, Grimualdo, Ivam Amanajás, Wagner Ribeiro, Irê Peixe, Ernandes, Josaphat e Herivelto. Agora só falta o poder público fazer a sua parte e valorizar esses extraordinários artistas que merecem ser reconhecidos pelo conjunto da sociedade. Porque de uma coisa tenho certeza: todos eles valorizam as coisas de nossa terra.

Walkíria Lima oferece 400 vagas para oficinas de música

DSC01588
Centro de Educação Profissional de Música Walkíria Lima – Foto: blog Amapá, minha amada terra!!!

Por Ariane Lopes, da Agência Amapá

O Centro de Educação Profissional de Música Walkíria Lima (CEPM) está oferecendo para o segundo semestre 400 vagas para oficinas de música, sendo 200 imediatas e 200 para cadastro reserva. As aulas serão ministradas nos três turnos.

As vagas são para os seguintes componentes curriculares: bateria, canto coral, clarinete, contrabaixo elétrico, flauta doce, percussão, piano, saxofone, trompete, violão, violino e violoncelo.

wlaki
Foto: G1 Amapá

Segundo o diretor do Centro, Benjamim Monteiro, essa é uma oportunidade para os interessados ampliarem o conhecimento musical. “Os profissionais do CEPM vão ministrar aulas de avaliação nos dias 10 e 11 para todos os inscritos. A previsão é que a lista dos selecionados seja divulgada no dia 12 de agosto”, explicou.

As inscrições poderão ser realizadas nos dias 05 e 06 de agosto, nos horários de 8h às 12h e das 14h às 17h, na secretaria do CEPM, localizada na Avenida Feliciano Coelho, Bairro do Trem. Os interessados devem levar cópia e original da carteira de identidade, CPF, comprovante de residência e duas fotos 3×4.

Confira as vagas de emprego do Sine Macapá para o dia 5 de agosto

carteira_de_trabalho_301-220x205

O Serviço Nacional de Empregos no Amapá (Sine/AP) oferece vagas de empregos para Macapá. O número de vagas está disponível de acordo com as empresas cadastradas no Sine e são para todos os níveis de escolaridade e experiência.

Os interessados podem procurar o Sine/AP, localizado na Rua General Rondon, nº 2350, na praça Floriano Peixoto, ou pedir informações pelo telefone: (96) 3212-9161. Toda a rede Super Fácil tem guichês do Sine e neles é possível obter informações sobre vagas em Macapá.

Para se cadastrar e atualizar os dados, o trabalhador deverá apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência (atualizado).

Veja o número de vagas de acordo com a solicitação das empresas:

Macapá

• Auxiliar administrativo – 1 vaga
• Babá – 1 vaga
• Caseiro – 1 vaga
• Costureira de máquinas industriais – 2 vagas
• Empregada doméstica – 5 vagas
• Lavador de carros – 5 vagas
• Lubrificador de automóveis – 1 vaga
• Supervisor de central de atendimento – 1 vaga
• Vendedor pracista – 5 vagas

Fonte: G1 Amapá

Dança, literatura, música, teatro e cinema: Sesc Amazônia das Artes promove duas semanas de programações culturais em Macapá

SESC AMAZNIA DAS ARTES

Por Fernanda Picanço

No período de 10 a 20 de agosto, Macapá será palco da 8ª edição do Sesc Amazônia das Artes. Com atrações culturais dos nove estados da Amazônia Legal (Amapá, Acre, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins), e do Piauí, a mostra reúne obras artísticas de dança, teatro, música, cinema e exibição de documentário.

No dia 7 de agosto, acontece no Sesc Araxá a abertura da exposição “Meninice” que reúne 14 fotografias em preto e branco, que retratam as vivências cotidianas da infância de crianças do povoado da zona rural de Alcântara. A exposição que também é de autoria de Suzana Melo, faz parte da programação do Projeto Sesc Amazônia das Artes 2015 e ficará em exposição na galeria Antônio Munhoz até o dia 2 de setembro.

No dia 10 (segunda-feira), primeiro dia do evento, o Sesc apresenta o show “Tática”, da cantora amapaense Brenda Melo, que abre a mostra Amazônia das Artes, a partir das 19h, no Teatro das Bacabeiras. O show “Tática” apresenta em sua essência a amapalidade, a fusão de ritmos universais e a musicalidade da musica local. Os ingressos para esta apresentação serão comercializados no valor de R$5,00.

Ainda no primeiro dia de evento acontece às 21h, no salão de eventos do Sesc Araxá, o espetáculo de dança YI ocre, do grupo amazonense Odacy de Oliveira. O espetáculo não é recomendado para menores de 16 anos.

Já na terça-feira (11), às 20h no espaço recreativo e cultural do Sesc, acontece o show fica por conta dos grupos de Tocantins e Acre. Quem se apresenta são os artistas, Rodolfo Minari e Banda (AC) com o show “Assovio”, e o cantor Dorivã (TO) com o show “Passarinho do Jalapão”.

Beradera Companhia de Teatro de Rondônia, apresenta na quarta-feira (12), às 20h no Sesc Araxá, o espetáculo teatral “Lete”, que na mitologia grega, é o rio do esquecimento, é ele quem apaga nos homens as suas vidas passadas. O espetáculo tem duração de 60 minutos e não é recomendado para menores de 14 anos.images (2)

Literatura é o destaque regional na quinta-feira (13), onde serão apresentados dois espetáculos locais no Sesc Araxá. As 17h quem se apresenta é o grupo Tatamirô, com o recital “Saboração”, já às 20h o grupo Poetas Azuis apresenta o recital “O Avarandado”.

O público infantil também tem espaço garantido nas programações. No sábado (15), Às 18h no salão de eventos do Sesc Araxá, quem se apresenta é o grupo de Tocantins, com o espetáculo “A Poção do Amor”. O espetáculo conta a historia de uma pombinha que está a procura de um grande amor, para isso ela vai contar com a ajuda de sua amiga Maritaca para conquista o coração daquele que escolheu para ser seu amado.

Ainda como parte da programação infantil será apresentado no dia 19, no período da manhã e tarde na Escola Sesc, o espetáculo de Cuiabá (MT) “Agustino Peixe Grande”, do grupo Teatro de Brinquedo. A margem do rio é o palco da crônica em que Agustino pesca peixes, crustáceos, ideias, sentimentos e desejos, porém chega o momento em que o que é do rio, ao rio tem que voltar.

O estado de Roraima traz o grupo Regiojazz que se apresenta no domingo (16), às 19h em, frente à Casa do Artesão. Ragiojazz recria músicas dos compositores de Roraima e da Região Norte, por meio de um jazz de referencias regionais, apimentado por influências latinas.

Já no dia segunda (17) serão apresentados dois espetáculos teatrais: O grupo de São Luis (MA) Xama Teatro, apresenta o espetáculo “A Carroça é nossa”, as 19h em frente a Casa do Artesão. O espetáculo tem classificação livre e conta um sonho de Pedoca, em que vê a si próprio, cantando, tocando sanfona e sendo feliz, em uma carroça puxada por um burro.

Ainda no dia (17) às 21h no Sesc Araxá, acontece o espetáculo “A Santa Casa” de Criart Teatral de Roraima. A Santa Casa apresenta uma estrutura dramática não linear, e trama da situação da mulher dos séculos XV e XIX, trazendo a tona sentimentos como amores, angústias, desejos, medos e convicções. O espetáculo não é recomendado para menores de 14 anos.

Como convidado, o Estado do Piauí, apresenta o espetáculo de dança “Grav Grog” do grupo Ballet da Cidade de Teresina. O espetáculo acontece na terça-feira (18), às 20h no Salão de Eventos do Sesc Araxá, não recomendado para menores de 16 anos. O espetáculo traz para o palco a ideia da gravidade, a partir da clássica Lei da Gravitação Universal de Newton. A teoria define que a força da gravidade é proporcional às massas dos corpos em interação e inversamente proporcional ao quadrado da distância entre si.

O encerramento da programação no dia (20) fica por conta do cantor de Belém do Pará Félix Robatto, que apresenta o show, “Equatorial Quente e Úmido”, às 20h no Sesc Araxá. Equatorial, Quente & Úmido é o título do primeiro disco solo do guitarrista e produtor musical Félix Robatto. Um trabalho pop com referência forte da música latina. O repertório é quase 100% autoral, com músicas como “Ilha do Marajá” e “Amazônia Big Rave”, que misturam suas influências e condensam os trabalhos anteriores feitos por ele.download

Documentários e Filmes

O projeto Sesc Amazônia das Artes apresenta nos dias 12,13 e 14 mostras de documentários e filmes gratuitos, no Cine Sesc (unidade do Araxá), a partir das 15h.

Dia 12 de agosto, a partir das 15h, serão exibidos os filmes e documentários: Da Luz da Água à Água Que Morre, de Monisse Busquets (TO); E Nós Tínhamos Água Vontade, ficção de Carla Antunes, Jamaile Gurjão, Thaise Medeiros e Rodrigo Santos (AP); Kátia, documentário de Karla Holanda (PI). Todos com classificação livre.

Já no dia 13 agosto, serão exibidos: Mapinguari a Lenda, animação de Enilson Amorim (AC); Não Exite Heróis, documentário de Luiz Claúdio C. Duarte (RO); Paisagem Ocre, documentário de Ariquemes (RO);

Dia 14 serão apresentados: Com Trato Musical, documentário de Cerberos (MT); Depois da Queda, ficção de Bruno Bini (MT); Juliana contra o Jambeiro do Diabo Pelo Coração de João Batista, ficção de Roger Elarrat (PA); Rota de Ilusão, ficção de Dheil Praia (AM).

Confira a programação:sesc01

Programação Sesc Amazônia das Artes 2015
07/08 – Lançamento da Exposição “Meninice”
19h – galeria Antônio Munhoz Lopes (Sesc Araxá)

10/08 terça-feira
Show Tática – Brenda Melo (Amapá)
19h – Teatro das Bacabeiras
Apresentação de dança Yi ocre – Odacy Ribeiro (Amazonas)
21h – Salão de eventos Sesc Araxá

11/08 – Terça-feira
Show Assovio – Rodolfo Minari e Banda (Acre) e show Passarinho do Jalapão – Dorivan (Tocantins)
20h – Teatro das Bacabeiras

12/08 – Quarta-feira
Peça teatral “Lete” – Beradera Cia de Teatro (Rondônia)
20h – Sesc Araxá

13/08 – Quinta-feira
Apresentação poética Grupo Tatamirô (Amapá)
17h – Salão de eventos Sesc Araxá
Recital Poético Grupo poetas Azuis (Amapá)
20h – Salão de eventos Sesc Araxá

15/08 – Sábado
Peça teatral infantil “A Poção do Amor” – ArtPalco (Tocantins)
18h – Espaço Recreativo e Cultural do Sesc Araxá

16/08 – Domingo
Show da banda Regiojazz (Roraima)
19h – Casa do Artesão

17/08 – Segunda-feira
Peça teatral “A Carroça é Nossa” – Xama Teatro (Maranhão)
19h – Casa do Artesão

18/08 – Terça-feira
Apresentação de dança “Grave- Grove” – Balé da cidade de Terezinha (Piaui)
20h – Salão de eventos Sesc Araxá
19/08 – Quarta- feira
Peça teatral “Agustino peixe Grande” – Teatro de Brinquedo (Mato Grosso)
Manhã e tarde – Escola Sesc

20/08 – Quinta-feira
Show musical “Equatorial, quente e úmido – Félix Robatto (Pará)
20h – Sesc Araxá

Serviço:

Sesc Amapá
Assessoria de Comunicação e Marketing
Email: [email protected]
Fone: (96)3241-4440 (ramal 235)/(96)99134-0130
Site: www.sescamapa.com.br
Facebook: Sistema Fecomercio Amapá

Macapá recebe primeira edição de mostra de arte espírita

minicartaz

Por Jessica Alves

No período de 5 a 7 de setembro, ocorre em Macapá a primeira edição da Mostra Abrarte Norte de Arte Espírita, que vai apresentar trabalhos de grupos e artistas da doutrina espírita nos seguimentos da poesia, teatro, música, dança e audiovisual. Os interessados podem se inscrever até o dia 9 de agosto, no site do evento.

A programação ocorrerá na Federação Espírita do Amapá (Faeap). De acordo com a coordenação, a mostra tem o objetivo de proporcionar um intercâmbio e troca de experiência entre artistas e grupos espíritas de arte na capital. O evento terá a participação de convidados do Paraná, Minas Gerais e Ceará.

Segundo a federação, além de apresentações artísticas, a Mostra vai oferecer palestras, atividades práticas, evangelização e mesa redonda. No primeiro dia, a programação terá apresentações para o público externo no Teatro das Bacabeiras, localizado no Centro da cidade.

A mostra é um evento regional promovido pela Associação Brasileira de Artistas Espíritas e tem o apoio do Movimento Espírita do Amapá (MovEsp) e o grupo espírita Missionários de Luz.

Fonte: G1 Amapá