Feliz Natal, familiares, amigos e leitores do site De Rocha!


Como já disse aqui, por várias vezes, não sou lá muito religioso. O Natal é uma festa cristã. Particularmente, prefiro as profanas, como o carnaval. Porém, numa época dessas, em que todos estão extremamente legais, desejam tudo de melhor para todos e o velho blá, blá, blá, vale a pena festejar o aniversário de Jesus Cristo, pois o cara fez uma presença e tanto para a humanidade.

Brincadeiras a parte, desejo que o espírito de Natal ilumine a minha família e amigos, além dos familiares de todos que gosto (o natal não me torna hipócrita, pois não desejo o mal dos desafetos, mas também dar votos de fim de ano é uma mentira cínica). E também para os cidadãos que praticam o bem aos desamparados.

Agradeço a Deus pela minha saúde e a saúde dos que me são caros. Pela minha família, por trabalhar na área que escolhi e ser recompensado por isso, pelos verdadeiros amigos (que sei bem quem são) e pela ótima vida que tenho. Gratidão ainda por não participar de nenhum amigo secreto esse ano. É, não tenho pedidos, mas somente agradecimentos neste natal.

Que Deus (ou seja lá qual o nome do manda chuva do Universo) abençoe a todos que amo. Enfim, que ELE continue a nos proteger, guiar e iluminar.

Que nesta data não falte música boa, comida gostosa, abraços, risadas e principalmente pessoas queridas, mas que também seja de reflexão sobre a mensagem de Cristo.

Desejo a vocês, queridos leitores deste site, amigos, familiares e críticos, AMOR, ESPERANÇA, RENOVAÇÃO, PAZ, UNIÃO, FRATERNIDADE, SOLIDARIEDADE e FÉ. Feliz Natal para todos. Obrigado pela atenção.

Bendita seja a data que une todo mundo em uma conspiração de amor” – (Hamilton Wright Mabi).

Elton Tavares

É Natal (Belíssima crônica de Natal de Alcy Araújo Cavalcante)

É Natal

Por Alcy Araújo Cavalcante
(1924-1989)

Sabeis que é Natal. Não é necessário que eu diga isto. O anúncio da renovação do milagre do nascimento de Jesus está nesta música que vem de longe, que desce do céu e flutua, em pianíssimo, em torno de nossa alma e toca de leve o coração dos homens. O milagre está, também, nesta luz que vem do alto e ilumina os espíritos, está no riso das crianças, na oração da rosa, na lágrima dos que sofrem, no canto dos pássaros, no sussurro da brisa, no murmúrio do rio e na saudade de minha mãe rezando.

Tudo é tão bonito que as lágrimas de dor e de saudade de infâncias inexistentes são poesia pura. O belo é tanto que não resisto à vontade vesperal de anunciar que é Natal, antes que a noite chegue, antes que seja oficiada a Missa do Galo, antes que dobrem os sinos na igreja comunicando a vinda do Messias.

Tudo é luz em torno do mundo. As trevas não prevalecerão quando cair a noite acendendo mistérios. As vozes dos anjos, o coral dos pastores de Israel, a lembrança dos Reis Magos estão presentes. Há perfume. Os turíbulos de Deus espargem incenso e mirra, porque é Natal no mundo e renasce a esperança no cumprimento da palavra dos profetas.

Mais uma vez é Natal!

Chegam as vozes da infância perdida nos caminhos e o coração enxuga saudades. Os sinos, à meia-noite, vão bimbalhar lágrimas distantes. Vêm de presépios inanimados e risos perdulários afogam angústias cotidianas. A dor se esconde por trás de mágoas indormidas e as horas se ocultam nos relógios, para que a poesia do Natal não passe e o musical minuto dure mais um segundo na eternidade deste dia.

É Natal!

Reza a minha alma de joelhos pelo menino sem brinquedos que perdi, na minha pobreza de sempre.

É Natal!

Repetem meus arrependimentos nas estradas.

E uma alegria imensa absorve as tristezas que fabriquei no mundo. Um sentimento infinito de bondade apaga as dores que construí durante o meu ontem irreversível. Uma ternura imensa acende felicidades futuras, porque é Natal, neste sábado do mundo. Há um polichinelo no bazar. Pertence ao menininho doente que Jesus chamou para o seu reino. Uma boneca abandonada já não chama mamãe para a garota loura que um anjo levou pela mão naquela manhã de sol. Mas outros brinquedos coloridos fazem ciranda em torno das árvores de Natal e milhares de crianças são felizes nos lares cristãos de meu país sem coordenadas. Enquanto isto, Deus sorri, pleno de Amor, por trás da Eternidade.

Fonte: Blog da Alcinéa Cavalcante

Feliz aniversário, Kleber Gama!

Como todos sabem, gosto de parabenizar os amigos em seus aniversários. Quem roda o calendário neste domingo (23), é o pai dedicado da Juliana, brother das antigas, profissional autônomo, frequentador de bares e rodas da boemia, sócio remido do Bar da Maria e Empório do Índio, amante de cervejas tuíras e amigo deste jornalista, Kleber Gama.

O “Klebinho” é um cara inteligente, bem humorado, observador, trabalhador, talentoso, considerado e gente finíssima. Um figura sorridente, prestativo, sensato e equilibrado, entre outras paideguices, sobretudo, um homem de bem.

Kleber faz parte de uma galera onde quase todo mundo é gente boa, mas como todo grupo de pessoas tem uns filhos da puta, não dá pra generalizar. O bacana é que ele segue como sempre, um cara porreta.

O sacana é engraçado e cheio de sacadas divertidas durante as reuniões etílicas com os amigos. Sabido e de alto astral sempre, com ele é sempre um bom papo.

Klebinho, mano velho, que tenhas sempre saúde, sabedoria e sucesso na sua jornada. Meus parabéns pelo teu dia e feliz aniversário!

Elton Tavares

A nonagenária mais linda e elegante do mundo completa 92 anos hoje. Feliz aniversário, vó Peró!

Começo este texto sem saber o que escrever. Não por falta de palavras ou sentimentos, mas pelo excesso de coisas lindas do propósito dessa mensagem. Nesta abençoada data, a nonagenária mais linda, cheirosa, educada e elegante do mundo completa 92 anos (com rostinho de 70). Sim, hoje é aniversário de Perolina Penha Tavares, minha amada avó Peró. Graças a Deus, ela gira a roda da vida mais uma vez. Sorte nossa, pois vovó é um ser de luz que nos une por meio do amor que ela emana.

Vovó é um mulher serena, coerente, lúcida, sábia, inteligente, justa, caprichosa, amorosa, discreta e forte. Um exemplo a ser seguido, pois é uma pessoa cem por cento do bem.

Todas a vezes que perambulo pelo passado, a Peró está lá me dando um conselho, um ralho, preparando alguma comida maravilhosa (ela é a melhor cozinheira deste sistema solar, seguida de perto da minha mãe, que aprendeu com a vovó) ou qualquer outra memória afetiva. A encontroada de Perolina e João Espíndola (seu marido e meu saudoso avô) nesta existência resultou no meu clã paterno, grupo de pessoas que muito me honra pertencer.

Mesmo com nossas saudades do vô e papai, afazeres e vida corrida de cada um, a Peró seguiu no centro de todos, sempre com sua delicadeza, saberes e amor. “Ouro de Mina”, no dito de Djavan. Aliás, também parafraseio o mesmo artista para definir vovó e nós em torno dela: “o amor é um grande laço”. É exatamente isso.

Sou o mais velho entre seus nove netos e três bisnetos. Tento ser presente, atencioso e dar um pouquinho do amor que recebi ao longo dos meus 42 anos. Nem sempre consigo, pois por conta do trabalho e das minhas loucuras, me tornei um pouco mais ausente da casa da vó. Porém, o amor nunca diminuiu, só aumentou. E quando é preciso, estou lá, junto, pra qualquer coisa.

Sempre digo que quem ultrapassa 80 carnavais é um privilegiado. No caso da “Peró”, que em sua trajetória marcou pela honestidade e dignidade, vê-la feliz e lúcida é uma benção. Afinal, chegar a nove décadas com cabeça boa e alegria é uma dádiva. Assim é a Perozinha, uma senhora sábia, de quem tenho a honra de descender e a sorte de ter o amor, que é recíproco.

Vovó me ensinou lições importantes sobre respeito, honestidade e a importância do cultivo do amor familiar. Sua participação na minha vida foi determinante para o homem que sou. Peró sempre me encorajou, fortaleceu, ralhou, parabenizou, aconselhou e consolou. Além de amor incalculável, nutro gratidão pela minha avó.

Peró, todos nós te amamos desmedidamente. Não tenho mais o que pedir a Deus para você, somente saúde para você continuar a ser essa senhora feliz que ilumina nossas vidas. Meus parabéns pelo seu dia, obrigado por tudo e feliz aniversário!

A verdadeira felicidade está na própria casa, entre as alegrias da família”. – Léon Tolstoi.

Elton Tavares

Meus parabéns, Manoel Fabrício! – @ManoelFabricio1

Hoje roda o calendário o contador (ofício, de Ciências Contábeis mesmo, mas também de boas histórias), produtor de festas do bar Rodapé, militante cultural, apreciador de Reggae, Rock , Samba, Blues, Jazz, Batuque e Marabaixo, poeta-marginal-eventual, maluco gente boa e considerado da galera, Manoel Fabrício, o “Zangief” de Macapá. nesta sexta-feira, o cara completa 29 voltas em torno do Sol. Dou valor no figura, pois é um amigo porreta!

Gosto do Manoel por vários motivos. Ele é um cara inteligente, trabalhador, consegue equilibrar maluquice e responsa, tem ótimo astral e áurea boa. Queria ter a porcentagem a mais que ele tem de paciência. Mas, assim como eu, se preciso quebra tudo, mas não leva o desaforo.

O “Manel” está sempre em todo lugar onde rola diversão. Seja numa roda de Marabaixo, numa cervejada na Orla, na curtição do bar do Nego ou Underground, dono de um carisma invejável, está sempre armado de um sorrisão no meio da densa barba. O cara espalha alegria, bom humor e positividade em todas as turmas que frequenta.

Por essas qualidades e outras que é melhor nem escrever (risos), considero o Manel um amigo. Muitas Saudades de tomar umas com o senhor, Manoel.

Mano velho, que tenhas sempre saúde e sucesso no que você se propuser a fazer. Parabéns pelo teu dia. Feliz aniversário!

Elton Tavares

*Texto adaptado republicado, pois a gente nunca mais trocou uma ideias e nem dividimos cervejas, mas de coração.

Feliz aniversário, Val Milhomem!(meus parabéns ao querido poeta do formigueiro)

Hoje também aniversaria o poeta do formigueiro, um dos fundadores do Movimento Costa Norte, que fortaleceu a música regional amapaense, um dos ícones da nossa arte, integrante do grupo Senzalas, compositor premiado e um dos maiores letristas do Amapá, violonista, cantor, marido da Neth e querido amigo deste jornalista, Val Milhomem.

A música é, com toda certeza, a arte mais sublime, pelos menos para mim. A poesia vem em seguida. Val Milhomem alia esses dois talentos a sua gente bonisse, paideguice, bom humor e total falta de estrelismo (o que admiro muito em um cara foda como ele).

Com mais de 30 anos de carreira e uma trajetória admirável, artista eleva a cultura do marabaixo e o batuque, sempre com muito brilho e talento. Ele está entre os grandes que o Amapá se orgulha em ter como cancioneiros.

Val é um cara muito pai’égua, pois sempre tratou as pessoas com respeito, educação e gentileza. Com os amigos então, o cara é um parceiro e tanto. Gosto muito dele. Além de fã do cara, tenho o orgulho de dizer que ele é um brother querido.

Val, que tu sigas a cantar as nossa história com essa poesia linda que Deus te concedeu. Tu és um cara foda. Que tenhas sempre saúde e ainda mais sucesso.

Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

Meus parabéns, Sandro Santos!

Hoje é aniversário do economista, praticante de artes marciais, produtor de eventos de MMA, nadador (campeão master), fervoroso flamenguista, amigo, pai, filho e marido dedicado, Sandro Santos. O velho “Sandrinho”, brother querido há duas décadas.

Sandro é um bom homem. Um cara gente boa que possui uma bela família. Vivi bons momentos na companhia dele, Topo, Fabrício, Andrei, Amaral, Walbene e Negão. Foram muitos jogos e títulos do Mengão, campeonatos de dominó, bebedeiras divertidas e histórias memoráveis. É como a frase de Paulo Sant’Ana: “tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos”.

Eu e meus velhos amigos da “turma da piscina” éramos um bando de sacanas inseparáveis, adorávamos cervejas enevoadas, bares esfumaçados, jogar dominó e boas brigas. Totalmente descompromissados com o politicamente correto e seus chatos comportamentos respeitáveis. Uma galera de bebuns respeitada nos melhores e piores botecos da cidade. Hoje em dia, pouco encontro esses sacanas, mas a maioria, como o Sandrinho, mora no meu coração.

“Tio” Sandro, meus parabéns pelo teu dia, mano velho. Que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos seus amores.

Meus parabéns e feliz aniversário, amigo!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Adê Belém!!

Hoje também é o dia de Adê Belém. Uma pessoa que tenho a honra de ser amigo há quase duas décadas.

Servidora da Embrapa-AP, bibliotecária, paraense torcedora do Paysandu, esposa do Anderson Miranda (The Clash), cristã que alia a fé à prática do bem, companheira de viagens inesquecíveis, Adê é mais que uma amiga. É uma irmã na vida. Já disse e repito: ela é uma das melhores pessoas que conheci nesta existência.

Adê é honesta, estudiosa, trabalhadora e persistente. Ela tem o respeito e admiração dos colegas de trabalho, da família e dos amigos. Aliás, nós não nos tornamos amigos da Adê. A gente simplesmente se apaixona por ela.

Para mim, Adê sempre foi uma confidente, excelente conselheira e ouvinte. Um verdadeiro anjo sem asas, mas que voa alto quando dança, quando ri, quando faz rir, quando nos orienta, nos acalma, quando derrama sua calma e sensatez sobre nossa maluquês crônica. Além de tudo isso, concordo com o Patrick: ela é “a menina mais elegante que conheço” .

Querida Adê, estamos com pouco contato nos últimos tempos, mas torço para que seja um período curto. Tu és do coração. Todo o amor dessa vida pra ti. Que teu novo ciclo seja ainda mais iluminado, produtivo e que tudo que caiba no teu querer se concretize. A gente te ama, de verdade.

Que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos seus amores. Meus parabéns pelo teu dia. Feliz aniversário!

Elton Tavares

Hoje Lorena Queiroz gira a roda da vida. Feliz aniversário, prima. Te amo! – @LorenaadvLorena

Nós através do tempo. Te amo, prima!

Gira a roda da vida nesta terça-feira a mãe das lindas Marina e Olívia, esposa do Rodrigo Petrocchi, advogada, amante de MPB, Rock and Roll e Reggae, maior fã de Bukowski que conheço, apreciadora de cinema, literatura e cervejas tuíras, bons vinhos, entre outros adoráveis venenos que amamos, Lorena Queiroz. Além de minha prima, uma amiga de verdade que tenho nesta jornada.

Malandramente sorridente, dona de uma tenacidade, colocações viscerais, humor negro e ácido e comportamento irreverente, Lorena é uma espécie de Gregory House (no corpo de mulher), do seriado de mesmo nome. Ah, a “Loloca” também se tornou uma mãe de dar orgulho, pois acompanho sua vida de longe, pelas redes e pelos papos que levamos vez ou outra.

Com ela, vivi muita coisa. A gente bebeu além da conta, pirou demais (lembra daquela vez na carroceria da pick-up cantando “Vamos fugir”?). Nossas conversas nunca foram chatas. Pelo contrário, a gente ria de tudo. Até de nós mesmos. Sim, nos divertimos a valer. Foram muitas vidas em uma. Sinto tanta falta disso, Loloca. Tu nem imaginas o quanto.

Loloca e sua linda família.

Ela está presente em boa parte da minha memória afetiva. Seja na infância feliz ou na juventude doideira. Lorena sabe quem sou de verdade e eu o mesmo sobre ela. Claro que hoje em dia somos pessoas diferentes, mas acredito que melhoramos e muito nossas visões de mundo, pessoas e situações. Vira e mexe, falamos sobre isso e agradecemos não ter seguido por uma vida ordinária como muitos que conviveram conosco.

Fomos amigos inseparáveis. Pensei seria capaz de tudo para proteger a Lorena. Nem sempre fui. Chegamos a nos afastar, mas em algum lugar de um passado recente, com uma mensagem que dizia: “cara, não sei quando eu ou você irá morrer. Por isso, estou fazendo minha parte e entro em contato”, voltamos a nos falar. Naquela noite me deu um suor de alegria nos olhos.

Sinto falta da convivência constante, das incursões boêmias pelas ruas, dos papos legais e ilegais, até do estranho tremer dos olhos castanhos. Loloca é um daqueles afetos para sempre. Uma áspera irmã de quem lembro sempre. A saudade dessa doida varrida só ameniza pelo fato dela estar muito feliz, com seus sonhos se materializando a cada dia. E eu fico aqui, orgulhosão da sacana.

Com a Lorena, em 2016

Lorena, tu já dissestes que só a gente entende essa nossa história. Boto fé. Sabes que te amo pra caralho (leia-se intensidade). Que tua vida seja longa. Que teu novo ciclo seja ainda mais iluminado. Que Deus lhe mantenha sempre com saúde para caminhar com harmonia para a prosperidade junto dessa família linda que tens. Todo amor pra ti sempre. Meus parabéns pelo teu dia. Feliz aniversário!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Telma Miranda! – @telmamiranda

Telma Miranda – Foto: Marcelo Corrêa

Hoje aniversaria a mãe da Laís, advogada crossfiteira, agente política, humornegrista e velha amiga deste editor, Telma Miranda.

Conheci a “Telminha há 20 anos, em uma época que ela não era a doutora Telma, muito menos eu jornalista. Na verdade, a menina já sinalizava que teria um belo futuro. Já eu, bem, eu era muito mais doido que hoje. Daí vocês avaliam…Mas este texto é sobre a Telma.

Na época, namoramos por um ano. Quase nos matamos, mas sobrevivemos, graças a Deus. De lá pra cá, nos esbarramos pela vida algumas vezes. Sempre com muito respeito e carinho mutuo. As pessoas próximas a nós também sacam, a gente se gosta e se respeita, nada além disso.

Eu e Telminha – 1998

Telma Miranda sempre foi muito inteligente, gente boa, meio malandra, meio patricinha. Nunca escrevi em um aniversário seu antes, tinha medo de provocar ciúmes infundados. A verdade é que gosto da Telminha. Ela me ajudou bastante quando nos conhecemos. Nosso romance juvenil faz parte do passado, memória afetiva mesmo.

O importante são as pessoas que nos tornamos. Tenho orgulho de seu crescimento profissional, pois apesar de seu 1,50 de altura, ela é uma grande mulher. Nestes dois últimos anos, nos encontramos bastante, sempre a trabalho. Com vasta cultura geral, Telminha mostrou que segue como sempre foi, bonita, gentil e inteligentíssima.

Foto: Marcelo Corrêa

Ex-secretária adjunta de Estado e ex-secretária municipal, agora profissional liberal da advocacia, Telminha segue na longa estrada de tijolos amarelos chamada vida com muita altivez, alegria e sucesso. Que neste novo ciclo, ela alcance seus objetivos.

Enfim, a gente pouco se encontra, mas quando rola, é evidente a grande consideração, respeito e amizade entre nós. E este texto é um registro disso.

Telminha, parabéns pelo teu dia. Que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos seus amores. Feliz aniversário!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Neth Druscilla!!

Hoje aniversária a mãe de duas lindas meninas, amante de Rock and Roll, Samba, servidora pública, Marabaixo, Batuque e Carnaval, vascaína sofrida, esposa do Val Milhomen, militante e incentivadora da cultura, integrante do Bloco Rebordosa, apreciadora de cervejas enevoadas e velha amiga deste editor, Neth Druscilla.

Não lembro quando ou onde conheci a Neth e confesso que a gente não se batia. Como trocamos juventude por sabedoria, identificamos as pessoas que são realmente do bem, é o caso dessa adorável doida varrida.

Ela é uma pessoa inteligente, livre, descolada, carismática, bonita e gente fina. Sobretudo, uma mulher do bem. Gosto muito da maluca.

Assim como eu, se preciso, a Neth mete o doido. Gosto de gente assim, de verdade e resolvida.

Querida, que teu novo ciclo seja ainda mais lindão que os outros que vivestes. Que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos teus amores

Meus parabéns pelo teu dia e feliz aniversário!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Vandy Ribeiro! – @vnd77

Hoje aniversaria o publicitário, designer gráfico, fotógrafo, botafoguense e remista sofredor, pirata estilizado, ex-membro da equipe da comunicação do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), que também integrou minha antiga galera na comunicação do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP), Vandy Ribeiro.

Vandy é um cara tranquilo, trabalhador, inteligente, esforçado e muito gente fina. Tenho certeza que o moleque (no melhor sentido da palavra) terá um grande futuro, pois já é um excelente profissional.

O cara é gente boa e um amigo querido. Dou valor no sacana.

Vandy, brother. Não sou mais teu chefe, mas sempre seu brother. Desejo que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos seus amores. Muita luz no seu novo ciclo, mano.

Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

Emerson Tavares gira a roda da vida hoje. Feliz aniversário, meu amado irmão!


Deus deve ter dito: “Godão, tu vais ser um nó-cego se depender somente do seu livre arbítrio, mas vou te dar uma força. Vou te enviar dois anjos da guarda para segurar tua onda nessa vida”. E assim nasci filho de Maria Lúcia e irmão de Emerson Tavares. Essa é a riqueza que tenho na vida. Alias, Merson é um cara PHO – DA, assim mesmo, com PH, silabicamente e em caixa alta. Hoje é aniversário dele.

O mano gira a roda da vida e completa 39 anos. Sou mais velho que ele três anos e meio, mas ele poderia ser o mais velho, pois consegue cuidar de mim de longe e sou tão grato a Deus por ser seu irmão.

O mano, pai amoroso da Maitê e marido apaixonado pela Andresa Ferreira, é a personificação da alegria, bom-humor, sagacidade e atitude. Não somente por causa dos seus 1,84 de altura, mas por uma uma porrada de coisas lindas, o tornam um grande cara. Sobretudo, um homem de bem.

Todo mundo ama o Emerson. Eu mais que a maioria. Todos o querem por perto, pois o grande sacana que ele é anima qualquer turma ou lugar. Assuntos não faltam quando estamos juntos. A gente fala e ri de tudo. Até de nossas merdas.

O cara possui uma presença de espírito ímpar. Merson usa humor, sabedoria e elegância como ninguém. O que faz dele uma figura diferente, agradável e engraçada. Ele também é fiel aos seus amigos. Apesar de tratar todos muito bem, sabe diferenciar brothers de verdade de chegados.

Tenho demais orgulho dele por tantos motivos que é difícil listar. Mas de forma resumida, pelo pelo pai exemplar que é; por ser um marido dedicado; pelo empresário de sucesso que se tornou; pela forma apaixonada que trata a família e pela total ausência de frescura nele. Entre outras tantas paideguices.

Já disse e repito: é uma lindeza ver a forma apaixonada como o Emerson vive, o seu amor pela filha, esposa, mamãe, a mim, à vó e aos amigos é um lance diferente e muito foda. Ele é um cara despudoradamente de bem com a vida e de uma energia positiva que irradia.

Sou um tanto cabeça dura, mas se o Merson me dá um papo, escuto. Quase sempre acato suas sugestões, pois ele coloca um pouco de ordem no caos. Não consigo mensurar o quanto amo esse cara. Sou muito feliz pela existência do Emerson orbitar a minha e vice-versa. Sem dúvida, ele é um dos meus maiores afetos, conselheiro, parceiro e tudo o mais que possa comportar as palavras “melhor amigo”. Os anos passam e minha admiração e amor por este sacana só cresce.

A vida tem tantos perigos, mas o meu irmão sempre me ajudou a passar por todos eles. Com o Emerson, sou invencível (eu atravessaria o inferno com ele ao meu lado). Juntos, a gente nunca perde, só ganha. Sejam mais amigos, mais momentos felizes ou mais lembranças porretas para o futuro. Uma parceria de 39 dezembros, firmada no amor!

Maninho, hoje inicias mais um ciclo nessa tua linda trajetória. Que tu tenhas sempre saúde pra cuidar dessa tua família linda; pra gente viajar e pirar em shows de Rock and Roll; para sermos o que formos sempre: os melhores amigos nessa vida (desconfio que fomos também nas passadas e seremos nas próximas). Enfim, que Deus continue a te iluminar. Todo o amor dessa vida pra ti, meu irmão. Te amo. Parabéns pelo teu dia e feliz aniversário!

“…Você meu grande herói,
Mais poderoso que o inimigo.
Você, constante amigo,
Meu distante companheiro.
Você, que o tempo inteiro
Não tem medo do perigo, não…” – Meu Irmão – Toquinho.

Elton Tavares

Feliz aniversário, Silmara Lobato!


Hoje aniversaria a cantora, compositora, vocalista da banda Negro de Nós e servidora do Instituto Federal do Amapá (IFAP), Silmara Lobato. Um figura quwe brilha nos palcos, mas se mantém desprovida de frescura, apesar de ser uma estrela da música.

Tenho uma inveja branca de quem toca, compõe ou canta. A música é minha expressão artística favorita e quem faz música é foda. Silmara é, além de querida amiga, uma cantora de primeira grandeza. Ela começou a cantar ainda criança e apesar de jovem, tem um linda carreira na música. Lobato está entre as grandes vozes do Amapá.

A gente pouco se encontra, mas se gosta. Ela sempre sorridente, simpática e muito gente boa. Silmara é talentosa, inteligente, empenhada, entre outras tantas coisas porretas que essa mulher possui. Ela emana alegria e gosto disso.

Tenho muita admiração pela vocalista, uma das maiores interpretes que o Amapá tem, pois a Silmara consegue colocar a marca de sua voz e estilo em cada canção.Sou fã dela como cantora e tenho a honra de dizer que ela é minha amiga.

Sil, meus parabéns pelo seu dia, querida. Todo o amor que houver nessa vida pra você. Parabéns pelo teu dia. Feliz aniversário!

Elton Tavares