Há 26 anos morreu Michael Hutchence, vocalista do INXS – #michaelhutchence #inxs

Em 22 de novembro de 1997, há exatos 26 anos, Michael Hutchence, vocalista do INXS, foi encontrado enforcado com um cinto aos 37 anos de idade em um quarto do hotel Ritz-Carlton em Sydney (AUS). Ele era o líder da banda australiana.  Dono de uma potente e marcante voz, durante os anos de carreira, gravou canções marcantes e grandes sucessos inesquecíveis para aquela geração.

Entre seus maiores sucessos, destacam-se: “Never Tear Us Apart”, “By My Side”, “New Sensation”, “Original Sin”, “Disappear”, “Not Enough Time”, “Mistify”, “Listen Like Thieves”, “Need You Tonight” e “Slide Away”, Esta última, em parceria com Bono Vox, do U2.

Alguns anos depois, uma versão não oficial afirma que o cantor morreu praticando bondage (tipo específico de fetiche, geralmente relacionado com sadomasoquismo, onde a principal fonte de prazer consiste em amarrar e imobilizar seu parceiro ou pessoa envolvida).

Foi casado com a apresentadora inglesa Paula Yates, com quem teve uma filha – hoje, após a morte de Yates, sob a tutela do cantor Bob Geldof, ex-marido da apresentadora.

Em 2019, estreou na plataforma Netflix de streaming  o documentário “MYSTIFY: MICHAEL HUTCHENCE”, que relata a trajetória de Michael Hutchence, o compositor e cantor principal da banda australiana. O longa retrata a carreira musical, vida pessoal e os anjos e demônios de sua existência conturbada. Assisti várias vezes e recomendo.

“Há uma integridade na música do INXS que faz valer a pena” – Michael Hutchence.

Em 1997, eu tinha 21 anos e lembro bem de mais essa trágica perda do Rock. Michael Hutchence foi um dos maiores vocalistas de sua geração. Ele tinha carisma, muito talento, presença de palco incrível e voz marcante. Aquele show em Wembley, em 1991, foi antológico.

Edição: Elton Tavares
Fontes: Whiplash e Eu adoro Cinema

Hoje é o Dia da Criatividade – Meus parabéns aos criativos!

Hoje é o Dia da Criatividade. Pesquisei por horas, mas não encontrei o porque da data no dia 17 de novembro. Será que o motivo é porque todo dia é dia da criatividade? Não sei, pode ser. O conceito diz: “A criatividade é a faculdade/habilidade de criar ou o potencial criativo. Consiste em encontrar métodos ou objetos para executar tarefas de uma maneira nova ou diferente do habitual, com a intenção de satisfazer um propósito”. A criatividade permite cumprir os desejos de forma mais rápida, fácil, eficiente ou econômica.

A criatividade é responsável, entre outras coisas, pelas invenções. Uma pessoa nasce criativa ou trabalha e desenvolve sua criatividade ao longo do tempo? Para mim, as duas coisas são possíveis. Os inventores praticam, aperfeiçoam e criam. No meu caso, já inventei histórias (contos) e termos (neologismo). É o meu jeito de tentar ser criativo.

Dizem que “a necessidade é a mãe da criatividade”. Admiro pessoas criativas. Elas possuem autoconfiança; alta capacidade de associação; percepção; capacidade intuitiva; muita imaginação; capacidade crítica; curiosidade; foco; entusiasmo; e tenacidade.

A história está repleta de mentes fecundas que mudaram nossas vidas, sejam com teorias, ideias, músicas, pinturas, arquitetura, design, invenção de novos produtos, na literatura, fotografia, artes plásticas e tecnologia.

Aqui no Amapá, alguns grupos merecem reconhecimento e aplausos. Gente que movimenta Macapá e outras cidades do nosso Estado. Parabenizo os meus amigos criativos que fazem as coisas acontecerem neste estado distante de tudo. Às vezes, somente com muita criatividade mesmo!

Enfim, congratulações a todos que produzem arte, cultura, pesquisa, desenvolvimento e humor com muita criatividade. Este site sempre se propôs a divulgar toda essa gente paid’égua. Portanto, parabéns aos criativos, que fazem deste mundo muito melhor!

Elton Tavares

Como o jornal Província de São Paulo (de 1889) noticiou a Proclamação da República

“Recebemos ontem o seguinte telegrama: Foi proclamada a República no Brazil. Consta que o governo provisório será organizado com o general Deodoro e Quintino Bocayuva. Afirmam outros que o governo será constituído pelo general Deodoro, Quintino bocayuva e Benjamin Constant. Foi convocada uma reunião popular para aclamação do governo. O ministério foi obrigado a assinar a sua demissão. O barão de Ladario foi ferido e acha-se em perigo de vida. Logo que recebemos este telegrama, fizemos distribuir o seguinte boletim: Cidadãos, notícias da Corte anunciam a proclamação da República – a forma de governo que exprime o sentimento nacional! Unamo-nos! Para garantir a ordem, porque o novo regime nasce da livre manifestação popular! Povo! O primeiro dever republicano neste momento é ser calmo, previdente, justo, tolerante, para ser enérgico na organização! A República significa a paz, o progresso, a civilização. Unamo-nos sem distinção de partidos para firmarmos esse novo regime que nos há de trazer a glória, a grandeza e a felicidade. Viva a República!”.

Fonte: Estadão.

Hoje é o Dia Mundial da Gentileza

Hoje, 13 de novembro, é o Dia Mundial da Gentileza ou “World Kindness Movement”, cujo objetivo é despertar a atenção das pessoas para a importância de atitudes gentis na construção de um mundo mais amável e justo. A data foi estabelecida durante uma conferência entre profissionais de diversos países, em 1996, em Tóquio (JAP).

Sorrir ao falar bom dia, dar passagem no trânsito, abrir a porta para alguém passar são atitudes gentis que no dia a dia fazem muita diferença.

Admito: sou genioso, chato com horários e teimoso, mas educado e dentro do possível, gentil. Procuro tratar todos com respeito em qualquer ambiente social. Além disso, abraço meus familiares e amigos, telefono pra saber como os que gosto estão, abro portas, cedo a vez, puxo cadeiras (quando lembro), entre outras coisinhas que colorem nossos dias e dos que convivemos.

Ser gentil não dói e só traz benefícios pra quem exerce gentileza e para os que convivem com você. São muitos sorrisos, bom dia, boa tarde, boa noite, por favor, com licença, obrigado e desculpe ao longo do dia. E é assim que tem que ser mesmo. Sem falar na tentativa de interagir de forma descontraída com as pessoas (nem sempre consigo). Quem me conhece sabe disso.

Resumindo, a vida é um aprendizado contínuo, ou seja, você pode ter muito conhecimento sobre muitas coisas, mas sempre tem algo a aprender ou precisará de alguém. Sou bruto quando necessário, mas tento ser gentil o tempo todo. Seja gente, por favor. Portanto, pratique a gentileza!

Elton Tavares

Hoje é o Dia do Radialista – (Minha homenagem aos colegas do rádio) #diadoradialista #macapá #amapá

Hoje (7) é o Dia do Radialista. Durante anos, a data também é comemorada no dia 21 de setembro (porque em 21 de setembro de 1906, aconteceu a primeira transmissão radiofônica no mundo, pelo canadense Reginald Dennis). Mas a Lei 11.327 de 24/07/06, sancionada pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva, alterou a data de comemoração oficial da categoria – que passou a ser 7 de novembro – em homenagem ao músico e radialista Ary Barroso, um dos grandes nomes do rádio brasileiro.

Este tipo de profissional é habilitado para trabalhar com diversos nichos dentro de uma produção radiofônica. Essa modalidade de comunicação não é para qualquer um. O radialista faz locução, apresentação, sonoplastia, produção de programas, direção e outras atividades. É preciso ter talento e responsabilidade, além de boa voz, claro!

O radialista não transmite apenas notícias, mas sim informações repletas de sentimentos humanos, pessoas que se tornam próximas de uma maneira nada convencional.

Conheço e respeito muitos radialistas. Meu falecido amigo, Leonai Garcia, era doido pra me levar para o rádio. Nunca topei. Há 12 anos, o renomado Humberto Moreira me perguntou se eu não queria fazer uma experiência na área, também agradeci e disse que meu negócio são os bastidores e redações mesmo. Um dia, quem sabe. É que gosto mesmo é de escrever.

Também sou grato aos amigos Paulo Silva, Luiz Melo, Armstrong Souza, Heraldo Almeida, Graça Penafort, Ziulana Melo, Rodrigo Silva, Elden Carlos, entre tantos outros, pelo apoio ao meu trabalho.

Portanto, parabenizo e agradeço, em nome dos meus amigos que trabalham na Judicirádio do Tribunal de Justiça do Amapá. José Menezes, Ricardo Medeiros, Lilian Monteiro, Bernadeth Farias e Ivaldo Souza. E ainda dos queridos amigos da Rádio Difusora de Macapá, Ana Girlene, Marcelo Guido, Rodiney Santos, Márcia Fonseca, entre outros brothers e  a todos os radialistas do Amapá. Sem eles, o nosso trabalho nas assessorias seria inviável. Sobretudo aos amigos, que são muitos. Palmas para vocês!

Elton Tavares

Hoje é o Dia Nacional do Riso (Ria sempre que puder)

Hoje, 6 de novembro, é o Dia Nacional do Riso. A celebração teve origem em Mumbai, em 1995, com o Dia Mundial do Riso, onde 12 mil membros de seis mil clubes sociais de diversas partes do mundo juntaram-se em uma mega sessão de riso. O evento foi criado pelo fundador do movimento Yoga do Riso, Dr. Madan Kataria. Surgiram então, os chamados “Clubes de Yoga do Riso”, que praticam a terapia do riso.

Rir é bom. É um exercício de felicidade. Dizem que faz bem pra saúde e transmite satisfação. Hipócrates, o pai da medicina, no século IV a.C. já utilizava animações e brincadeiras na cura de pacientes. Daí o adágio popular “Rir é o melhor remédio”.

Gosto de gente inteligente, alegre, bem humorada, engraçada e de alto astral. Nunca acordo mordido; se fico puto por algum motivo, dou risada após revolver o problema.

Já disse tantas vezes: a gente ainda vai rir disso. E, assim foi. Rir durante o dia faz com que você durma melhor à noite. A Monalisa não tem sobrancelhas e mesmo assim vive com aquele sorriso maroto. Rir aproxima e estreita laços. Também cria oportunidades e abre portas.

Dou risada quando escrevo um bom texto, quando um safado se ferra, quando vou ao bar com amigos ou em reuniões familiares. Rio quando aquela menina inteligente diz que lê este site e elogia um texto. Até quando me fodo dou risada, afinal, rir é melhor que chorar, sempre.

Já diz o jornalista da Folha de São Paulo, José Simão: “o Brasil é o país da piada pronta. Rimos dos fatos que deveriam nos chocar, de tão corriqueiros”. Mas, lembrem-se das palavras de Vítor Hugo: “e que você descubra que rir é bom, mas que rir de tudo é desespero”.

Como disse o amigo ator/palhaço/jornalista, Dan Alves: “somos palhaços porque estamos há um tempão tentando maquiar nossas imperfeições com o riso. Felizes aqueles que têm uma piada na ponta da língua, que dramatizam situações engraçadas para os amigos rolarem de rir; que quando bebem algumas doses, sobem na mesa e fazem todos lagrimarem de tanta bobagem. Desoprimam o riso. Libertem a piada”. É isso aí!

Elton Tavares

*Só uma coisinha, essa sessão “Datas Curiosas” deste site incomoda alguns, que chegaram a reclamar de tais registros. Ainda bem que todo dia é dia de alguma profissão, atividade ou brincadeira. Acreditem, tem gente que não gosta. Mas são somente os amarguinhos que encontramos pela vida.

Hoje é o Dia Nacional do Designer – Meus parabéns aos, em sua maioria, brilhantes profissionais! #diadodesignergráfico

Há 24 anos, em 1998, o então presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, assinou um decreto estabelecendo o dia 5 de novembro como o Dia Nacional do Design. Esta data foi instituída em homenagem a um defensor do design no Brasil, o advogado, artista plástico, designer e planejador brasileiro Aloísio Magalhães.

“Design” é a palavra em inglês para desenho e o profissional que trabalha nesta área é chamado de designer. Estes profissionais são, em sua maioria, criativos e bons desenhistas gráficos. Eles são responsáveis por cuidar da identidade visual da instituição, empresa e produtos. Também atuam em peças, animações, embalagens, elaboram logotipos, formatam panfletos, outdoors, páginas da internet, games e dispositivos móveis, como celulares, smartphones e tablets, etc.

Existem várias ramificações dentro desta profissão, como Design gráfico, Design de produto, Design visual, Design de moda, Design industrial, Design de interação e Web Design.

Portanto, hoje rendo homenagens a estes engenhosos profissionais. Conheço alguns designers talentosos como Vandy Ribeiro, Marcelo Corrêa, Bruno Santos, Andrew Punk, Antônio Costa, Alex Silveira, Cybelle Andrade, Bruno Vinícius, Ricardo Toledo, Rogério Araújo, Kelly Pantoja, Rogério Queiroz, Camila Karina, Julyane Costa, Yasmin Brito e Ana Beatriz Santana (trabalhei com a maioria dos citados). Entre outros amigos que não me vieram à memória neste momento.

Parabenizo os designers que trabalham comigo na Secretaria de Comunicação do Tribunal de Justiça do Amapá: Amanda Diniz, Carol Chaves, Victor Cantuária e a muito querida amiga Nina Ellen.

E também a minha designer favorita, a publicitária Bruna Cereja, que além de ser o meu amor, é a melhor profissional de publicidade e marketing que conheço na vida.

Em resumo, aos queridos competentes e criativos, que aliam a imagem ao texto ou ideia com muita sensibilidade e talento, meus parabéns!

Elton Tavares

Hoje é o Dia das Bruxas. E como diz o ditado: “eu não acredito em bruxas, mas que elas existem, existem”

Hoje é o Dia das Bruxas (Halloween é o nome original na língua inglesa). Trata-se de um evento tradicional e cultural, que ocorre basicamente em países anglo-saxônicos, mas com especial relevância nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido, tendo como base e origem as celebrações dos antigos povos.

A Caça às Bruxas marcou a história mundial e se tornou uma expressão referente à perseguição cultural, ideológica e étnica. Aqueles que pensam ou, por qualquer razão, são diferentes, sofrem discriminação e, muitas vezes, chegam a ser agredidos e mortos.

Quando a mulher rompe com o domínio do homem, ela é vista pela sociedade patriarcal como uma “criatura maligna”, que deseja destruir sua estrutura e tradição. Devido ao ponto de vista masculino que é predominante em várias culturas, as mulheres que não seguiam a conduta esperada eram consideradas bruxas no pior sentido da palavra.

Apesar da palavra “Bruxa” ter sido uma expressão pejorativa, usada para chamar mulheres de velhas e feias, a busca pela juventude eterna é um elemento comum desse arquétipo, refletindo a vaidade associada principalmente às mulheres. Pois, enquanto os homens usam espadas e escudos, as armas femininas são a beleza e sedução, representado pelo Espelho de Afrodite no símbolo do Feminino. Poções do amor e rituais de fertilidade também reforçam essa características das bruxas.

Portanto, feliz Dia das Bruxas, menos para os que são bruxas (de fato) do nosso cotidiano. Ou seja, todos os “puxa-sacos”,  amigos de ocasião, interesseiros e pessoas de duas caras. Feliz Dia das Bruxas aos que não fazem nada além de sacanear os outros. Feliz Dia das Bruxas aos que são fofoqueiros, soberbos, recalcados, invejosos e metidos a merda. Feliz Dia das Bruxas para gente falsa, amarga, que destila veneno por trás de sorrisos, incompetentes costa quente que conta do padrinho que o indicou, caloteiros e enrolões, daqueles que demoram a pagar serviço prestado por várias razões inventadas.

Ou seja, a todos que são Bruxas vorazes do nosso dia-a-dia. E existem tantas bruxas e bruxos especialistas em escrotidão. Nestes casos, eu sou a favor de uma inquisição, nada santa, claro, mas do desprezo. Assim, eles (ou elas) parariam de fazer tantas crueldades para atormentar a vida da gente. Afinal, queimar (o filme de) pessoas de mau caráter é tentador, não?

Agora prestem atenção, nem toda bruxa é má. Não que eu cultue a “Wicca”, uma seita moderna pagã baseada em bruxaria que apareceu na Inglaterra na primeira metade do século XX, mas é que há bruxarias e bruxarias. Nem todas são fadas más.

A verdade é que a maioria de nós é movido por crenças, dogmas e superstições diariamente. E como diz o ditado espanhol: “yo no creo en brujas, pero que las hay, las hay” (eu não acredito em bruxas, mas que elas existem, existem).

Elton Tavares

Fonte: Crônicas Fantásticas. 

Hoje é o Dia do Flamenguista – Mengão sempre!! #DiaDoFlamenguista

Hoje é o Dia do Flamenguista. A data é comemorada em 28 de outubro, por ser o mesmo dia do padroeiro do Flamengo, São Judas Tadeu. São 40 milhões de torcedores em todo o mundo. Entre eles, nós aqui no Amapá. “Cada brasileiro, vivo ou morto já foi Flamengo por um instante, por um dia“, disse Nelson Rodrigues, fanático tricolor desprovido de vaidades clubisticas na hora de analisar futebol.

O Flamengo possui a maior do mundo. Aí dizem: “torcida não ganha jogo”. Talvez as de outros clubes não, mas a massa rubro-negra ganha sim. A cidade mais populosa do mundo é Tóquio. E tem 34 milhões de pessoas. O Flamengo, sozinho, tem 40 milhões de torcedores. Se cobrasse impostos dessa massa, seria trilhardário. De fato, uma nação de apaixonados pelo time.

Legal ter um Dia do Flamenguista, mas para quem é rubro-negro, todo dia é dia. Começa em 1° de Janeiro e só acaba no dia 31 de Dezembro. Por isso, torcedores de outros clubes odiarem o Flamengo é absolutamente justificável. Você não é Flamenguista? Não? Azar o seu!

Nos últimos anos, vencemos quase tudo em 2019 e 2021. Além disso, são 12o anos na primeira divisão do futebol brasileiro, pois nós NUNCA caímos.

Apesar de um ano ruim, estamos entre os quatro primeiros da Brasileirão 2023 e isso é sim uma boa campanha. Ruim mesmo é ser vascaíno, nosso maior rival, que aliás vencemos mais uma deles semana passada e como sempre, luta pra não cair mais uma vez para a segunda divisão.

Neste dia, lembro do meu saudoso pai, Zé Penha, que nos incentivou a torcer para o Flamengo. Do meu irmão Emerson , que é o flamenguista mais fanático que conheço. Flamengo sempre, até depois de morrer! Viva nós! Mengão sempre!

Elton Tavares

Hoje é Dia do Servidor Público – Parabéns para nós, que trabalhamos muito e honestamente em servir ao público!

Hoje é Dia do Servidor Público. Nesta segunda-feira, parabenizo meus pais, Zé Penha e Maria Lúcia, que trabalharam MUITO no serviço público. Papai já virou saudade e boas lembranças. Ela, aposentada, segue conosco, graças a Deus. Também rendo homenagens a muitos familiares que servem à sociedade como ofício e que dão sua contribuição para o crescimento do nosso jovem Estado.

O Dia do Servidor Público surgiu através do Conselho Federal do Serviço Público Civil, que homenageou a criação das leis que regem os direitos e deveres dos servidores públicos – Decreto Lei nº 1.713, de 28 de outubro de 1939. O que motivou a criação da data foi a fundação do Departamento Administrativo do Serviço Público do Brasil, em 1938. Assim, o artigo 236 da lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, determinou que 28 de outubro é oficialmente o Dia do Servidor Público no Brasil.

Homenageio também os amigos que batalham muitas vezes sem condições para executar suas atividades (até chamados de “vagabundos” por alguns desinformados sobre a luta diária dessa nobre classe). Parabéns aos perseverantes, que trabalham com afinco e crença que o amanhã será melhor. Profissionais importantes para a sociedade, que nem sempre são reconhecidos por alguns segmentos sociais.

Enfim, feliz Dia do funcionário Público a todos que fazem valer o suor, que podem andar de cabeça erguida e dormir sem o peso da culpa. Em especial aos servidores do Tribunal de Justiça do Amapá, instituição que muito me honra labutar. Parabéns para nós, que trabalhamos muito e honestamente em servir ao público!

Elton Tavares

Os 28 anos do álbum “Mellon Collie And The Infinite Sadness”, do Smashing Pumpkins #TheSmashingPumpkins

Parece que foi ontem, mas já faz 28 anos que a banda de rock alternativo norte-americana The Smashing Pumpkins lançou o magnífico álbum “Mellon Collie and the Infinite Sadness” (em 23 de outubro de 1995 pela Virgin Records).

Este é o terceiro disco da carreira do grupo liderado por Billy Corgan (o careca antipático do rock sabe fazer canções que tocam a alma e o coração). É o álbum mais famoso da banda e emplacou hits como “Bullet with Butterfly Wings”, “Tonight Tonight”, “1979” e outros.

Mellon Collie foi o álbum que definiu a cara do rock na época. Um clássico instantâneo que provou que a música alternativa poderia ser complexa e ambiciosa.

Billy Corgan se encontrava no auge da sua megalomania criativa e lapidou todas as músicas com muita astúcia; desde sua introdução instrumental até a última música, o disco é arrebatador.

Ele contém muitas canções sensacionais, como a beleza da instrumental Mellon Collie And The Infinite Sadness, a visceralidade de “Zero” e “Bullet with Butterfly Wings”, a saudade dramática de “Thirty-Three”, a inocência de “1979” e a aula de vivência em “Tonight, Tonight”. Isso para citar somente as que gostamos mais.

O disco recebeu, com a canção “Bullet with Butterfly Wings”, o Grammy de 1997. A obra foi eleita como 29º maior álbum de todos os tempos, em 1998, pela Revista Q. Em 2003, a revista Rolling Stones o colocou como um dos 500 melhores discos de todos os tempos, no 487ª lugar.

A Revista Time elegeu Mellon Collie and the Infinite Sadness o melhor álbum de 1995. Não à toa, ele está na lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame.

O disco é eclético dentro do rock, já que possui desde canções bem melodiosas até rock pesado com guitarras sujas e gritos de FUCK YOUUU!. É realmente um álbum memorável, com um apelo artístico fantástico (sem falar naquele encarte sensacional).

Em 1995, Kurt Cobain já tinha ido para as estrelas e tudo que surgia de genial era mais uma esperança. No final, sabemos que o Rock nunca morre. Ele adoece, mas sempre volta com tudo.

Até hoje as músicas de Mellon Collie emocionam e transportam no tempo quem tem mais de 40 anos. Sim, nostálgico. Agora é só escutar Tonight, Tonight, onde o velho Corgan canta “acredite em mim” ou 1979 e viajar no tempo.

Elton Tavares e André Mont’Alverne

Hoje é o Dia do Médico (Meus parabéns aos nobres profissionais) #diadomédico #medicina #saúde #macapá #amapá

Como este site possui uma sessão chamada “datas curiosas” e hoje, 18 de outubro, é o Dia do Internacional do Médico, claro que não deixamos passar a data batida. Afinal, o mundo todo está devendo suas vidas ao trabalho a essas essenciais pessoas, assim como enfermeiros e técnicos em enfermagem, entre outros diversos profissionais que foram para a linha de frente no combate, prevenção e tratamento da pandemia que assolou o planeta e a raça humana por dois anos.

O Dia do Internacional do Médico é celebrado no décimo oitavo dia deste mês em homenagem a São Lucas, o padroeiro dos médicos. Lucas foi um dos quatro evangelistas do Novo Testamento, e seu evangelho é o terceiro em ordem cronológica. Lucas era médico, razão pela qual se decidiu homenagear os profissionais com o mesmo dia da festa deste santo.

Doutores Olavo Picanço, Anselmo Ramos, Rejane Melo e Roberto Marcel, meus amigos médicos.

Os médicos podem ser generalistas, que atuam em Clínica Geral e Saúde da Família, ou especialistas, quando são peritos em alguma área. São exemplos de médicos especialistas: endocrinologista, cardiologista, otorrinolaringologista, ginecologista, obstetra, pediatra e etc.

Só quem sabe a barra que é trabalhar em um hospital pode definir a pressão. Mas a maioria são profissionais comprometidos com a saúde e o bem-estar do ser humano. Não tem como fugir do clichê, pois são, de fato, heróis (apesar de uma minoria de filhas da puta que rola em toda profissão).

Na época da pandemia, muitos deles foram infectados com a Covid-19 em todo o mundo. Além de correr o disco diário, estes valorosos profissionais ainda se privam do contato com suas famílias.

Muitas vezes, sem equipamentos adequados, trabalhando em unidades de saúde lotadas e com falta de medicamentos, o que médicos e enfermeiros tem feito são verdadeiros milagres. Mesmo com todo o estresse, apreensão, incerteza e medo, entre outras dificuldades impostas, eles seguem a salvar vidas. Ou seja, um ofício nobre e uma grana (sim, são bem remunerados, como deve ser) difícil de ganhar.

E claro, a médica da família, minha amada prima Jamila Tavares.

Devemos muito aos médicos. Sempre foi assim e essa dívida aumentou astronomicamente em 2020 e 2021. Enfim, por tudo dito/escrito acima e pela bravura e doação dessas pessoas especiais, parabenizo e agradeço, em nome dos amigos médicos Olavo Picanço, Anselmo Ramos, Rejane Melo e Roberto Marcel, além da médica da família, minha amada prima Jamila Tavares, todos os profissionais se dedicam a cuidar e tratar, que lutam diariamente pela saúde das pessoas, que fizeram de suas vidas instrumentos de solidariedade!

Meus parabéns, aos médicos do Amapá, Brasil e mundo. Gratidão define. Valeu demais!

Elton Tavares

Hoje é o Dia do Professor – Minha homenagem aos nobres educadores

Hoje (15) é o Dia do Professor. A origem da data é em razão que, no dia 15 de outubro de 1827, Pedro I, então Imperador do Brasil baixou um Decreto que criou o Ensino Elementar Nacional. De acordo com a resolução, “todas as cidades, vilas e lugarejos teriam que ter escolas de primeiras letras”. Foi assim.

A profissão é talvez a mais nobre de todas, afinal o professor é o norteador dos futuros profissionais em todas as áreas de atuação que existem. Tive dezenas de bons professores, como a saudosa Gorete Monteiro. Excelente educadora, lecionava Português na Escola Polivalente Tiradentes, foi com ela que comecei a escrever melhor.

Falando de nossa língua, também exalto a professora Catarina Moutinho, que me deu aula no Colégio Amapaense e que reencontrei no Seama, onde formei em Comunicação. Não posso deixar de falar do Carlos Magno, profissional brilhante, que abriu minhas ideias.

Ah, também homenageio aqueles que, além de bons professores, se tornaram meus amigos pessoais, caso do Silvio Neto (professor universitário). Paulo e Patrick Bitencourt, meus irmãos da Cúpula do Trovão, Marcelo Guido, Enilton Cardoso, Alcinéa Cavalcante, Miriam Corrêa, Armando Cavalcante, Alzira Nogueira e Rita Barcessat, ambas da Unifap, entre outros. Pois tenho muitos brothers que lecionam e é impossível enumerá-los neste post.

Sou filho de uma professora e orientadora educacional, Maria Lúcia Vale Cardoso, que muito honrou a profissão. Minha mãe ralou pra caramba em salas de aula nos aos 80. Depois formou-se e seguiu contribuindo com a educação de centenas de pessoas, que hoje trabalham nas mais distintas áreas. A ela, em nome de todos os professores, minhas homenagens!

Feliz Dia do Professor aos trabalhadores da nobre e tão pouco reconhecida profissão. Esse é o profissional dos profissionais, com toda a certeza, a profissão que mãe é de todas as outras.

Torço para que, um dia, o Brasil faça Justiça e valorizes seus educadores com condições de trabalho e salários dignos. Parabéns, mestres!

Elton Tavares

Sobre o Dia das Crianças, minha infância e a nossa Maitê – Por Elton Tavares

12 de outubro é Dia das Crianças e nós festejamos nossos pequenos grandes amores. Também voltamos no tempo com fotos e muita memória afetiva. É impossível contabilizar os benefícios que recebemos de nossos pais, particularmente na infância. Quando moleques, papai (Zé Penha) e mamãe (Lucinha) deram a mim e ao meu irmão, Emerson, uma infância fantasticamente feliz. Meu coração bateu mais rápido só de lembrar daquela época.

Sinto saudades do futebol de botão, luzes e sons de fliperamas, jogar bola e brincar na piscina da Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB), entre centenas de coisas que fazia com meu irmão caçula. Hoje em dia, bebemos, viajamos e curtimos tudo que a vida permite juntos e rimos orgulhosamente do que vivemos.

De certa forma, continuo um moleque. Não por falta de responsa ou atitudes imbecis, mas pelos gostos dos tempos crianças. Ainda assisto desenhos animados, jogo videogame e amo brinquedos. Graças a Deus!

Há um menino, há um moleque
Morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto balança ele vem pra me dar a mão…” – Bola de Meia, Bola de Gude
(Milton Nascimento).

História da data

A data visa homenagear as crianças e foi proclamada pela primeira vez durante em 1925, na Conferência Mundial para o Bem-estar da Criança, realizada em Genebra. A ONU reconhece o dia 20 de novembro como o Dia Mundial da Criança, por ser a data em que foi aprovada a Declaração Universal dos Direitos da Criança em 1959 e a Convenção dos Direitos da Criança em 1989.

Na esquerda, eu, Bruna e Maitê. Na direita, a princesa e sua avó paterna, minha mais que maravilhosa mãe.

No Brasil, o dia das crianças foi solenizado em 12 de outubro somente em 1960, quando a Fábrica de Brinquedos Estrela fez uma promoção conjunta com a Johnson & Johnson para lançar a “Semana do Bebê Robusto” e aumentar suas vendas, é que a data passou a ser comemorada. Deu tão certo que, no ano seguinte, os fabricantes de brinquedos decidiram escolher um único dia para a promoção. A partir daí, o dia 12 de outubro se tornou uma data importante para o setor de brinquedos e doces no Brasil.

Nunca fui bom com crianças, nem com brincadeiras infantis com filhos de amigos. Na verdade, a primeira que gostou de mim foi a Sofia, minha primeira afilhada (já é uma moça linda). Também sou padrinho da Maria (pequena lindeza), a pequena fã de rock falante. elas duas são amadas por mim. Mesmo eu sendo, com o perdão do gerúndio, um dindo relapso e ausente. Mas se elas precisarem de mim, podem botar fé que farei o meu melhor.

Maitê, comigo e Bruna

Quando nasceu a Maitê, alguma coisa floresceu dentro de mim. Nunca vou esquecer-me daquele momento, quando conheci Maitê Ferreira Tavares, minha linda sobrinha, que na época tinha somente um mês e 11 dias de vida. Foi amor à primeira vista e eu queria estar perto dela hoje e sempre.

Depois disso, entendo os meus amigos que têm filhos, entendi o sentimento dos meus pais e olho diferente para crianças. E amo “a pureza da resposta das crianças”, elas são realmente um barato. Incrível como pequenos seres despertam os melhores sentimentos em nós, adultos de coração duro. Devem ser algum fio condutor de Deus para conosco. É, os pirralhos são mesmo mágicos, a magia do amor!

Portanto, que Deus abençoe todas as crianças!

Todas as pessoas grandes foram um dia crianças. Mas poucas se lembram disso”, disse o escritor Antoine de Saint-Exupéry, no livro Pequeno Príncipe.

Elton Tavares