Governador prestigia posse da nova procuradora do TCE

O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, prestigiou, nesta terça-feira, 2, no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE/AP), a posse da nova procuradora de contas do TCE, Renata Cestari. Desde a criação do órgão, em 1991, é a primeira vez que uma mulher assume o cargo na instituição. A solenidade foi presidida pelo presidente do órgão, Regildo Salomão.

De acordo com o titular do TCE, sete candidatos se classificaram para a vaga e a procuradora se destacou entre eles, nas etapas necessárias para ocupar o cargo. Regildo Salomão disse ainda que a nova procuradora provou que é qualificada para cumprir a missão de fiscalizar as contas da administração pública do Amapá.

O governador parabenizou a nova procuradora e desejou sucesso na missão de examinar o andamento das contas do Estado, em todas as esferas dos poderes locais.

“Parabenizo a nova procuradora e o TCE pelo seu fortalecimento, pois esta instituição é fundamental para o controle externo dos poderes e aplicação dos recursos públicos. Pois para que haja transparência, em qualquer gestão, é preciso uma boa fiscalização. Desejo sucesso a Renata Cestari na execução de suas atribuições”, disse o governador.

Perfil

Renata Cestari foi a primeira colocada no concurso para o cargo, realizado em outubro de 2010. O resultado do pleito foi divulgado em maio de 2011. A nova procuradora é graduada em Direito pela Associação Evangélica de Anápolis (GO). Ela trabalhou como advogada autônoma, também na Procuradoria da Prefeitura de Anápolis e lecionou na instituição onde concluiu seu curso superior.

Além do governador e do presidente do Tribunal de Contas do Estado, participaram da solenidade o presidente da Assembleia Legislativa do Amapá (ALE/AP), Moisés Souza, o titular do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá (Tjap), Mário Gurtyev, a procuradora geral do Ministério Público Estadual (MPE/AP), Ivana Cei e o vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil secção Amapá (OAB/AP), Paulo Barbosa.

Também compareceram ao evento o presidente da Câmara de Vereadores de Macapá (CVM), Rildo Amanajás e a vice-prefeita da capital amapaense, Helena Guerra, além da imprensa, conselheiros, auditores e servidores do TCE.

Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Governo estadual firma convênio para alavancar futebol no Amapá

O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, assinou, nesta terça-feira, 2, um convênio na ordem de R$ 80 mil com 15 ligas desportivas e mais o campeão amapaense de futebol não profissional, o Perpétuo Socorro Esporte Clube. Cada um dos beneficiados receberá R$ 5 mil.

A ação, executada por meio da Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel), visa apoiar a realização do Campeonato Intermunicipal de Futebol, que iniciará no dia 6 de setembro de 2011, no interior do Estado. A competição será realizada em quatro sedes, que são os municípios de Ferreira Gomes, Itaubal do Piririm, Pedra Branca do Amapari e Oiapoque.

De acordo com o titular da Sedel, Luiz Pingarilho, o investimento do governo do Estado mostra o compromisso de Camilo Capiberibe com o esporte no Amapá. O secretário também noticiou que apresentará um projeto ao Ministério dos Esportes, para que em 2012, este recurso passe de R$ 80 mil para R$ 500 mil.

“Gostaríamos de fazer mais pelo esporte do Amapá, mas ainda estamos reestruturando a Sedel, pois recebemos a secretaria sucateada, por conta da má gestão do governo passado. Essa atitude é uma demonstração do compromisso do governador com o desporto, não só com futebol, mas em outras modalidades”, disse o secretário.

Durante o evento, o governador distribuiu kits, com bolas e material esportivo a todas as agremiações beneficiadas pelo convênio. O equipamento será usado no treinamento das equipes que disputarão a competição. Camilo Capiberibe lembrou que, durante a programação do Equador Verão, realizada em julho passado, o governo oportunizou práticas esportivas aos moradores da periferia de Macapá.

“Levamos esporte para os moradores durante o Equador Verão. A prática esportiva retira a juventude do risco social. Estamos trabalhando e este convênio é uma atitude política para o incentivo dessas ações, na capital e no interior. Mesmo com problemas, estamos avançando”, destacou o governador.

Agradecimento e reconhecimento dos organizadores

Segundo o representante dos presidentes das Ligas Desportivas e titular da Liga do Mazagão, Edmilson Reis, o apoio financeiro do governo estadual não existia. Ele agradeceu ao governador do Amapá e afirmou que este é um novo momento para o esporte do Estado.

Para o vice-presidente da Federação Amapaense de Futebol, Paulo Rodrigues, a atitude política de incentivo ao futebol mostra a sensibilidade de Camilo Capiberibe. Para ele, ações como essa farão com que o esporte do Amapá cresça e dê bons resultados em competições Brasil a fora.

Também prestigiaram o evento o chefe de Gabinete do Governo, Kelson Vaz, os deputados estaduais Moisés Souza e Bruno Mineiro, o secretário de Estado da Cultura, Zé Miguel e o vereador de Macapá, Washington Picanço, além do técnico da Seleção Brasileira de Saltos Ornamentais e coordenador do Instituto Pró-Ação do Projeto Segundo Tempo, Ricardo Moreira, presidentes das ligas e do clube beneficiado com o convênio.

Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Governador do Amapá garante apoio ao Círio de Nazaré 2011

Foto: Márcia do Carmo.
O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, recebeu, nesta segunda-feira, 1º de agosto, no Palácio do Setentrião, a Comissão Organizadora do Círio de Nazaré 2011. Durante o encontro, o coordenador da festividade religiosa, padre Lorenço Filho Araújo, por meio de pré-projeto, solicitou o apoio do Poder Executivo para a realização da maior festa religiosa do Estado.

O governador assumiu o compromisso de apoiar a manifestação de fé, com o repasse de recurso na ordem de R$ 209 mil, montante solicitado pela organização das festividades, a Diocese de Macapá. Camilo Capiberibe ressaltou que, além da religiosidade, o Círio faz parte da cultura do Amapá, pois é realizada em Macapá desde 1934.

“Entendemos que o louvor à Virgem de Nazaré é a maior manifestação religiosa do Amapá. Daremos todo o apoio necessário para a realização da festividade, pois sei o que ela significa para os católicos amapaenses”, pontuou o governador.

De acordo com Lorenço Filho Araújo, que é pároco da paróquia São José, o lançamento da programação acontecerá no próximo dia 27 de agosto, no Salão Cultural da paróquia Jesus de Nazaré.

Segundo o coordenador do Círio, as atividades iniciarão no dia 12 de setembro, com cultos e peregrinação da Santa por órgãos públicos, seguindo seu roteiro tradicional, até o ponto alto da programação, a procissão do Círio de Nazaré, no dia 9 de outubro de 2011.

“O governador se comprometeu em ajudar na realização do Círio de Nazaré 2011. Formularemos o projeto, que em poucos dias será entregue para ele, para que o repasse seja efetuado. Seguiremos o cronograma habitual. As comissões organizadoras já foram formadas e os preparativos estão em fase final. Agradecemos a sensibilidade de Camilo Capiberibe em colaborar com a festividade”, disse o padre.

Além do governador e do coordenador do Círio, participaram da reunião a primeira-dama do Estado, Cláudia Camargo Capiberibe, o coordenador da procissão, Alicio Rodrigues, a tesoureira do evento, Sônia Lacerda e a assessora de comunicação da Diocese de Macapá, Mônica Nascos.

Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Governador garante apoio a agricultores do Amapá

O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, reuniu-se, neste sábado, 30, em uma propriedade agrícola, localizada entre os distritos de Macapá, Abacate da Pedreira e São Joaquim do Pacuí, com produtores agrícolas do Estado e com a Associação de Agricultores do Amapá. A ação marcou o começo de uma parceria entre o Poder Executivo e a iniciativa privada que atua no setor produtivo amapaense.

Durante o encontro, foram debatidos assuntos fundamentais para o desenvolvimento do setor, como regularização fundiária e isenção de impostos para produtores, manutenção dos ramais e a construção de um galpão para armazenamento das safras locais.

Na ocasião, o governador visitou um galpão de armazenamento e beneficiamento de grãos e três fazendas onde são cultivados milho, soja, feijão e arroz. A visita atendeu ao convite do deputado estadual Eider Pena, que possui um trabalho junto aos agricultores do Amapá.

“Foi importante conhecer a estrutura do agronegócio já instalado no Amapá. Iremos debater a melhor maneira para a regularização fundiária das áreas de cultivo e daremos apoio necessário para construirmos um ambiente favorável para o desenvolvimento econômico, não apenas dos grãos, mas também dinamizar vários outros segmentos da agricultura em nosso Estado”, disse Camilo Capiberibe.

Construção de Galpão para armazenamento de grãos

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinf), licitou uma obra para a construção de um Galpão de Armazenamento de Grãos. Segundo o governador Camilo Capiberibe, o depósito atenderá a demanda dos agricultores do Estado. A ação é fruto de recurso de uma emenda parlamentar do deputado Federal Sebastião Bala Rocha.

“O setor primário é discutido no Amapá há muito tempo, mas nos últimos anos não floresceu. Este armazém, que contará com equipamentos necessários para armazenamento e secagem da produção, será fundamental para a cultura de grãos no Estado”, pontuou o governador.

Incentivo
Durante o encontro com os agricultores e produtores, o governador anunciou que reeditará o Decreto governamental número 2892, instituído na época da gestão de João Alberto Capiberibe, que isenta os produtores do pagamento de ICMS ao Estado.
  
Para Camilo Capiberibe, a regulamentação da isenção alavancará o setor produtivo e incentivará o investimento na agricultura do Amapá.
  
“Temos compromisso com o nosso povo, queremos é gerar emprego, apoiar o agronegócio e continuaremos trabalhando para isso”, disse o governador.
  
Reconhecimento do Poder Legislativo  
Na opinião do deputado estadual Eider Pena, o compromisso assumido pelo governador com os produtores rurais será fundamental para o avanço do desenvolvimento da produção agrícola no Amapá.
   
“Camilo é o primeiro governador que vem ao campo conhecer a realidade da nossa agricultura e se comprometeu em apoiar os produtores. Estou muito agradecido a ele por essa atitude, que fará com que o Amapá adquira riqueza e consequentemente melhore a qualidade de vida do povo do nosso Estado”, enfatizou o deputado.
  
Além do governador e deputado Eider Pena, participaram da reunião empresários do setor, membros da Associação de Agricultores do Estado, produtores rurais, o diretor presidente do Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap), Max Ataliba Pires e o titular da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR), José Roberto.
  
Também compareceram ao encontro o secretário de Estado da Indústria, Comércio e Mineração (Seicom), José Reinaldo Alves Picanço, a titular do Instituto Estadual de Florestas (IEF), Ana Euler, o diretor presidente do Instituto de Meio Ambiente e Ordenamento Territorial (Imap), Maurício Sousa e chefe do Gabinete Civil do Governo do Amapá, Kelson Vaz.
Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Polícia Militar do Amapá forma 42 novos sargentos

O titular da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Marcos Roberto, representando o governador Camilo Capiberibe, prestigiou, nesta sexta-feira, 29, no Quartel de Comando da Polícia Militar do Amapá (PM/AP), a Formatura do Curso de Formação de Sargentos (CFS) da PM. Ao todo, 42 novos oficiais concluíram a graduação. A ação faz parte da política de valorização do servidor público, executada pela gestão atual.

O CFS, iniciado em 13 de junho de 2011, foi realizado no Centro de Formação e Aperfeiçoamento da PM. Os militares receberam instruções sobre Técnicas de Abordagens, Policiamento Comunitário, Policiamento Ostensivo, Método Giraldi, Direito Processual Penal, Direitos Humanos, entre outras.

Durante a solenidade, o secretário Marcos Roberto entregou a Medalha do Mérito Intelectual para a sargento da PM, Delma Maria Barriga dos Santos Monteiro, que foi a primeira colocada no CFS. A honraria foi criada para recompensar militares que se destacam em cursos de formação.

De acordo com o comandante da PM/AP, cel. Pedro Paulo Rezende, os novos sargentos estão aptos para o combate ao crime. Ele também pontuou que a Polícia Militar recebeu do governo do Estado, nestes sete meses de 2011, mais recursos que todo o ano de 2010, além do chamamento de concursados para o reforço do seu efetivo policial.

“Quanto mais alto é o posto que ocupamos, mais responsabilidade temos para com a sociedade. Estes novos oficiais estão preparados para desenvolver suas atividades. Agradeço ao governador Camilo Capiberibe, que honra o compromisso da ascensão funcional para nossa corporação”, afirmou o coronel.

Segundo o titular da Sejusp, a ascensão funcional é um direito do servidor. Marcos Roberto disse ainda que foi policial militar, ofício que exerceu por dois anos e meio antes de se tornar professor e advogado. Para o secretário, a valorização do trabalhador é fundamental para que os mesmo realizem suas atividades.

“Desde o início desta gestão, entendemos que é preciso valorizar nossos servidores e esta formatura é prova de que nós estamos fazendo isso. Temos avançado na melhoria de condições para que a PM execute seu trabalho no combate ao crime. É importante ressaltar que o governador Camilo Capiberibe não mediu esforços para repassar recursos para a Polícia Militar, no intuito de diminuir os índices de criminalidade”, enfatizou o secretário.

Além do titular da Sejusp e do comandante da PM, a solenidade contou com a presença do chefe do Gabinete Civil do Governo do Estado do Amapá, Kelson Vaz, do diretor do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/AP), Alex João Gomes e o representante da Delegacia Geral de Polícia do Estado, delegado Gilberto.

Também compareceram a representante do Comando do Corpo de Bombeiros Militar (CBM/AP), major Márcia, o representante do Exército Brasileiro (34º BIS), capitão Nery, familiares de policiais militares e sociedade civil.

Elton Tavares
 Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Governo Federal lança Plano de Desenvolvimento Rural no Amapá

O chefe do Gabinete Civil do Governo do Amapá, Kelson Vaz, representando o governador do Estado, Camilo Capiberibe, participou, nesta quinta-feira, 28, no auditório do Centro Cultural Franco Amapaense, do lançamento dos Planos Territoriais de Desenvolvimento Rural Sustentável (PTDRS). A ação consiste em políticas públicas para a melhoria das condições de vida na zona rural do Estado e será efetivada em parceria com o Poder Executivo estadual e municipal.

A medida faz parte da Política Territorial do Programa Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e dos Territórios da Cidadania do governo federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Os planos foram formulados pelos atores sociais dos Colegiados Territoriais, em uma série de reuniões e capacitações.

No Amapá, os Territórios da Cidadania são o Sul, que é composto pelos municípios de Mazagão, Vitória do Jari e Laranjal do Jari; Centro Oeste, formado pelas cidades de Serra do Navio, Pedra Branca do Amapari, Porto Grande e Ferreira Gomes; região dos Lagos, que engloba Tartarugalzinho, Amapá e Pracuúba e Extremo Norte do Estado, constituído por Calçoene e Oiapoque.

O PTDRS é o principal instrumento de apoio à gestão social dos colegiados territoriais. Sua função é estimular a construção de um novo modelo de desenvolvimento e preparar o terreno para a formulação do projeto de desenvolvimento dos Territórios da Cidadania e Território Rural, com base na experiência de planejamento e análise dos planos já elaborados.

Para o secretário do MDA, Jerônimo Rodrigues Souza, o PTDRS é o alinhamento de ações para o desenvolvimento rural. Segundo ele, a participação social e a integração de ações entre União, estados e municípios são fundamentais para a construção dessas ações positivas.

“Este plano é um diagnóstico da situação rural em diversas áreas, como Educação, Saúde, Segurança, Infraestrutura, entre outras. A partir dele, discutiremos quais as prioridades e demandas que poderemos resolver, em uma ação conjunta entre governo federal, estadual, municipal e iniciativa privada”, pontuou Jerônimo Rodrigues.

De acordo com Kelson Vaz, algumas ações prioritárias identificadas no interior do Amapá, por meio do Plano Plurianual Participativo (PPA), realizado pelo governo do Estado durante três meses, serão absorvidas pelo PTDRS. A medida visa atender o maior número de demandas nas áreas rurais do Estado.

“O PTDRS norteia as políticas de desenvolvimento para o interior do Estado e o governo estadual se faz presente para alinhar as ações, já que finalizamos a primeira etapa do PPA. Nosso objetivo agora é cruzar os nossos relatórios para complementar este planejamento, para buscarmos recursos junto ao governo federal, para que juntos, atendamos as demandas dos nossos municípios”, enfatizou o chefe do Gabinete Civil.

Elton Tavares
 Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Governador inaugura Núcleo da Defenap no Iapen

      Governador Camilo com secretário de Justiça, Marcos Roberto, diretor do Iapen, Nixon Kennedy e o defensor público, Ivanci Magno – Foto: Márcia do Carmo.

O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, inaugurou, nesta terça-feira, 26, no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), o novo Núcleo penitenciário de atendimento jurídico da Defensoria Pública do Amapá (Defenap). A missão do anexo da Defenap é oportunizar atendimentos, executados por defensores públicos, nas áreas de Execução Penal e Criminal, aos reeducandos, de forma ágil, digna e humanizada.

A obra de adaptação custou em torno de R$ 5.600,00 (cinco mil e seiscentos reais). A medida atende a exigência legal que incluiu a Defenap como órgão de fiscalização e acompanhamento da execução da pena e tratamento penal aos reeducandos.

De acordo com o defensor geral do Estado, Ivanci Magno, com a medida o Amapá sai na frente de outros estados da federação no que se refere ao cumprimento da exigência legal. A assistência jurídica no Iapen será feita por três advogados. Os servidores da Defenap, dois homens e uma mulher, farão atendimentos gratuitos no espaço carcerário feminino e masculino, nos turnos da manhã e tarde.

Para o governador, o Núcleo da Defenap é fundamental para que os reeducandos tenham o serviço ao seu alcance e com mais celeridade. Durante a solenidade, Camilo Capiberibe assinou o decreto de nomeação dos defensores que trabalharão no Núcleo da Defensoria no Iapen.

“Estamos estruturando o Iapen e melhorando a política prisional. Temos compromisso com os direitos humanos e dignidade dos reeducandos. Somente assim devolveremos cidadãos de bem para a sociedade”, enfatizou o governador.

Disponibilização do espaço físico

A viabilização do espaço físico contou com a colaboração do diretor do Iapen, Nixon Kennedy, que disponibilizou o antigo refeitório da instituição, totalmente reformado e adaptado, para o funcionamento do Núcleo da Defenap. A nova sala foi equipada com computadores, mesas, material de expediente, balcões e acesso a internet.

O diretor também listou uma série de benfeitorias feitas na gestão atual, como a nova cozinha e refeitório da casa prisional, reformas e ampliação das instalações da penitenciária, ambulâncias para atender as necessidades dos reeducandos, entre outras.

                                                                Foto: Márcia do Carmo.

Novos veículos celas

Durante a solenidade, o governador também fez a entrega, ao diretor do Iapen, de dois veículos celas. As viaturas possuem capacidade para seis servidores da casa prisional e oito internos da penitenciária. Os automóveis especiais são adequados para realizar o transporte dos reeducandos, quando necessário.

Fazendo mais com menos

A política governamental de redução de custos, por conta da dívida herdada da gestão passada, não impediu que a Defenap aumentasse sua produtividade. De acordo com o defensor geral, houve uma redução de 100 para 62 defensores do órgão. Ainda com menos gerências, a Defensoria ultrapassou o número de atendimentos do ano passado. Ao todo, foram sete mil, em 2010.

Segundo Ivanci, nestes seis primeiros meses de 2011, a Defenap realizou 10 mil atendimentos, superando o número de produção de 2010, com um quadro de funcionários reduzido.

O governador afirmou que o corte de gastos é, além de enxugar a máquina pública para o pagamento de inadimplências da gestão anterior, é uma demonstração de que com vontade, trabalho, respeito e responsabilidade com o dinheiro do cidadão, é possível realizar ações positivas.

“Estamos organizando o Estado e pagando dívidas. Mas, com muito esforço, trabalho e responsabilidade com o dinheiro público, conseguimos avançar. O Iapen e a Defenap são exemplos disso”, pontuou Camilo Capiberibe.

Honrando compromisso

O governador do Amapá aprovou, quando então deputado estadual e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Amapá (CDH/ALE/AP), um requerimento solicitando a implantação do Núcleo da Defenap no Iapen, com o objetivo de garantir aos reeducandos assistência judiciária gratuita, permanente e próxima a eles.

“Fiz várias visitas ao Iapen quando era deputado. Presenciei a violação dos direitos humanos e escrevi relatórios sobre a precariedade da penitenciária. Desde que assumimos o governo, melhoramos as instalações e alimentação. Continuaremos trabalhando para que os internos tenham seu direito e dignidade assegurados”, destacou o governador.

Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Integração: Governo do Amapá retoma obras no trecho norte da BR 156

O Governo do Amapá retomou, nesta sexta-feira, 22, as obras da BR-156, no trecho compreendido entre os municípios de Calçoene e Oiapoque. A ação é executada pela Secretaria de Estado de Transporte (Setrap), em parceria com o Governo Federal. A medida faz parte da política do governador do Estado, Camilo Capiberibe, de integração e desenvolvimento do Amapá.

Os serviços são frutos do esforço do Poder Executivo e da bancada federal, junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), órgão do Ministério dos Transportes. A obra gerará 450 empregos diretos e 200 indiretos, além de impostos para o município de Calçoene.
  
De acordo com o titular da Setrap, Sérgio La-Roque, a obra foi dividida em três etapas. Hoje foram iniciados os serviços do primeiro lote, que vai de Calçoene à Vila do Carnot, totalizando asfaltamento de 56 quilômetros. A execução será realizada pela empresa C.R. Almeida S/A. O valor inicial dos serviços é de R$ 74,7 milhões.
  
O secretário disse ainda que, em cerca de um mês, será iniciada a segunda etapa da pavimentação asfáltica, que possui 54 quilômetros de extensão. O lote começa próximo à Vila do Carnot e finda próximo ao rio Cassiporé, Nesta fase, a executora será a empresa EGESA, a um custo inicial orçado em R$ 105 milhões
  
A terceira fase, lote com 56 quilômetros de extensão, vai do Rio Cassiporé ao município de Oiapoque. A empresa executora desse trecho será a JM Terraplanagem e Construção LTDA, cujo contrato está orçado inicialmente em R$ 85,7 milhões. A data para o início da última fase ainda será definida pela Setrap.
  
“Nossa meta é asfaltar 80 km este ano e concluir o asfaltamento total da BR 156 no trecho Norte até final de 2012”, enfatizou Camilo Capiberibe.
  

Foto: Márcia do Carmo.

Empenho do Poder Executivo e compromisso com povos indígenas  
A execução da obra dependia do atendimento de condicionantes ambientais e compensações aos povos indígenas que residem na região, que por irresponsabilidade e falta de vontade política, não foi feito na gestão passada.
  
O governador Camilo Capiberibe, com ajuda da bancada federal do Amapá, mostrou compromisso junto aos órgãos federais e povos indígenas. Fato que resultou na retomada da pavimentação da rodovia.
  
As ações acordadas entre o governo para a execução dos serviços são: conclusão das aldeias Piquiá e Curipí; construção de sete novas aldeias; elaboração do Estudo de Impacto Ambiental na Reserva Uaçá; elaboração do projeto executivo de seis aldeias e construção da Aldeia Anauerá.
  

Segundo o governador, o projeto da retomada das obras da BR 156 foi aprovado após ser reformulado e ter diminuição de custos. O custo das demandas envolvidas na ação baixou de R$ 39 milhões para R$ 22 milhões. A redução foi bem aceita pelo Ministério, que aprovou a ação.
  
Para o governador, a retomada da pavimentação asfáltica da BR 156 fará com que o Amapá se desenvolva, pois a rodovia integrará o Estado com a Guiana Francesa (FRA). Segundo Camilo Capiberibe, a determinação e atitude política do Governo estadual, que honra contrapartidas e paga dívidas da gestão passada, restaurou a credibilidade do Amapá com a União.
  
Camilo Capiberibe pontuou o apoio do governo federal ao Amapá e a confiança renovada, pois a União manteve a obra sob delegação do Estado.
  
“O Governo Federal não acreditava no Amapá, graças aos nossos reforços, retomamos a pavimentação da BR 156. Este é um momento importante. O povo do Amapá não pode mais esperar e nós vamos buscar todo o recurso possível para promover o desenvolvimento econômico de nosso Estado”, destacou o governador.
  
Apoio e reconhecimento  
Participaram do evento os senadores do Amapá, João Alberto Capiberibe e Randolfe Rodrigues, os deputados federais Dalva Figueiredo e Vinícius Gurgel, os deputados estaduais Balieiro, Bruno Mineiro, Paulo José e Moisés Sousa.
  
Também estiveram presentes os prefeitos dos municípios de Calçoene, Maria Lucimar, Oiapoque, Aguinaldo Rocha, Ferreira Gomes, Valdo Isacksson, Amapá, Carlos César da Silva e Pracuúba, Mosaniel Santos, vereadores de Calçoene, secretários de Estado, imprensa e sociedade civil.

Todos os gestores municipais parabenizaram o governador pela iniciativa e festejaram a retomada das obras, pois a estrada beneficia todas as cidades citadas. Na ocasião, Os prefeitos de Amapá e Pracuúba elogiaram Governo do Estado pela manutenção dos ramais de seus municípios.

Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Trampo no Jari II

Paulo Ronaldo, Márcia do Carmo, Marcelo Lima, eu, Bruno Gerônimo, Eduardo Neves e Vitório – Estrada para Laranjal do Jari – 13/07/2011 – Foto: Paulo Penafort.

Trampo no Jari

Eu, Marcelo e Marcinha a bordo da catraia – Foto: Paulo Penafort (nosso motora)

Durante dois dias (e mais dois viajando), eu, Marcelo Lima e Márcia do Carmo fizemos coberturas de escutas públicas e outras ações do governador Camilo Capiberibe no Vale do Jari (Vitória do Jari e Laranjal do Jari).  Eles são ótimos profissionais e estou muito feliz por fazer parte dessa equipe. Vamos ao work!

Sesa estrutura Hospita de Laranjal do Jari

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) realizou, de janeiro a julho deste ano, diversas benfeitorias no Hospital Estadual (HE) do município de Laranjal do Jari. De acordo como o diretor do órgão, José Manoel Picanço, as melhorias ocorreram na parte estrutural do prédio da casa de saúde, novos equipamentos e mais técnicos.

Segundo ele, em um curto prazo, os moradores da cidade que precisarem de atendimento de baixa e média complexidade, não precisarão ser transferidos para Macapá. O diretor afirma que entre as ações positivas no Hospital estão a recuperação de 19 leitos, compra de colchões (na gestão anterior, os pacientes eram submetidos a usar colchonetes), contratação de uma empresa para o fornecimento de refeições exclusivamente hospitalares, aquisição de um equipamento para Cirurgias de Alta Frequência (CAF), para pacientes com câncer de colo de útero, antes só feitas na capital.
José Manoel Picanço enumerou também a reativação das transferências de pacientes para Macapá, a aquisição de um novo aparelho de Raio-X, média de dois mil exames por mês (antes eram 60 exames em 4h, hoje o mesmo número de procedimento é feito em 15 minutos), o abastecimento de medicamentos, contratação de uma empresa especializada em higienização hospitalar e a compra de um novo carrinho de anestesia.

O diretor ainda listou a aquisição de uma central de ar, a compra de dois monitores de batimentos cardíacos fetais, de um eletrocardiograma, a automatização do Laboratório de Análises Clínicas do Hospital, além da ampliação do quadro de recursos humanos. O Hospital contratou um cirurgião, um clínico, um psicólogo, um assistente social, um bioquímico, um nutricionista, um enfermeiro e cinco técnicos em enfermagem.

“É preciso que os cidadãos que trabalham e residem em Laranjal do Jari tenham atendimento médico de qualidade. Nossa UBS vive outra realidade. Melhoramos o serviço e diminuímos custos. Isso é mudança e atitude política. Neste governo nós não fazemos política na saúde, fazemos política de saúde”, pontuou o diretor da UBS de Laranjal do Jari.
Atendendo a demanda local e dos vizinhos

O diretor ressaltou que, após a estruturação do Hospital, a casa de Saúde atende a demanda de Laranjal do Jari e dos municípios vizinhos, Vitória do Jari (AP), Almerim e Monte Dourado (PA).

“Realizamos atendimentos laboratorial, diagnósticos, Ultrasom e Raio-X a todo o Vale do Jari”, finalizou José Manoel Picanço.

Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Abastecimento de água: Vitória do Jari recebe investimentos do GEA

                                                  Governador Camilo Capiberibe – Foto: Márcia do Carmo.
O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, durante as escutas do Plano Plurianual Participativo (PPA) que ocorreram no Vale do Jari, nos dias 14 e 15 deste mês, visitou a obra da construção de uma nova Estação de Tratamento de Água (ETA), do Sistema Isolado de Tratamento de Água e novas redes de Distribuição de Água, no município de Vitória do Jari.

A ação é executada com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), na ordem de R$ 4,7 milhões, sendo R$ 1 milhão da prefeitura da cidade, com contrapartida do Estado, no montante de R$ 804 mil.

O projeto, executado pela Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa), visa melhorar o abastecimento de água no município e atender cerca de 12 mil moradores, da cidade. A previsão da conclusão dos serviços é novembro de 2011.

De acordo com o gerente regional da Caesa no Vale do Jari, que engloba os municípios de Laranjal e Vitória do Jari, Marcelo Sarraf, o investimento em Vitória se deu após o início do governo de Camilo Capiberibe. Segundo ele, houve uma reformulação dos projetos e retomada das obras do PAC na cidade.

“O governo alocou recurso e agora as obras estão andando. Temos o apoio do governador no trabalho que estamos desenvolvendo em Vitória do Jari, assim como no Laranjal Jari.”, pontuou o gerente regional da Caesa.

Para o governador, a construção das benfeitorias é o cumprimento do compromisso assumido. Camilo Capiberibe também afirmou que o investimento resolverá o problema de abastecimento de água na idade.

“Com a nossa determinação e parceria do governo federal, Estado e prefeitura, é possível realizar ações como essas. A ETA, sistema isolado e novas redes de distribuição resolverão o problema de água em Vitória, não só no presente, mas para o futuro. Este foi um compromisso assumido e estamos cumprindo a promessa, que é retirar a região ao Sul do Amapá da situação de abandono”, disse o governador.

                                                    Governador Camilo Capiberibe – Foto: Márcia do Carmo.
Descaso e recuperação

Segundo o gerente da Caesa, a empresa foi sucateada pela gestão passada. Marcelo Sarraf afirmou que a irresponsabilidade e descaso resultaram na falta de condições para a Companhia atender a demanda da população de Vitória do Jari.

“Houve um descaso muito grande por parte da gestão passada com a população. A situação caótica chegou ao ápice quando o cidadão do município comprava água, um garrafão de 20 litros custava R$ 2,00 e um balde de 100 litros era cobrado pelo preço de R$ 10,00.

Valorização do munícipe

O gerente regional da Caesa agradeceu a confiança do governador, que o nomeou para o dirigir a empresa no Vale do Jari, a exemplo de outras cidades do interior do Amapá.

“A atitude do governador em regionalizar as gerências municipais foi fundamental para a execução de nossas ações positivas. Camilo Capiberibe entende que o morador do município é quem conhece a realidade da cidade onde vive. Assim os problemas são identificados in loco e a solução ocorre de forma mais rápida”, destacou Marcelo Sarraf.

Conscientização

Marcelo Sarraf disse ainda que a Caesa fará uma campanha de conscientização nas escolas de Vitória do Jari. Ele crê que isso ajudará a minimizar o desperdício de água na cidade. Para ele, as crianças terão noção da importância da economia do produto e atuarão juntos aos pais, nos lares do município.
Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Sesa realiza ação no Vale do Jari

Foto: Mário Tomaz.
A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) realizou, nos dias 14 e 15 de julho, nos municípios de Vitória do Jari e Laranjal do Jari, respectivamente, uma ação de educativa de saúde. O objetivo da medida foi sensibilizar a população sobre a prevenção do Câncer de Mama, Saúde do Homem, estresse e a importância do aleitamento materno.

Ao todo, 10 servidores da Sesa trabalharam na campanha, realizada nas cidades do Vale do Jari. A ação atendeu dezenas de pessoas durante os dois dias. De acordo com a coordenadora da ação, Socorro Fernandes, além do trabalho de sensibilização, os técnicos da Secretaria de Saúde realizaram atendimentos a dezenas de pessoas.

Segundo Socorro Fernandes, os serviços ofertados foram Massoterapia, Reflexologia Auricular (que consiste em tratar o paciente por meio de pontos do corpo. É similar a acupuntura), Quiropraxia (identificar, por meio de toques, eventuais problemas de saúde) e medição da pressão arterial.

“Atingimos o objetivo. Sensibilizamos dezenas de moradores, nos dois municípios, sobre a importância da prevenção de doenças. Foram dois dias muito produtivos. Os habitantes tiveram oportunidade de receber atendimentos que não são comuns em Vitória e Laranjal do Jari. A ação visou a melhoria de vida dos habitantes do Vale do Jari”, disse a coordenadora.

Elton Tavares
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social